Segunda-feira, 16.06.14

The Hives

 

The Hives, Anselmo Ralph, Aloe Blacc, Gisela João, Miguel Araújo e Natiruts são os cabeças-de-cartaz da edição deste ano do festival de música do Crato, a realizar de 27 a 30 de Agosto.

 

Integrado na Feira de Artesanato e Gastronomia do Crato, o festival, promovido pelo município, apresenta um cartaz que também pretende dar a conhecer o que "de melhor se faz" no Alto Alentejo.

 

"É um cartaz muito forte em tempos de crise. Este ano, vão passar pelo Crato excelentes nomes da música e, desta forma, rompemos com a tradição habitual dos nomes que costumavam marcar presença nos últimos anos", disse este sábado à agência Lusa o presidente do município, José Correia da Luz.

 

O autarca manifestou-se ainda convicto de que a edição deste ano venha a "bater todos os recordes" de participantes, alegando que se trata de um festival com "tradição" e com "categoria" a nível nacional.

 

No primeiro dia, o destaque irá para a actuação de Gisela João e Aloe Blacc, passando ainda pelo palco do festival a Filarmónica do Crato e os Ar de Bluesy – Tributo a Rui Veloso e Carlos Tê.

 

A 28 de Agosto, a noite será dominada por Dengaz, Inner Circle e Natiruts.

 

No dia seguinte, o Festival do Crato vai contar com a presença em palco de Capitão Fausto, Miguel Araújo e Anselmo Ralph.

 

No dia 30 de Agosto é a vez de subirem ao palco do festival os portugueses The Happy Mess, We Trust e os suecos The Hives, que encerram o certame.

 

Durante o festival, haverá diariamente animação de rua e After Hours, com os Dj´s Nuno Luz, DJoana, Dj Chumbo (Ricardo Moreno), Wilson Honrado, Ana Arroja e João Vaz.

 

"No que diz respeito à musicalidade, o festival, este ano, é mais festival", sublinhou o autarca.

 

Na animação de rua, os festivaleiros poderão assistir às actuações do grupo Abelterium e Agostinhos da Roseta, entre outros grupos da zona.

 

No campo da gastronomia, a oferta vai ser "diversificada" com a presença no recinto de vários restaurantes e tasquinhas típicas.

 

Quanto ao artesanato e às actividades económicas, o certame vai este ano acolher "mais expositores" para "recuperar a dinâmica" que tinha em anos anteriores.

 

"Nós iremos ter um reforço de stands de expositores. Este ano vamos ter cerca de 150 stands, pois o festival promete, não só pela qualidade musical, mas por toda a sua envolvência", disse.

 

Os preços dos bilhetes para o Festival do Crato vão variar entre os oito euros, nos dois primeiros dias, e os 10 euros, nos últimos dois dias do certame.

 

A organização vai ainda disponibilizar um espaço para todos os festivaleiros que queiram acampar na zona.

 

Retirado do Público



publicado por olhar para o mundo às 12:22 | link do post | comentar

Sexta-feira, 13.06.14

The Libertines confirmados como cabeças de cartaz do Optimus Alive

Os The Libertines vão atuar em julho no festival Optimus Alive, no Passeio Marítimo de Algés, juntando-se como cabeça de cartaz aos The Black Keys e Arctic Monkeys, anunciou a organização.

A banda, que teve uma existência intermitente desde finais dos anos 1990, anunciou em abril que regressaria aos palcos com uma atuação em julho num festival em Hyde Park, em Londres. A esse concerto juntam-se agora mais dois, um em Espanha e outro em Portugal, a 12 de julho.

Os Libertines surgiram em Londres em 1997, com Carl Barât e Pete Doherty no cerne das composições, acompanhados de Gary Powell e John Hassall.

O sucesso nos anos seguintes foi muitas vezes eclipsado pelos problemas de Pete Doherty com droga, álcool e com as autoridades, causando instabilidade no grupo.

A banda atuou em Portugal em 2004, na altura para promover o segundo álbum, "The Libertines". O álbum de estreia, "Up the bracket", data de 2002.

Apesar do regresso dos Libertines aos concertos, não há previsão de edição de novo álbum, segundo a revista New Musical Express.

Pete Doherty atuou em Portugal em 2009 - na altura já tinha fundado os Babyshambles - e chegou a ser noticiada a presença do músico nos estúdios de Pedro Abrunhosa para gravar uma música, "Ballad of Grimaldi".

Carl Barât, que este ano fundou os The Jackals, esteve em Portugal em 2006 com outro dos seus grupos paralelos, os Dirty Pretty Things.

O festival Optimus Alive decorrerá de 10 a 12 de julho e conta no cartaz com nomes como The War on Drugs, Elbow, Cass McCombs, Kelis, MGMT, Imagine Dragons, Interpol, Unknown Mortal Orchestra, Au Revoir Simone, Chet Faker, Caribou e The Lumineers.

