Domingo, 29.03.15

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 20.07.14

Música anima festas de Avis com Amor Electro e Rodrigo Leão

 

 

Amor Electro (na foto), Rodrigo Leão, CC & Liaça e Tiago Garrinhas vão atuar na feira de Avis, que decorre entre os dias 25 e 27 deste mês, com um programa dominado pela música, divulgou o município.
Os espetáculos decorrem nas três noites da festa, no parque de feiras e exposições da vila, com Tiago Garrinhas e convidados e CC & Liaça a atuarem no dia de abertura, os Amor Electo, dia 26, e Rodrigo Leão, no encerramento.
A música e a cultura dominam o programa da edição deste ano da Feira Franca de Avis, considerada pelo município como "o maior evento do concelho e um dos mais emblemáticos do norte alentejano", que anima anualmente a histórica vila do distrito de Portalegre.
O programa dos festejos inclui ainda atividades desportivas, mostra de artesanato, exposições, música tradicional, gastronomia e a promoção dos produtos e projetos do concelho.
Segundo a autarquia, a Feira de Avis, apesar de o programa ser dominado pela música, é um certame apostado numa envolvente económica, "interagindo de forma dinâmica com a comunidade residente, com o turismo e com os agentes culturais".
O certame, promovido pelo município, conta com o apoio das juntas de freguesia, associações e coletividades daquele concelho.
Retirado do Sapo Música


publicado por olhar para o mundo às 21:30 | link do post | comentar

Sábado, 10.05.14

Rodrigo Leão prepara concerto especial no Mosteiro da Batalha

A música de "Ave mundi luminar", "Theatrum" e "Alma mater" inspira o concerto de Rodrigo Leão no Mosteiro da Batalha, agendado para 17 de maio e com lotação já esgotada.

 

O espetáculo assinala 30 anos de classificação do monumento como Património Mundial da Humanidade da UNESCO e motiva o regresso aos primeiros discos. "É um concerto que recupera algum repertório mais antigo, para ser tocado em mosteiro", explicou à agência Lusa Rodrigo Leão, assumindo na sua música "um lado um pouco espiritual, que pode convidar as pessoas a refletirem", que será reforçado pela interpretação no monumento.

 

Este regresso às primeiras músicas é uma "exceção", admite o compositor. "A última vez que tocámos repertório mais antigo, foi há dois anos, na Coreia do Sul, há três anos na reedição de ‘Ave mundi luminar' e, antes, nos concertos no Coliseu, com o coro do maestro Paulo Lourenço".

 

Na Batalha, Rodrigo Leão terá como convidada a cantora lírica Ângela Silva, que participou nos primeiros discos, quando o latim era nota dominante nas letras das músicas.

 

Também Celina da Piedade vai cantar alguns temas. "Os mais populares", especifica Rodrigo Leão, revelando que, no Mosteiro, serão interpretados duas músicas dos Madredeus, "Guitarra" e "Alfama".

 

Esta é a segunda vez que Rodrigo Leão atua no Mosteiro da Batalha, depois de um concerto com os Madredeus, em 1994. "Foi no ano em que saí dos Madredeus. Ainda me recordo, porque não é todos os dias que se toca num espaço como o Mosteiro da Batalha. Lembro-me muito que gostámos de tocar ali. É um local mágico. Penso que quer a nossa música quer a dos Madredeus se adequa àquele espaço".

 

Na Batalha, a arquitetura da nave central do mosteiro, com mais de 30 metros de altura, coloca algumas questões sensíveis ao nível da acústica necessária para um concerto de Rodrigo Leão. "É preciso um cuidado extremo quando se toca num espaço deste. O nosso técnico de som, Paulo Abelho, passou lá uma tarde a fazer medições para tentar encontrar as melhores soluções. O mosteiro é um sítio que mexe com a forma como os músicos tocam e interpretam as músicas. Nesse sentido, estamos muito entusiasmados em fazer este concerto".

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:22 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25.04.14

Rodrigo Leão vai dar um concerto nas escadarias da Assembleia da República, no próximo dia 26 de abril.

 

O espetáculo tem por título “O Espírito de Um País” e divide-se em três partes, que levam os subtítulos “A Liberdade”, “O Sonho” e “Triunfal”. Cada uma delas será marcada por várias surpresas, entre novos arranjos; versões de temas dos Madredeus, que contarão com a voz da acordeonista Celina da Piedade, membro regular do ensemble de Rodrigo Leão; a participação de Camané nalguns temas, entre os quais uma versão de Vida Tão Estranha; e a estreia do inédito O Espírito de Um País (Dança de Abril) – “uma homenagem à liberdade”, segundo palavras do próprio compositor.

 

O concerto, pensado no âmbito das comemorações solenes dos 40 anos do 25 de Abril, contará com a participação da Sinfonietta de Lisboa, que estará presente na execução de praticamente todos os temas do alinhamento, sob direção do maestro Vasco Pierce de Azevedo; bem como do Grupo de Percussões de Lisboa e do Coro Juvenil da Fundação Musical dos Amigos das Crianças, além dos já referidos Celina da Piedade e Camané.

 

O evento, concebido por Rodrigo Leão a partir de um convite da própria Assembleia da República, contará ainda com imagens do realizador Rui Simões em dois temas. “Trata-se de material retirado dos filmes ‘Bom Povo Português’ e ‘Deus Pátria Autoridade’, que se adequam aos ambientes explorados por Rodrigo Leão”, pode ler-se em comunicado. Haverá ainda imagens retiradas do documentário “Portugal, Um Retrato Social”, de António Barreto, para o qual Rodrigo Leão fez a banda sonora.

 

O espetáculo tem início às 21h00. A entrada é livre.

 

Retirado de Palco Principal



publicado por olhar para o mundo às 22:54 | link do post | comentar

Sexta-feira, 14.02.14

25 de Abril: Parlamento pede a Rodrigo Leão composição original para concerto na escadaria

A Assembleia da República pediu a Rodrigo Leão uma composição original sobre o 25 de Abril para as comemorações dos 40 anos da revolução, a ser interpretada num concerto nas escadarias do Parlamento, relevou à Lusa Assunção Esteves.

 

A ideia de uma intervenção por parte da artista plástica Joana Vasconcelos, envolvendo chaimites usadas no dia 25 de Abril decoradas com cravos vermelhos, e que foi avançada hoje pelo jornal Público, permanece como uma hipótese, afirmou igualmente a presidente da Assembleia. "Ainda está em aberto", disse.

 

As "ideias-projeto" para as comemorações dos 40 anos do 25 de Abril, que foram hoje discutidas com os grupos parlamentares, incluem a realização de dois concertos, um dos quais nas escadarias do parlamento, no dia 26 de Abril, pelo compositor e interprete Rodrigo Leão. "Foi pedida ao Rodrigo Leão uma composição especial sobre o 25 de Abril", revelou a presidente da Assembleia. O outro concerto previsto deverá realizar-se a 24 de Abril, pelo grupo "Capas Negras" e convidados.

 

O programa provisório que Assunção Esteves revelou à Lusa inclui também uma "homenagem ao pensamento" na forma de uma conferência sobre "os novos paradigmas do futuro", na qual filósofos e ensaístas farão uma "reflexão sobre o desenho das instituições e das políticas públicas em novos paradigmas de futuro".

 

Está igualmente prevista uma "grande exposição iconográfica" sobre o "nascimento da democracia", com referências às "história dos partidos, das campanhas eleitorais, os principais momentos políticos e as grandes figuras marcantes".

 

Um ciclo de cinema sobre direitos humanos é outra das vertentes do programa, estando previsto para o mês de Abril a exibição de um conjunto de documentários realizados por estrangeiros sobre a revolução portuguesa.

 

A companhia "A Barraca" também deverá apresentar uma produção teatral criada propositadamente para os 40 anos do 25 de Abril.

 

A ideia de uma exposição de arte urbana, que inclua grafitti, foi também avançada e deverá constar do programa, acrescentou Assunção Esteves.

 

O programa das comemorações ainda não tem uma estimativa de custo porque não está fechado, disse a presidente da Assembleia, sublinhando que tem pedido aos intervenientes e potenciais intervenientes com quem tem falado que entendam a sua participação como "parte de uma dádiva para o seu país".

 

retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 13:58 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22.01.14


publicado por olhar para o mundo às 08:36 | link do post | comentar

Quinta-feira, 17.10.13
A gaiola dourada

Disco já à venda

 Disponível em formato digital no music box

 

 

Há muito que é reconhecido o enorme talento de Rodrigo Leão e o caráter indiscutivelmente fílmico da sua música. O pendor cinematográfico das suas composições consubstanciou-se em 2004 no álbum “Cinema”, considerado pela critica e pelo público, como o momento mais alto da sua carreira.


Esta faceta de Rodrigo Leão granjeou-lhe, aliás, inúmeros admiradores de renome mundial, de entre os quais os realizadores Lee Daniels e Pedro Almodovar.


Contando já com 20 anos de uma carreira a solo verdadeiramente invejável, seria, no entanto, somente em 2013 que Rodrigo Leão veria o reconhecimento da sua música além fronteiras, graças à assinatura das bandas-sonoras para os filmes “O Mordomo” e “A Gaiola Dourada”.


Este último, retratando de forma simples, divertida e despreocupada, a vida de uma família de emigrantes portugueses em Paris, seria um enorme êxito de bilheteira em França e também em Portugal, onde destronou diversos “blockbusters” americanos, afirmando-se como o filme mais visto de 2013, com mais de meio milhão de espectadores em apenas um mês de exibição!


O CD da banda-sonora de “A Gaiola Dourada” inclui dezasseis temas de Rodrigo Leão, contando com inéditos, mas também com novos arranjos para temas emblemáticos, como é o caso de “A Estrada” ou de “A Comédia de Deus”.


O disco conta, ainda, com um tema do músico belga Yan Wagner, uma interpretação da ária “Brindisi”, retirada da imortal ópera La Traviata, de Verdi, também com uma versão, pela orquestra de Nelson Riddle, para o clássico “Uma casa Portuguesa” e, por último, com uma notável interpretação da atriz Catarina Wallenstein para o fado “Prece”, imortalizado por Amália Rodrigues.


Razões mais do que suficientes para tornar a banda-sonora de “A Gaiola Dourada” num CD verdadeiramente obrigatório para os fãs de Rodrigo Leão e também para todos aqueles que, somente agora, puderam descobrir o talento do músico português, graças ao enorme sucesso deste filme.



publicado por olhar para o mundo às 20:52 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.09.13

A XI Mostra Portuguesa apresenta Rodrigo Leão como cabeça de cartaz


A XI Mostra Portuguesa apresenta Rodrigo Leão como cabeça de cartaz

Rodrigo Leão leva ao Circulo de Bellas Artes de Madrid, a 18 de Novembro, o seu último projecto "Os Poetas - Entre nós e as palavras", definido como um encontro da música "com os versos de algumas das vozes mais importantes da paisagem poética portuguesa, como Mário Cesariny, Herberto Helder, Luísa Neto Jorge e Adília Lopes".

Uma exposição sobre o pintor Domingos Antonio Sequeira, que arranca já a 23 de Outubro no Museu Romântico de Madrid, dará início ao festival, onde haverá ainda, entre outras, propostas do mundo da arte, da literatura e da gastronomia.

Resultando da organização conjunta da Embaixada de Portugal em Madrid e do Instituto Camões, em Lisboa, a mostra é actualmente o principal centro de expansão "dos latidos culturais e humanos portugueses" em Espanha.

Em finais de Outubro realizar-se-á uma conferência de Imprensa que dará a conhecer mais pormenores sobre o evento.

 

Retirado do HardMúsica



publicado por olhar para o mundo às 12:37 | link do post | comentar

Sexta-feira, 20.09.13

 

 

Letra

 

Find a way and clear my soul
Driving out to get my goal

God knows I cannot stand
It's time to say goodbye

You don't know, you should have known
the pain I feel inside

So, I was dreaming of you
I was falling with you
and broke my heart

So, I was falling for you
I was dreaming with you
and broke my heart

Find a way and clear my soul
Driving out to get my goal

You don't know, you should've known
the pain I feel inside

God knows I cannot stand
It's time to say goodbye

Find a way to ease my breath
on and on to fill my chest

I can't stay, I cannot stay
cause only tears remain

I can't hide, I cannot fight
and play this crying game

So, I was dreaming of you
I was falling with you
and broke my heart



publicado por olhar para o mundo às 17:21 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18.09.13

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 15:31 | link do post | comentar

Terça-feira, 27.08.13

Butler


Rodrigo Leão assina banda sonora de filme de Hollywood

A banda sonora de ‘The Butler’ estará disponível digitalmente a 2 de setembro

 

O filme ‘The Butler’ (em português chama-se ‘O Mordomo’), com banda sonora original assinada pelo músico português Rodrigo Leão, conta com um elenco recheado de nomes sonantes de Hollywood e chega às salas de cinema portuguesas já no próximo dia 5 de setembro.

O realizador Lee Daniels, conhecido apreciador do compositor português, escolheu Rodrigo Leão para assinar a banda sonora de ‘O Mordomo’, de entre nomes reputados do panorama internacional.

Rodrigo Leão revela que desde logo sentiu “uma identificação grande com este filme; primeiro com o argumento e depois com a realização e com a representação de atores que admiro muito”. Um mês após o desafio lhe ter sido lançado, o músico já estava a compor a banda sonora. Do seu repertório, habitualmente descrito como ‘cinematográfico’, fazem parte algumas bandas sonoras para cinema.

Com realização de Lee Daniels, celebrizado pela sua nomeação para os Óscares de 2009 com ‘Precious’, o filme ‘O Mordomo’ conta com Forest Whitaker no papel de um mordomo da Casa Branca que serviu sete presidentes dos EUA. A Whitaker junta-se um rol de nomes sonantes de Hollywood, como Oprah Winfrey, John Cusack, Jane Fonda, Cuba Gooding Jr, Terrence Howard, Lenny Kravitz, James Marsden, David Oyelowo, Vanessa Redgrave, Alan Rickman, Liev Schreiber, Robin Williams e Mariah Carey.

‘O Mordomo’ foi o filme mais visto no fim de semana de estreia nos Estados Unidos e Canadá, com 18,7 milhões de euros de receita de bilheteira.

A banda sonora original, composta por Rodrigo Leão ficará disponível digitalmente dia 2 de setembro. ‘The Butler’ terá ainda uma banda sonora em formato físico, disco que inclui dois dos temas de Rodrigo Leão mas também um inédito de Fantasia. Lenny Kravitz também compos um inédito para a voz de Gladys Knight. O formato físico da banda sonora chega às lojas dia 9 de setembro.

 

Ver o trailer aqui.



publicado por olhar para o mundo às 12:35 | link do post | comentar

Quinta-feira, 06.06.13


publicado por olhar para o mundo às 08:20 | link do post | comentar

Quarta-feira, 05.06.13

 

Letra

 

No me olvides 
yo me muero 
Amor 
mi vida es sufrimiento 
Yo 
te quiero en mi camino 
Por vos 
cambiaba mi destino 

Ay, 
abrázame esta noche 
aunque no tengas ganas 
prefiero que me mientas 
tristes breves nuestras vidas 
acércate a mí 
abrázame a ti por Dios 
entrégate a mis brazos. 

Tengo 
un corazón penando 
Yo sé 
que vos lo está escuchando 
Con 
mil lágrimas te quiero 
Pasión 
sos mi amor sincero 

Ay, 
abrázame esta noche 
aunque no tengas ganas 
prefiero que me mientas 
tristes breves nuestras vidas 
acércate a mí 
abrázame a ti por Dios 
entrégate a mis brazos 



publicado por olhar para o mundo às 17:18 | link do post | comentar

Terça-feira, 26.02.13

Os Poetas, de Rodrigo Leão e Gabriel Gomes, regressam com o álbum «Autografia»

O grupo Os Poetas, que Rodrigo Leão e Gabriel Gomes criaram nos anos 1990 em torno da poesia, regressa nos próximos dias com um álbum novo, "Autografia", com concertos e a reedição do primeiro disco, há muito esgotado.


Os Poetas apresentaram-se em 1997 com "Entre nós e as palavras", disco que juntava música inédita de Rodrigo Leão (teclados) e Gabriel Gomes (acordeão) à poesia portuguesa dita pelos próprios autores - como Herberto Helder, Luísa Neto Jorge e Mário Cesariny.

 

Na fundação do projeto - com os dois músicos acabados de sair dos Madredeus - estiveram ainda o violoncelista Francisco Ribeiro e o editor Hermínio Monteiro, que sugeriu os poemas e deu a descobrir as gravações das vozes dos poetas.

 

Dezasseis anos depois, durante os quais viram desaparecer Hermínio Monteiro e Francisco Ribeiro, Rodrigo Leão e Gabriel Gomes recuperam o projeto e redescobriram essa "cumplicidade entre a música e o poema", disseram em entrevista à agência Lusa.

 

Na verdade, o pretexto para fazer renascer Os Poetas deu-se em 2012, quando os dois músicos foram convidados pelo Festival Silêncio a fazer uma performance em Lisboa.

 

Mergulharam novamente na poesia portuguesa, selecionaram mais escritores, como Adília Lopes e António Ramos Rosa, e convidaram o ator Miguel Borges para dizer os poemas.

 

Daí até à gravação de novas composições foi um passo rápido - explicaram - e eis que surge o álbum "Autografia", cujo título recupera um poema de Mário Cesariny e no qual participam ainda as instrumentistas Sandra Martins e Viviena Tupikova.

 

O álbum, por enquanto, só estará à venda nos três concertos que Os Poetas vão dar nas próximas semanas: a 3 de março na Casa da Música (Porto), dia 8 no Centro Cultural de Belém (Lisboa) e dia 16 no Teatro Aveirense (Aveiro).

 

A ideia de Os Poetas era dar corpo musical a poemas ditos pelos próprios autores - de uma série de gravações que Hermínio Monteiro deu a conhecer a Rodrigo Leão e a Gabriel Gomes.

 

Nos anos 1990 não era muito comum ter registos discográficos em que se dava primazia à palavra dita, ainda que com um sustento musical com instrumentos que quase se deixam ficar na sombra dos poemas. Hoje já estão disponíveis, ainda que escassos, mais registos semelhantes.

 

A grande diferença, segundo Rodrigo Leão e Gabriel Gomes, entre o primeiro álbum e este segundo é o ator a dizer as palavras em tempo real, neste caso, Miguel Borges. "Aqui o ator junta-se a nós e ao mesmo tempo entra nessa cumplicidade e adapta a sua cadência e nós adaptamo-nos a cada palavra. Naquela altura existiam os poemas já gravados, estavam a ser debitados pelo CD e nós tínhamos que arranjar a cadência", disse Gabriel Gomes.

 

Já sem Hermínio Monteiro, editor da Assírio & Alvim que morreu em 2001, para lhes sugerir mais poemas, Rodrigo Leão e Gabriel Gomes foram eles próprios selecionando a literatura que queriam musicar. "Eu acho que os poemas tinham intenção de nos procurar para falarmos sobre eles", rematou o acordeonista Gabriel Gomes.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 17:45 | link do post | comentar

Segunda-feira, 11.02.13

Rodrigo Leão volta aos palcos com Os Poetas

Em março, Rodrigo Leão volta a partilhar palcos com Os Poetas depois de um reencontro no Cinema São Jorge, em Lisboa, no ano passado. A Casa da Música, o Centro Cultural de Belém e o Teatro Aveirense marcam as primeiras atuações confirmadas.

O projeto Os Poetas surgiu de encontros entre Rodrigo Leão, Gabriel Gomes e Hermínio Monteiro, então editor da Assírio & Alvim, em cujo espólio existiam gravações de poetas a dizerem os próprios poemas. 

O disco "Entre Nós e as Palavras", de 1997, foi o resultado de meses de composição, de uma afinidade com os poetas escolhidos e da amizade entre os dois músicos. Com Francisco Ribeiro (ex-Madredeus) e Margarida Araújo nas cordas, o ensemble fez alguns concertos ainda nos anos 1990. 

Reagrupados em 2012, Os Poetas compuseram novas músicas e reformularam o espetáculo, projetando os textos e chamando o ator Miguel Borges para dizer poemas. Viviena Tupikova e Sandra Martins vieram também completar o ensemble. A escolha de Miguel Borges para dar voz aos textos prende-se novamente com sentimentos de cumplicidade e de empatia, esclarece a promotora do espetáculo. 

O novo modelo de atuação ao vivo foi apresentado no concerto no cinema São Jorge, em 2012, no âmbito do Festival Silêncio!, e vai ter continuidade nos palcos já em março: na Casa da Música, no Porto, dia 3; no Centro Cultural de Belem, em Lisboa, dia 8; e no Teatro Aveirense, em Aveiro, dia 16.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:54 | link do post | comentar

Domingo, 02.12.12
 


publicado por olhar para o mundo às 08:16 | link do post | comentar

Sábado, 01.12.12

 

 

letra

 

São de veludo as palavras
Daquele que finge que ama
Ao desengano levo a vida
A sorte a mim já não me chama

Refrão:
Vida tão só
Vida tão estranha
Meu coração tão maltratado
Já nem chorar
Me traz consolo
Resta-me só um triste fado

A gente vive na mentira
Já não dá conta do que sente
Antes sozinha toda a vida
Que ter um coração que mente

Refrão:
Vida tão só
Vida tão estranha
Meu coração tão maltratado
Já nem chorar
Me traz consolo
Resta-me só um triste fado




publicado por olhar para o mundo às 17:11 | link do post | comentar

 

 

Letra

No me olvides 
yo me muero 
Amor 
mi vida es sufrimiento 
Yo 
te quiero en mi camino 
Por vos 
cambiaba mi destino 

Ay, 
abrázame esta noche 
aunque no tengas ganas 
prefiero que me mientas 
tristes breves nuestras vidas 
acércate a mí 
abrázame a ti por Dios 
entrégate a mis brazos. 

Tengo 
un corazón penando 
Yo sé 
que vos lo está escuchando 
Con 
mil lágrimas te quiero 
Pasión 
sos mi amor sincero 

Ay, 
abrázame esta noche 
aunque no tengas ganas 
prefiero que me mientas 
tristes breves nuestras vidas 
acércate a mí 
abrázame a ti por Dios 
entrégate a mis brazos 


publicado por olhar para o mundo às 08:09 | link do post | comentar

Domingo, 18.11.12

Joan as Police Woman e Scott Mathew no novo disco de Rodrigo Leão


"Songs (2004-2012)" é o título do novo álbum que Rodrigo Leão vai editar a 3 de dezembro. Concebido como o primeiro passo para uma possível trilogia querevê matéria já lançada e antecipa novos caminhos, "Songs (2004-2012)" reúne canções cantadas em inglês, como já é habitual no percurso do músico desde "Cinema".


As vozes de Sónia Tavares (The Gift), de Ana Vieira, de Beth Gibbons (Portishead), Neil Hannon (The Divine Comedy), Stuart Staples (Tindersticks), Scott Mathew e Joan as Police Woman deram na última década um caráter universal à música de Rodrigo Leão por via do uso poético do inglês em temas que marcaram as aventuras editoriais "Cinema" (2004), "A Mãe" (2009) e "A Montanha Mágica" (2011).

 

De acordo com a promotora, "Songs (2004-2012)" parte dessa ideia de vocação universalista e reúne três temas de "Cinema" - "Lonely Carousel", "Deep Blue" e "Happiness" -, outros tantos de "A Mãe" - "Cathy", "Sleepless Heart" e "This Light Holds So Many Colours" -, um de "A Montanha Mágica" - "Terrible Dawn" - e ainda três inéditos.

 

Os temas novos têm a colaboração de Scott Mathew, que trabalhou pela primeira vez com Rodrigo Leão no seu registo anterior "A Montanha Mágica", e de Joan as Police Woman, com quem o compositor português colabora pela primeira vez.

 

O álbum abre com o inédito "The Long Run", interpretado por Joan as Police Woman e com arranjo do próprio Rodrigo Leão em modo clássico e esse é também o single que apresenta "Songs (2004-2012)".

 

Por outro lado, o tema com voz de Mathew, "Incomplete", é, considera a promotora, "um exercício de estilo que revela uma nova faceta da música de Rodrigo Leão, talvez um dramatismo 'pop' que soa inédito na voz do cantor australiano".

 

Há ainda um pequeno instrumental intitulado "Lost Words".

 

Rodrigo Leão fala de "Songs (2004-2012)" como um primeiro passo para uma trilogia, que pode até nunca sair da sua cabeça, mas para já, o primeiro capítulo dessa planeada revisão tripartida da matéria tem por título "Songs".

 

Fique a par do alinhamento da nova aposta de Rodrigo Leão:

1. The Long Run - com Joan as Police Woman - inédita;

2. Deep Blue (Album Version) - com Sónia Tavares;

3. Happiness (Album Version);

4. Sleepless Heart (2012 Edit) - com Ana Vieira;

5. Cathy - com Neil Hannon;

6. Lonely Carousel (Album Version) - com Beth Gibbons;

7. Lost Words - inédita;

8.Terrible Dawn - com Scott Matthews;

9. This Light Holds So Many Colours - Stuart Staples;

10. Incomplete - com Scot Mathews - inédita

Noticia do Sapo Música


publicado por olhar para o mundo às 12:56 | link do post | comentar

Terça-feira, 06.11.12
Rodrigo Leão

Rodrigo Leão ao vivo nos Coliseus

Convidados: Neil Hannon (The Divine Comedy), Beth Gibbons (Portishead) e Scott Matthew

26 de Novembro Porto 
27 de Novembro Lisboa


 
Rodrigo Leão está de regresso aos palcos dos Coliseus, 26 de Novembro no Porto e 27 de Novembro em Lisboa.

Nestes concertos, Rodrigo Leão revisita os momentos mais marcantes da sua carreira, experimentando novas ideias e introduzindo novos arranjos.
Para além dos habituais cúmplices de Rodrigo Leão, irão também passar pelos palcos dos Coliseus alguns nomes ilustres da música internacional, que colaboraram com o compositor português ao longa da sua carreira: Neil Hannon (The Divine Comedy), Beth Gibbons (Portishead) e o australiano Scott Matthew. Beth Gibbons colaborou com Rodrigo Leão no álbum “Cinema” (2004), Neil Hannon foi a voz do tema “Cathy” no disco “A Mãe” (2009) e Scott Mathew foi um dos convidados do mais recente trabalho de Rodrigo Leão, “A Montanha Mágica”.

Rodrigo Leão ao vivo nos Coliseus: uma oportunidade única para (re)descobrir o trabalho de um dos mais talentosos músicos e compositores portugueses em duas noites que se preparam para ser inesquecíveis.


publicado por olhar para o mundo às 21:45 | link do post | comentar

Sábado, 08.09.12

 

 

letra

 

Voz de Ana Vieira

 

Ah, j’aime biens l’espoir quand s’on va
Dans les ailes froides de ton âme
C’est si grand le désir de ta voix
Mais ces vagues énormes m’entrainent

Mon cœur dis moi
Pourquoi cette douleur
Je vois la peur dans tes yeux
Et toi, non, tu n’es pas seul
Il faut tuer la solitude en toi

Ah, j’aime biens l’espoir quand s’on va
Mais ces vagues énormes m’entraine

Mon cœur dis moi
Pourquoi cette douleur
Je vois la peur dans tes yeux

Et toi, tu n’es pas seul
Il faut tuer la solitude en toi
Et toi, tu n’es pas seul
Il faut tuer la solitude en toi
Et toi, tu n’es pas seul
Il faut tuer la solitude en toi



publicado por olhar para o mundo às 17:08 | link do post | comentar

 
Letra
Ave Mundi Luminar 
Rodrigo Leão 
Voz 
Ângela Silva

Ave generosa Mundi Rosa 
Felix et sacra Virgo Maria 
Espiritus Sanctus Laudamos te(Ave, Ave Gemma Preciosa) 
Espiritus Sanctus Laudamos te(Sub intimo cordis in custodia) 

Cruxificie vulnerati Ave Mundi Luminar 
Cruxificie vulnerati Ave Mundi Luminar 

Interlude 

Ave generosa Mundi Rosa 
Felix et sacra Virgo Maria 
Espiritus Sanctus Laudamos te(Ave, Ave Gemma Preciosa) 
Espiritus Sanctus Laudamos te(Sub intimo cordis in custodia) 

Cruxificie vulnerati Ave Mundi Luminar 
Cruxificie vulnerati Ave Mundi Luminar 
Cruxificie vulnerati Ave Mundi Luminar 
Cruxificie vulnerati Ave Mundi Luminar


publicado por olhar para o mundo às 08:03 | link do post | comentar

Domingo, 15.04.12


publicado por olhar para o mundo às 08:30 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29.02.12

Rodrigo Leão é cabeça de cartaz do festival «Três Culturas» que tem Portugal como país convidado

Portugal é este ano o país convidado do 13º Festival Três Culturas, de Múrcia (Espanha), num cartaz encabeçado por Rodrigo Leão, no qual participam ainda o inglês Michael Nyman e o belga Wim Mertens.


O ciclo em que participam os três músicos denomina-se «Concertos pela Tolerância» e decorre entre 21 e 23 de maio, no âmbito do festival que se prolonga de 14 a 26 desse mês.

 

Os organizadores destacam que, na edição deste ano, o fado terá um lugar de relevo em reconhecimento pela sua nomeação em novembro como Património Imaterial da Humanidade.

 

A edição de 2012 ano contará com a participação adicional de artistas da Alemanha, Egito, Israel, Marrocos, Cuba, México, Rússia, Sahara, França e Senegal, entre outros.

 

Via Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:30 | link do post | comentar

Domingo, 08.01.12

 

 

Letra

 

Já madruguei mos teus braços

Toquei-te a boca num beijo sem fim

Já foste minha nesse sonho que acabou

Já foste a luz que agora o tempo apagou

E se essa luz me afagava

De cada vez que passavas por mim

Agora quem nasceu pavio desse amor

Fecha-se a porta pra tentar fugir à dor

 

É só poeira

Da caminhada que eu já fiz

Vou-me afastando

Num sonho onde eu fui feliz

Ando perdido

Comandante sem lugar

A vida acaba

Mesmo sem antes começar

Aqui…

 

Eram os teus lépidos olhos

Que davam corda no meu coração

Agora encosto-me à saudade de nós dois

Abra a janela para a luz que vem depois

 

É só poeira

Da caminhada que eu já fiz

Vou-me afastando

Num sonho onde eu fui feliz

Ando perdido

Comandante sem lugar

A vida acaba

Mesmo sem antes começar

Aqui…

 

Da caminhada que eu já fiz

 

Aqui…

 

Num sonho onde eu fui feliz

 

Aqui…



publicado por olhar para o mundo às 17:47 | link do post | comentar

Sábado, 07.01.12

 

Letra

 

Já madruguei mos teus braços

Toquei-te a boca num beijo sem fim

Já foste minha nesse sonho que acabou

Já foste a luz que agora o tempo apagou

E se essa luz me afagava

De cada vez que passavas por mim

Agora quem nasceu pavio desse amor

Fecha-se a porta pra tentar fugir à dor

 

É só poeira

Da caminhada que eu já fiz

Vou-me afastando

Num sonho onde eu fui feliz

Ando perdido

Comandante sem lugar

A vida acaba

Mesmo sem antes começar

Aqui…

 

Eram os teus lépidos olhos

Que davam corda no meu coração

Agora encosto-me à saudade de nós dois

Abra a janela para a luz que vem depois

 

É só poeira

Da caminhada que eu já fiz

Vou-me afastando

Num sonho onde eu fui feliz

Ando perdido

Comandante sem lugar

A vida acaba

Mesmo sem antes começar

Aqui…

 

Da caminhada que eu já fiz

 

Aqui…

 

Num sonho onde eu fui feliz

 

Aqui…



publicado por olhar para o mundo às 16:46 | link do post | comentar

Quinta-feira, 08.12.11

 

´

 

 

Rodrigo Leão apresentou este novo trabalho, “A Montanha Mágica” na Casa da Música em dois concertos que lotaram as salas onde tiveram lugar.esgotadíssimos. 


Também em Lisboa o público teve oportunidade de assistir a este espectáculo no mês passado no CCB. 


E porque a sala esgotou e o êxito foi grande Rodrigo Leão regressará ao grande auditório do CCB dia 24 de Janeiro.


Os bilhetes já estão à venda nos locais habituais.

 

Rodrigo Leão nasceu em Lisboa, em 1964 e foi a sua participação nas bandas Sétima Legião e Madredeus que o tornaram conhecido.


Mas é a solo que Rodrigo Leão constrói e afirma o seu percurso musical
 
A solo explora a combinação das suas composições clássicas-modernas com formas de canção e instrumentação mais tradicional, com a participação de Lula Pena ou Adriana Calcanhotto, no CD Alma Mater.


Entre os seus convidados constam ainda Sónia Tavares e Nuno Gonçalves dos The Gift, e Rui Reininho dos GNR, que participou na gravação do seu álbum ao vivo intitulado Pasión.

 

Via HardMúsica



publicado por olhar para o mundo às 17:31 | link do post | comentar

Domingo, 20.11.11

Rodrigo Leão com nova data no Centro Cultural de Belém

 

Dada a “grande procura de bilhetes para o concerto da próxima semana, no Centro Cultural de Belém”, Rodrigo Leão anunciou uma nova data para a apresentação do seu novo álbum, “A Montanha Mágica”, em Lisboa. Será no dia 24 de janeiro de 2012, também no CCB.

 

O registo, essencialmente instrumental, conta com vários convidados especiais, entre os quais Pedro Wallenstein (contrabaixo), João Eleutério (guitarras), Miguel Nogueira (guitarra), Rui Vinagre (guitarra portuguesa) ou Tó Trips, e explora novas paisagens proporcionadas pelo trio de cordas - Viviena Tupikova, Bruno Silva e Carlos Tony Gomes - e pelo acordeão - Celina da Piedade - que as acompanham. O single de lançamento do álbum, O fio da vida, já roda nas rádios nacionais.

 

"A 'Montanha Mágica' soa a um tempo diferente e igual, fluído e permanente, difuso como algumas memórias, mas tão real como as palavras impressas num livro. (...) É mesmo novo, este novo trabalho deRodrigo Leão. Ergue-se com a força dos sonhos, cruza melodias feitas de memórias e mistério, caixinhas de música guardadas em gavetas secretas, guitarra portuguesa que sublinha uma subtil identidade que é portuguesa mas aplaudida por todo o mundo. É novo, este Rodrigo Leão. E, no entanto, conhecemo-lo tão bem...", pode ler-se em comunicado, sobre "A Montanha Mágica".

 

O concerto tem início às 21h00. Os bilhetes serão colocados hoje à venda.

 

Via Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:56 | link do post | comentar

Quinta-feira, 27.10.11
Letra
Querido amigo, yo no sé, nada
Solo sé, que a la hora de jugar, igual a la hora de llorar
No sé nada, de nada
Yo sé que hoy, no pueden pedirme nada
Porque hoy, es el gran día
El día de la Paz, y la Felicidad

[coro]
Solo sé que no sé nada
Corazón batiendo fuerte
Sentimiento de viajen
Solo sé que no sé nada

Tierra bendita, tierra linda!
Mi corazón está ay, donde debe estar
Batiendo fuerte en el pecho
Llegará mi cuerpo, llegará mi cuerpo
Después mi alma, pero sabiendo solo una cosa
Que nada Sé
Mi querido camarada, le envío un gran saludo
Recordando solo una cosa. Ya la sabe, no?

[coro]
Solo sé que no sé nada
Corazón batiendo fuerte
Sentimiento de viajen
Solo sé que no sé nada



publicado por olhar para o mundo às 08:26 | link do post | comentar

Terça-feira, 04.10.11
Letra
Toi, tu m'as blessé le coeur 
Moi, je crois que tu le sais 
C'est pour ça, mon ange 
Mon sourire étrange 

Ah, c'est pas vrai... 
Tu m'as oubliée 
Comme une pierre 
Morte sous tes piedes 

Maintenant qu'est ce que je fais... 

Toi, tu fais mes larmes tomber 
Moi, je bous pour t'embrasser 
Infinie doleur 
Tu as fermé ton coeur 

Ah, c'est pas vrai... 
Tu m'as oubliée 
Comme une pierre 
Morte sous tes pieds 

Maintenant qu'es ce que je fais...


publicado por olhar para o mundo às 17:45 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Rodrigo Leão, Scott Matth...

Rodrigo Leão & Scott Matt...

André Barros - Pulso ft. ...

Rodrigo Leão, Scott Matth...

Rodrigo Leão & Scott Matt...

Rodrigo Leão & Scott Matt...

Rodrigo Leão & Scott Matt...

"The Fallen": já está dis...

Rodrigo Leão, Vox Ensembl...

Rodrigo Leão - Rosa

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds