Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

mouracapa.jpg

 

Ana Moura na capa da prestigiada Songlines antes do regresso a Londres

Moura still believes traditional fado does not need any sort of radical revolution. But she does not ignore fado's history either and knows that every great performer – with Amália obviously at the very top – changed the popular perception of what the genre could and should be.

A Time For Freedom, Songlines #121, Gonçalo Frota

 

A poucas semanas de retomar a digressão europeia, Ana Moura é capa da mais recente edição da revista britânica Songlines, a publicação de referência mundial no âmbito da World Music.

 

A artista actua no próximo dia 26 de Setembro em Londres, no Barbican Center. Esta será a sua segunda apresentação londrina do ano, depois de um primeiro concerto em Abril no Cadogan Hall, que viu as suas 1000 cadeiras esgotarem com três meses de antecedência.

 

A Songlines analisa, nesta última edição, o trabalho de  Ana Moura  ao longo dos últimos dois álbuns, através dos quais reafirmou a sua identidade artística na exploração de sonoridades habitualmente distantes do Fado  que, na sua música, se fundem num único estilo e abrem um novo ciclo para a música portuguesa.

 

"Moura" encontra-se desde o lançamento no top nacional de vendas e atingiu recentemente a marca de dupla platina. Continua a caminhar juntamente com "Desfado", ambos no Top 10 dos mais vendidos em Portugal.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email