Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

antonio zambujo.jpg

 

António Zambujo esgota dois concertos na Gulbenkian e confirma terceiro para apresentação ao vivo de "Até Pensei Que Fosse Minha" 

A estreia em Portugal do espectáculo do último álbum de António Zambujo, "Até Pensei Que Fosse Minha", vai ter uma terceira data na Gulbenkian Música.
Assim, para além dos concertos dos dias 1 e 2 de Março, totalmente esgotados, será realizado um terceiro concerto no dia 3 de Março para apresentar ao vivo este álbum, inteiramente composto por temas de Chico Buarque e quem em Portugal já atingiu a marca de Platina.
 
Lançado em Outubro de 2016, o disco apresenta vários clássicos do compositor brasileiro, contando com a participação de Carminho, Roberta Sá e o Trio Madeira Brasil, entre muitos outros músicos de renome. “Valsinha”, que Zambujo já tinha por hábito interpretar nos seus concertos, é um dos temas incluídos em Até Pensei Que Fosse Minha.
 
Depois de, em 2012, ter estreado na Gulbenkian Música o repertório do seu álbum Quinto, António Zambujo está agora de regresso para revelar este disco especial na sua carreira. É já antiga a ligação de Zambujo à música brasileira, apresentando com frequência ao Brasil o seu fado muito particular, com um travo a samba e bossa nova. O mundo, aliás, despertaria em definitivo para o músico português depois de Caetano Veloso escrever que “é um jovem cantor de fado (…) que faz pensar em João Gilberto” e “é de arrepiar e fazer chorar”.
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email