Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

arsha.jpg

 

 
ARSHA
 “REAGE” novo álbum a 06 de Julho
ediçao digital



Os ARSHA são uma banda de Setúbal que se movimenta nos universos do reggae com influências do ska, funk, rock, pop, onde nomes como Bob Marley,  Alpha Blondy, James Brown, Metallica,  Anthony B, The Clash, e Primitive Reason se fazem notar neste som tão próprio dos ARSHA.

No percurso da banda estão um EP homónimo editado em 2006 “ARSHA” , uma participação na colectânea “COPA REGGAE” em 2007 e a edição do seu primeiro disco de originais “SERÁ” em 2008, deste resultaram a participação em duas colectâneas “Morangos com Açúcar” vol.10 e “Rebelde Way”.

O amadurecimento da banda leva-nos á edição de um novo disco de originais onde se notam temas mais incisivos e actuais, com letras que revelam a preocupação social, com uma mensagem fortemente vincada na solidariedade, na paz que todos ambicionam e no amor que tanta falta nos faz.

Os temas escolhidos para servirem de cartão-de-visita são “HORA DO ALMOÇO” que nos alerta para a importância damos hoje em dia à imagem e da motivação social pelo trabalho e ainda o tema “SEMENTE DA PAZ” que é um hino ao amor e união entre os povos e os seus grandes ídolos.

Francisco Neves "Xico" (Voz principal e Guitarra), Fernando Sousa "Fanan" (Voz e Guitarra), Tiago Duarte (Bateria), João Silva "Johny" (Teclados)   com as participações no disco de  João Pujol "Jojo" (Baixo), Maryjuh (Voz).

 
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.