Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Quero acordar, para não ter de esperar
Para poder contar, aventuras e histórias
Colecionar memórias
Á noite quero sair, de dia quero dormir
Quero crescer e partir
Eu quero um carro que voa, casa em Lisboa
No fundo eu quero… eu quero viver á toa
No fundo eu quero….
Quero acordar ao tom da voz que em mim entoa
Quero um T2 perto da baixa em Lisboa
E vou correr Alfama até de madragoa
No fundo eu quero… eu quero viver à toa
No fundo eu quero…
Quero uma vida melhor, ser senhor e doutor
E encontrar um amor, que passe a vida comigo
Acordar com um sorriso, ter tudo o que preciso
Fingir que tenho juízo, tornar-me decisivo
Eu quero um carro que voa, casa em Lisboa
No fundo eu quero…
Quero acordar ao tom da voz que em mim entoa
Quero um T2 perto da baixa em Lisboa
E vou correr Alfama até de madragoa
No fundo eu quero… eu quero viver à toa

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email