Entre os artistas portugueses contratados contam-se Beautify Junkyards, Buraka Som Sistema, Keep Razors Sharp, Paus, Sequin e Vicious Five.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:50 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.06.14

Lena d'Água, Bananarama, Kim Wilde e Rick Astley recordam anos 1980 em Cascais 12 de junho de 2014   Lena d'Água abre na sexta-feira o festival ERP Remember Cascais, dedicado à música dos anos 1980, com um alinhamento em que recupera os êxitos pop rock que protagonizou há trinta anos.  Lena d'Água, uma das primeiras vocalistas de uma banda rock em Portugal - com os Beatnicks, nos anos 1970 -, tocará no Hipódromo de Cascais com os Rock’n’Roll Station, devendo interpretar temas como

Lena d'Água abre na sexta-feira o festival ERP Remember Cascais, dedicado à música dos anos 1980, com um alinhamento em que recupera os êxitos pop rock que protagonizou há trinta anos.

Lena d'Água, uma das primeiras vocalistas de uma banda rock em Portugal - com os Beatnicks, nos anos 1970 -, tocará no Hipódromo de Cascais com os Rock’n’Roll Station, devendo interpretar temas como "Perto de ti", "Robot" e "No fundo dos teus ollhos de água".

Além da cantora portuguesa, o festival ERP Remember Cascais contará, na sexta-feira, com a britânica Kim Wilde, hoje com 53 anos, e que fez sucesso nos anos 1980 sobretudo com o primeiro single, "Kids in America", e com o inglês Rick Astley, autor do êxito "Never gonna give you up" e que recuperou a carreira na música na viragem do milénio.

O festival, que tem apenas dois dias de duração, contará no sábado com as Bananarama, com o cantor Billy Ocean e com um tributo ao músico Barry White.

As Bananarama são hoje um duo, mas já foram um trio de sucesso entre os grupos compostos apenas por mulheres, intérpretes de temas como "Venus" e "Cruel Summer".

O cantor britânico Billy Ocean, de influência soul, funk e pop, ficou conhecido por cantar "Get out of my dreams, get into my car", "When the going gets tough, the tough get going", "Suddendly" e "Caribbean Queen".

O músico norte-americano Barry White, produtor, músico, fundador da The Love Unlimited Orchestra e que morreu em 2003, será recordado com um concerto com êxitos como "Can’t get enough of your love, babe" e "You’re the first, the last, my everything".

As duas primeiras edições do festival contaram com cerca de 20.000 espetadores.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 20:44 | link do post | comentar

sexta 13 Junho, 22h00 – Cineteatro Alba, ALBERGARIA-A-VELHA
sábado 14 Junho, 22h00 - Centro das Artes do Espectáculo de SEVER DO VOUGA
YVES LAMBERT TRIO (Québec, Canadá)


Info bilhetes / reservas: http://www.festim.pt/2014/publico/

 

YVES LAMBERT TRIO (Québec, Canadá)

 

 

 

 



Chega ao Festim com a sua inigualável figura e no máximo apuro da sua linguagem musical, acompanhado ao bandolim, ao violino e à inevitável percussão com os pés. Yves Lambert é um ‘bon vivant’ nas rédeas de um harmónio, de onde parecem sair mais notas do que a singeleza do instrumento permitiria. Yves é um dos maiores responsáveis, senão o principal, da pujança da música tradicional do Québec. Carisma, maturidade, virtuosismo e celebração, tudo isto é Yves Lambert. E este seu trio, uma respiração de frescura e alegria das raízes do empolgante folk do Québec!

http://www.festim.pt/
Richard Galliano (França) * Yves Lambert (Québec, Canadá)     
Bollywood Masala Orchestra (Índia) * Coetus (Espanha)
Fanfare Ciocarlia (Roménia) * The Skatalites (Jamaica)
Mehdi Nassouli (Marrocos)

6 Junho a 25 Julho 2014 |  6ª edição
ÁGUEDA * ALBERGARIA-A-VELHA * SEVER DO VOUGA
OVAR * ESTARREJA * OLIVEIRA DO BAIRRO


http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC

 



publicado por olhar para o mundo às 12:40 | link do post | comentar

Terça-feira, 10.06.14

BB BLUES FEST 2014 | FÓRUM CULTURAL JOSÉ MANUEL FIGUEIREDO   20 A 28 DE JUNHO

 

BB BLUES FEST 2014 | FÓRUM CULTURAL JOSÉ MANUEL FIGUEIREDO

 

20 A 28 DE JUNHO

 

A III Edição do BB Blues Fest traz-nos o que de melhor a nova geração do blues produz. 

