Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Tudo é vaidade

 

O espectáculo, que vai ter lugar no próximo dia 07 de Março pelas 21:30 no Cinema São Jorge, conta com a participação de Samuel Úria, Gospel Collective e Selma Uamusse.

 

A fadista Ana Moura é assim a mais recente confirmação no concerto, que vai contar com [Sim ] Teatro de Improviso na abertura, e que promete "tocar vidas com canções",uma organização dos Tudo é Vaidade.


O Tudo é Vaidade é um colectivo de músicos que tem como objectivo apoiar causas sociais e que acredita que "através de canções se podem transformar vidas". Em 2011, gravaram um disco com o objectivo de financiar senhas de refeição para crianças da freguesia de Rabo de Peixe, que só tinham acesso a uma refeição por dia, e que permitiu angariar mais de 6500 euros.


Os bilhetes custam cinco euros e todas as receitas do espectáculo revertem a favor dos jantares comunitários do Serve the City Lisboa, em parceria com Comunidade Vida e Paz, Centro de Apoio ao Sem Abrigo, Exército de Salvação, Associação Conversa Amiga e Câmara Municipal de Lisboa.


O Serve the City tem como objectivo principal "aproximar pessoas (...) que sente que não pertence", aquela que consideram ser a "tragédia maior, mesmo maior do que não ter teto ou outras condições básicas de conforto e protecção".

 

Retirado do HardMúsica

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email