Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

Letra e música: Ana Barroso

 

Esta casa onde moro

Tem janelas transparentes

Delas eu olho pra longe

Vejo cores, vejo gentes

 

Da varanda brotam flores

Pela porta entra o mar

Entra o cheiro da laranja

Acabada de apanhar

 

Nas paredes de cal branca

De alvura sem igual

Escrevo contos sem palavras

Dedo embebido em sal

 

No meu chão ganho raízes

Que me levam até ti

As raízes que são asas

Como Fénix, renasci

 

Nesta casa sem telhado

Entra quem me quiser bem

Entra o calor do meio dia

E a noite, quando vem.

 

Nesta casa tão pequena

Com um pátio encarnado

Há canteiros, filigranas

Um tapete bem bordado

 

Nestes muros escorre a seiva

Que alimenta a tua flor

Esta terra semeaste

Com a luz do teu amor.

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email