Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

the dirty coal train.jpg

 

 

THE DIRTY COAL TRAIN
Café Concerto
Apresentação em concerto de Super Scum

Local:  Bar ACERT
Data/Hora:  Sáb. 4 mar'17 às 23:30

 

Banda criada em 2010, pelo viseense Ricardo Ramos e por Conchita Coltrane.

Um power trio de instrumentos amaldiçoados, que debitam decibéis suados de inspiração no Diy [“do it yourself”] do punk e no cinema de série B, onde coabitam com monstros, vampiros, múmias, óvnis e demais parafernália.

Depois de dois Lp, uma compilação e três singles, promovidos em Portugal, bem como em outros países da Europa e no Brasil, a banda promove o seu mais recente Super Scum, lançado pela Groovie Records em 2016, com espetáculos ao vivo suados e enérgicos que se tornaram imagem de marca. Garage Punk com Surf & rock & roll nu, cru e direto como o género exige.

“Há algo que brilha mais audaciosamente na carreira dos The Dirty Coal Train do que a sua música urgente e brutal em si. A sua submissão e amor árduo que têm pelo seu trabalho!! e constante procura de novos ambientes musicais.”

Victor Torpedo, 2106




Ficha Técnica

Guitarra e voz: Reverend Jesse Coltrane
Bateria e voz: Lena Hurracan Coltrane
Guitarra e voz: Conchita Consuela Coltrane

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.