Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

selma.jpg

 

SELMA UAMUSSE
Concerto
Selma Uamusse canta o seu mundo com um mundo dentro de si.

Um concerto que afirma também as afinidades artísticas e solidárias da ACERT com Moçambique e a relação artística com os muitos criadores que marcaram o percurso da ACERT

A versatilidade, um poderoso instrumento vocal e a genialidade performativa levaram-na a brilhar desde o rock (WrayGunn) ao afrobeat (Cacique 97), ao gospel, soul e jazz (Gospel Collective, tributos a Nina Simone e Miriam Makeba), enriquecendo a sua viagem por diversos estilos. A cada passo, maior a consciência do poder transformador político e social da música.

Nos últimos dois anos tem acompanhado Rodrigo Leão como voz convidada, participando igualmente em discos e espetáculos de diversos artistas. O reconhecimento do seu talento foi-se alargando e trespassando áreas artísticas, tendo emprestado, no último ano, o seu corpo e voz a projetos de teatro, cinema e artes visuais.

O EP de estreia, onde se avança o primeiro tema “Ngono Utana”, contém tudo o que a Selma é: uma jovem e enérgica intérprete que viveu a adolescência durante o reinado do rock em Portugal, conhecedora do cancioneiro tradicional do jazz e soul norte-americanos, perita no trabalho das suas referências vocais mais preciosas, intérprete de ritmos e sonoridades africanas, bailarina, não profissional, mas feliz.

A mistura fina que a Selma oferece é bem mais do que um mosaico de colagens de todas as aventuras musicais e artísticas que viveu. É um organismo próprio, individual, identitário, de frescura e atualidade surpreendentes e inconfundíveis. Entre as machambas de Moçambique, os clubes noturnos europeus e a energia do rock, entre línguas e ritmos tradicionais africanos e produção eletrónica carregada de psicadelismo, entre timbilas e sintetizadores.

PREÇO: 7,50€ / Associado: 5€ / Descontos: 6€ / Desempregado: 2,50€ /Bilhete família disponível

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email