Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Desde que vi os teus olhos 
Tenho o meu fado marcado
Meu fado, são os teus olhos 
Teus olhos, são o meu fado

Teus olhos, meninos tontos 
Dentro de mim estão brincando
Se ergo os meus olhos um pouco 
Vejo os teus olhos dançando

Eu quis cantar ao teu olhar que me encantou
Pois nele achei, como não sei, inspiração
Foi o calor dum olhar teu
Que me prendeu, e desde então
O teu olhar é a razão desta paixão

Todas as minhas canções 
Vivem do teu lindo olhar
Quando não olhas p'ra mim 
Já eu não posso cantar

Teus olhos são dois poetas 
De grande imaginação
Foram eles que ditaram 
Os versos desta canção

 

letra: Fernando Farinha
música: Carlos Ramos

grupo: AL Mouraria
álbum: FADO Tango 
Voz: Isa de Brito e Inês Graça
Guitarra Portuguesa: Valentim Filipe
Viola de Fado: Tiago Valentim
Contrabaixo: Bruno Vítor Martins
Acordeão: Paulo Ribeiro

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email