Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

zambujoemiguelaraujo.jpg


ANTÓNIO ZAMBUJO

ANTÓNIO ZAMBUJO & MIGUEL ARAÚJO AO VIVO NOS COLISEUS



António Zambujo e Miguel Araújo já esgotaram Coliseus em nome próprio e é bem conhecida a cumplicidade entre os dois, dentro e fora do palco, e com todas as colaborações que têm feito ao longo das suas carreiras.
 
Os Coliseus de Lisboa e do Porto recebem, em Fevereiro, dois concertos únicos em que, apenas com voz e guitarra, os dois artistas vão partilhar com o público canções do seu trabalho, algumas das quais compostas e escritas em conjunto, intercaladas com momentos de conversa. 
Duas noites irrepetíveis e que prometem ficar na memória de todos os que a elas assistirem.
 
 
"Está tudo a falar do Iker Casillas e da Sara Carbonero, e ainda ninguém percebeu que o casal do ano são estes dois.
O Miguel Araújo e o António Zambujo deviam casar-se, dar uma volta ao mundo juntos e tocar para minorias, mas temo bem que optem pelo contrário e encham estes coliseus."
Fernando Alvim
 
"São lendárias as noitadas de cantigas que estes dois indivíduos levam a cabo entre compinchas. Que eles agora queiram partilhar a farra com milhares de convivas e fazer de uma sala venerável e respeitável como o Coliseu um acolhedor tasco, é a definição perfeita do que deve ser serviço público. Bem haja, Ujos (Ara e Zamb)."
Nuno Markl
 
"Há artistas, como Miguel Araújo e António Zambujo, que me deixam surpreendido por reunirem um conjunto de qualidades que, uma a uma, são tão raras. Aquilo que vai acontecer nos Coliseus de Lisboa e do Porto é o encontro destes dois artistas num palco, levando tudo o que os torna únicos na música portuguesa contemporânea. Acredito que esses espetáculos serão recordados por muito tempo. Nesse futuro, com vaidade, alguns vão poder dizer: estive lá."
José Luis Peixoto
 
"Os seus apelidos rimam como uma canção. Se for coincidência, é uma canção do Miguel. Se for destino, do António. O serão na sua companhia far-se-á pois de canções e de conversa entre amigos. E nós à escuta. Sorte de quem compareça para ouvir de perto dois dos mais brilhantes músicos portugueses. Nos Coliseus de Lisboa e do Porto, o encontro de Zambujo e Araújo será poesia, na certa."
Ana Bacalhau
 
"Deus sabe o que faz. António Zambujo e Miguel Araujo são feios como tudo, mas o Divino deu-lhes uma voz inigualável..."
António Raminhos
 
"Dois grandes músicos, dois grandes amigos, nos dois mais emblemáticos palcos da música popular em Portugal com o mesmo espectáculo. Um é do Norte, outro é do Sul, mas encontram-se no centro do amor e da admiração que lhe devotamos: o coração dos portugueses não tem geografia. Os dois Coliseus vão viver um momento único e colossal."
Paulo Cunha e Silva
 
"Não sendo a primeira vez que se encontram em palco, o reencontro de António Zambujo com Miguel Araujo, nos dois coliseus, é a promessa de dois momentos que ninguém quererá perder."
Rui Moreira
 
"Junta-se a Arte com o Talento de a Cantar!"
António Macedo
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email