Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Vem na maldade, com vontade
Chega encosta em mim
Hoje eu quero e você sabe
Que eu gosto assim

Bang (bang) dei meu tiro certo em você
Deixa que eu faço acontecer
Tem que ser assim pra me acompanhar
pra chegar
Então vem, não sou de fazer muita pressão
Mas não vou ficar na tua mão
Se você quiser não pode vacilar
demorar

E pra te dominar
Virar tua cabeça
Eu vou continuar
te provocando

E pra escandalizar
Dar a volta por cima
Não vou parar, até te ver
pirando

Vem na maldade, com vontade
Chega encosta em mim
Hoje eu quero e você sabe
que eu gosto assim

Bang (bang) dei meu tiro certo em você
Deixa que eu faço acontecer
Tem que ser assim pra me acompanhar
pra chegar
Então vem, não sou de fazer muita pressão
Mas não vou ficar na tua mão
Se você quiser não pode vacilar
demorar

E pra te dominar
Virar tua cabeça
Eu vou continuar
te provocando

E pra escandalizar
Dar a volta por cima
Não vou parar, até te ver
pirando

Vem na maldade, com vontade
Chega encosta em mim
Hoje eu quero e você sabe
que eu gosto assim

E pra te dominar
Virar tua cabeça
Eu vou continuar
te provocando

E pra escandalizar
dar a volta por cima
Não vou parar, até te ver
pirando

Vem na maldade com vontade
Chega encosta em mim
Hoje eu quero e você sabe
que eu gosto assim.

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.