Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Fui comprar um quilo de pão
No lugar do meu irmão
Lá em casa sou o rei dos mandatos
E posso ser também o moço dos recados
E posso ser também o moço dos recados

A minha irmã, sai logo pela manhã
Ninguém lhe põe a vista em cima
E p'ra minha alegria o meu irmão vai sempre atrás
Lá em casa, entre a família
Sou sempre o melhor rapaz
Lá em casa, entre a família
Sou sempre o melhor rapaz

Ninguém me diz que não
E o colo da mãe é uma competição
O meu pai é o meu maior fã
Lá em casa sou o menino d'ouro da mamã
Lá em casa sou o menino d'ouro da mamã

Quando falo ninguém me leva a mal
E sou sempre eu a escolher o canal
A mim nunca ninguém me deixa só
E sou o único a receber trocos da avó
E sou o único a receber trocos da avó

De manhã não tenho horas p'ra acordar
Muito menos à noite p'ra me deitar
A minha irmã insiste em roubar-me o lugar
Mano o que é que vais fazer só podes 'tar a gozar
Mano o que é que vais fazer só podes 'tar a gozar

Ninguém me diz que não
E o colo da mãe é uma competição
O meu pai é o meu maior fã
Lá em casa sou o menino d'ouro da mamã
Lá em casa sou o menino d'ouro da mamã
Lá em casa sou o menino d'ouro da mamã

 

Written by João Direitinho, Guilherme Alface

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email