Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

 

 

Letra

 

É tão bom ter um brilhante, que lindos que eles são,
Encher a mão de diamantes, cada dedo vale um milhão,
Mas terás tu a noção, ou uma pequena opinião
Do que se passa no teu mundo, nos campos de opressão?
Qual é tua opção? Obter ou matar?
Qual é a tua posição? Deixar de ter ou assassinar?
Segues a tua indignação, ou preferes pausar?
No tronco a pele de um animal, no dedo o sangue a brilhar.
Bem-vindo a África sádica, às terras de histórias trágicas,
Palco de guerras lunáticas, de mentes fanáticas,
Diferenças dramáticas, fome, miséria em massas,
Doenças, corpos nas valas, putos que carregam armas.
Bem-vindo à Serra Leoa, antes da descoberta,
Diamantes? Boa! Escravos, atirem-se à terra
Tu até sabes disto mas ‘tás-te bem a cagar,
Mete a safira playboy, hoje elas não te vão largar.

Terras vermelhas afundam-se em sangue,
Uma lágrima, um diamante
Tantas terras e uma distante
E aos nossos olhos irrelevante.
Tantas estrelas, nenhuma brilhante,
Tantos sábios e nenhum santo,
Não quero acreditar, no entanto,
Que Deus já não passa nas terras de sangue

Homens cavam, eles são escravos, patrões batem nos criados,
Fundo, mais fundo, seus inúteis quero resultados.
Quem achar, pode almoçar, quem não achar, vai continuar,
Estás cansado vais levar, vocês tão cá p’ra trabalhar.
O teu filho já é homem, 8 anos já não cai,
E o filho do teu filho há-de ser igual ao pai,
A vossa raça foi feita para servir o altar
E uma graça ou uma desfeita, vou-vos ter que matar.
Cava, cava,
Sua, lavra,
Baixa, apanha, levanta e dá-me a pedra mais brava,
Traz mais um se queres água,
Que cara é essa de mágoa?
Hoje nem levaste, limpa as lágrimas, parva.
À tua pala estou rico, devias ficar contente,
A pedra do teu marido foi considerada a mais quente,
Agora sai-me da frente, que eu estou quase a fazer bang,
Ias ser apenas mais uma a chorar lágrimas de sangue.

Terras vermelhas afundam-se em sangue,
Uma lágrima, um diamante
Tantas terras e uma distante
E aos nossos olhos irrelevante.
Tantas estrelas, nenhuma brilhante,
Tantos sábios e nenhum santo,
Não quero acreditar, no entanto,
Que Deus já não passa nas terras de sangue

Nos dia de hoje ainda persiste a escravatura,
Diamantes são exportados e lapidados com ternura,
Enquanto homens escravizados morrem pela tua luxúria,
Usados, descartados, os seus direitos violados,
Obrigados a estar calados, entre as feridas e os calos,
Ter diamantes é bonito, mais bonito é evitá-los.
Se um diamante falasse,
Ele não conseguia falar,
Se conseguisse...
Naa... Só conseguiria chorar!

Terras vermelhas afundam-se em sangue,
Uma lágrima, um diamante
Tantas terras e uma distante
E aos nossos olhos irrelevante.
Tantas estrelas, nenhuma brilhante,
Tantos sábios e nenhum santo,
Não quero acreditar, no entanto,
Que Deus já não passa nas terras de sangue



publicado por olhar para o mundo às 08:58 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds