Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

barrywhite.jpg

 

Os Barry White Gone Wrong sobem ao palco do Hard Rock Cafe Lisboa no dia 1 de Abril para um concerto de apresentação do álbum de estreia "Swim with the Tide" e lançamento do seu crowdfunding. Este concerto tem como convidado o António Zambujo, que deixa o fado de lado para cantar pela primeira vez em inglês o tema “The Day”, original dos BWGW, incluído neste disco de estreia.


A banda com cinco anos de existência é, provavelmente, o ingrediente que faltava à música nacional com a sua mistura peculiar de rock, soul e blues, tudo na dose certa de loucura.
 
Durante 2015 os BWGW juntaram-se à agência Pinuts e foram cozinhados 14 temas originais, refinados nos vários palcos por onde tocaram ao vivo e o single “Dynamite” teve atenção imediata no youtube, alvo de censura por parte da TV portuguesa. O tema esteve na playlist da Antena3 durante semanas e tocou em rádios como a SuperFM, RUC. Foram um dos 8 finalistas do concurso EDP Live Bands'15 e tiveram atenção da imprensa nacional: Blitz, CM, Metro, etc.
 
O ano terminou da melhor forma com o António Zambujo a aceitar o convite para gravar “The Day” no estúdio UpBeat, e que teve a felicidade de ser masterizada e mixada a bordo do cruzeiro “Queen Mary II” pelo técnico de som José Almeida (a.k.a. Zé Motor). O making-of desta produção esteve a cargo dos realizadores Mafalda Aleixo e Francisco Ferreira e o videoclip por Humberto Caldas. 
 
Como não têm uma major a pagar as contas, os BWGW lançam o crowdfunding através da plataforma PPL para a gravação e edição do projecto "Swim with the Tide". Se gostam das músicas, se vibram com os concertos então estão convidados a fazerem parte da família BWGW!
 
Os Barry White Gone Wrong são Peter De Cuyper na voz, Mário Moral na guitarra, Miguel Décio na guitarra/voz, Pedro Frazão na bateria e Ivo Xavier no baixo. O Miguel veste o papel de guia turístico quando não está a tocar com os BWGW. O Mário habitualmente anda nas nuvens como trabalhador da TAP. O Pedro e o Ivo estudam na Escola Superior de Música. O Peter trabalha em várias frentes da indústria musical ou em qualquer outra coisa desde que tenha bebidas de graça. Estreou-se como vocalista desde que chegou a Portugal – Peter é belga.
 
Coincidência ou não, os elementos da banda conheceram-se em 2010 numa viagem a Oslo e logo ali criaram os BWGW. O nome tem origem no título de um artigo sobre o EP da banda anterior de Peter, “Le Divan”. O autor do artigo achou que a voz rouca e grave de Peter assemelhava-se à do próprio Barry White mas que a parte da composição musical da banda soava “diferente”, como se o Barry White tivesse ido por um caminho oposto.

Nada disto é mentira e esperamos por vocês no dia 1 de Abril no Hard Rock Cafe Lisboa com o concerto a começar às 23h59. A entrada é livre. 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email