 

Com um cartaz reforçado e variado, entre o novo blues inglês, espanhol e naturalmente português. Entre eles a banda europeia do momento A Contra Blues, vencedores do European Blues Challenge; a inglesa  Chantel Mcgregor nomeada este ano novamente para “Guittarist of the Year”; Paul Lamb reconhecido pelos entusiastas de blues e pela imprensa musical como um dos expoentes máximos da harmónica a nível mundial, já com lugar garantido na história do blues; os portugueses Budda Power Blues, o power trio mais importante do panorama nacional, entre muitos outros.

 

São 7 dias de programação, com concertos em auditório, no café-concerto, palco exterior, workshops, exposição, espectáculo infanto-juvenil e meet & great com os principais músicos:

 

 

CARTAZ FECHADO

 

20 JUNHO

15:00 | Gerajazz (PT) | Auditório FCJMF

21:00 | Dj’s Clube de Blues | Café Concerto FCJMF

22:00 |Jean Paul Rena (HOL) | Café Concerto FCJMF

23:00 | Dj’s Clube de Blues | Café Concerto FCJMF

 

21 JUNHO

21:30 |Chantel McGregor (UK) | Auditório FCJMF

23:00 | Li’l Twister (PT) | Café Concerto FCJMF

00:00 | Dj’s Clube de Blues | Café Concerto FCJMF

 

22 JUNHO

15:00 | Dj´s Clube de Blues | Parque José Afonso

16:00 | Blues Picnic | Parque José Afonso

19:00 | Dj’s Clube de Blues | Parque José Afonso

 

24 JUNHO

16:00 | Workshop | CEA (Vale da Amoreira)

 

25 JUNHO

21:30 | Dj’s Clube de Blues | Café Concerto FCJMF

22:00 | The Yellow Dog Blues Band (PT) | Café Concerto FCJMF

00:00 | Dj’s Clube de Blues | Café Concerto FCJMF

 

27 JUNHO

21:00 | Dj´s Clube de Blues | Palco Exterior

21:30 | The Ramblers (PT) | Palco Exterior

23:00 | Budda Power Blues (PT) | Palco Exterior

00:00 | Dj´s Clube de Blues | Palco Exterior

 

28 JUNHO

16:00 | Dj’s Clube de Bues | Palco Exterior

17:00 | Stonebones and Bad Spaghetti (PT) | Palco Exterior

18:00 | Nobody’s Bizness (PT) | Palco Exterior

19:00 | Mingo and The Blues Intruders (ESP) | Palco Exterior

21:30 | A Contra Blues (ESP) | Auditório FCJMF

23:00 | Paul Lamb (UK) | Auditório FCJMF

 

O BB Blues Fest é organizado pela Associação BB Blues Portugal em parceria com a CMM e UFBBVA

 

Bilhetes já à venda em:  www.bbbluesfest.com.pt

(Todos os espectáculos são gratuitos à excepção)

Paul Lamb + A Contra Blues : 10 €

Chantel Mcgregor + Li’l Twister: 6€

Jean Paul Rena : 3€

The Yellow Blues Band : 3€



publicado por olhar para o mundo às 12:56 | link do post | comentar

Domingo, 01.06.14

Linda Martini e Black Bombaim confirmados no Festival Urbano de Música de Setúbal

A presença dos Black Bombaim e o regresso dos Linda Martini constituem a principal novidade da quinta edição do Festival Urbano de Música e Outras Coisas (FUMO), de 15 a 28 de junho, em Setúbal, anunciou hoje a organização.

 

A banda de Barcelos esteve para marcar presença em anteriores edições do festival, mas só este ano se estreia na cidade de Setúbal, no dia 27 de junho, pelas 21:30, no renovado Quartel do 11, um espaço que também é utilizado pela primeira vez para este tipo de concertos musicais.

 

Organizado pela Experimentáculo, associação cultural sem fins lucrativos, o festival tem um orçamento global de 15.000 euros, nos quais se inclui um apoio de 1.500 euros da Câmara de Setúbal, que também garante o apoio logístico.

 

Segundo Pedro Soares, da Experimentáculo, "tendo como referência o que se passou nas anteriores edições, o festival deste ano deverá ter cerca de 3.000 espetadores".

 

Na conferência de imprensa realizada na Casa da Cultura, o vereador da Cultura da Câmara de Setúbal, Pedro Pina, salientou a importância deste tipo de eventos, no âmbito de uma estratégia da autarquia para diversificar a oferta cultural no concelho.

 

"Trata-se de um festival que já vai sendo uma referência na região, atraindo público dos concelhos vizinhos e até de fora da Península de Setúbal", acrescentou o autarca setubalense.

 

Além da presença dos Black Bombaim, estão previstos os regressos dos Linda Martini, Noiserv e Nobodys Bizness, estes últimos com atuação prevista para 15 de junho, às 17:00, na Casa da Cultura, na abertura do FUMO 2014.

 

No dia 20 de junho, à noite, terá lugar um espetáculo com os Noiserv e Tio Rex & Hell Hound Banjo Duel, a partir das 21:30, no Auditório Municipal Charlot.

 

Os Tio Rex darão um concerto exclusivo no FUMO, ao lado de Hell Hound, apenas com banjos.

 

A banda Ash is a Robot, que também vai marcar presença no Fórum Luísa Todi, no dia 27 de junho, depois da atuação dos Black Bombaim e dos espanhóis Trono de Sangre, terá para oferecer um álbum de edição limitada, apenas disponível no festival.

 

Do programa desta quinta edição do FUMO faz ainda parte um espetáculo de Celina Piedade, no Museu do Trabalho, a partir das 21:30 do dia 21 de junho.

 

O festival termina dia 28 de junho, com um concerto dos Linda Martini, no Fórum Luísa Todi.

 

As entradas para os diferentes espetáculos custam entre os três e os dez euros, mas este ano a organização promete também disponibilizar uma "passe" válido para todos os concertos, com o preço único de 25 euros.



publicado por olhar para o mundo às 21:42 | link do post | comentar

Sábado, 31.05.14

Paradise Lost completam cartaz do Vagos Open Air

Os Paradise Lost são a derradeira confirmação no cartaz da VI edição dol Vagos Open Air e atuam no fetival a 10 de agosto.

 

Ao lado dos Anathema e My Dying Bride, os Paradise Lost ajudaram a estabelecer as estruturas para o doom/death britânico na viragem dos anos 80 para os 90 e, com o marcante “Gothic”, tema-título do segundo disco da banda de Halifax, acabaram por servir de inspiração à tendência do metal gótico, dando origem a todo um sub-género que, mais de duas décadas depois, continua a encantar plateias pelo mundo fora.

 

Nick Holmes, Gregor Mackintosh, Aaron Aedy e Steve Edmonson nunca pareceram, no entanto, interessados em estagnar e, enquanto os clones se iam acumulando à sua volta, a banda britânica continuou a expandir a sua sonoridade até atingir patamares que ninguém se teria atrevido a vaticinar, quando lançaram a estreia “Lost Paradise”, em 1990. Ao quarto álbum, o clássico “Icon”, de 1993, começaram a crescer e, apoiados em “Draconian Times”, editado dois anos depois, atingiram um patamar de sucesso sem precedentes, transformando-se numa das mais bem sucedidas bandas da sua geração. A partir daí têm estado em constante viagem por uma montanha-russa que não parece ter fim, com todos os altos e baixos que uma experiência deste género implica. Depois de ter assinado o seu maior sucesso comercial, o grupo sentiu-se encurralado e deu um passo ao lado, explorando uma vertente mais eletrónica. A sequência formada por “One Second”, “Host” e “Believe In Nothing” dividiu a base de fãs, mas conseguiu torná-la simultaneamente mais abrangente e diversificada. Feitas as pazes com o passado, o quinteto ensaiou então um regresso ao ambiente sorumbático de que nasceu, em 1988. “Symbol Of Life” deu início ao processo, com “Paradise Lost”, “In Requiem”, “Faith Divides Us – Death Unites Us” e “Tragic Idol”, de 2005, 2007, 2009 e 2012, respetivamente, a mergulharem cada vez mais fundo nesse poço de escuridão.

 

Apoiado numa formação invulgarmente sólida – só houve mudanças ao nível da bateria, contando agora com Adrian Erlandsson, também dos At The Gates e The Haunted, atrás do kit –, o coletivo britânico soube como não se transformar numa paródia dele próprio e, entre reinvenções e saltos de fé, manteve estoicamente a sua posição como um baluarte da música pesada pintada em tons de cinzento.

 

Os Paradise Lost juntam-se, no cartaz do evento, a nomes como Kreator, Opeth, Gojira, Epica, Annihilator, Soilwork, Behemoth, Sylosis, The Haunted, Angelus Apatrida, Vita Imana, Kandia, Requiem Laus, Gates Of Hell, The Quartet Of Woah! e Murk, entre outros.

 

O Vagos Open Air regressa à Quinta do Ega, em Vagos, entre os dias 8 e 10 de agosto. Os bilhetes para o festival já estão à venda nos locais habituais e custam entre €25 (bilhete diário, 10 de agosto), €32 (bilhete diário, 8 e 9 de agosto) e €65 (passe três dias).

 

retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:41 | link do post | comentar

Terça-feira, 27.05.14

Depois dos grupos, é a vez dos Espaços de música ao vivo aderirem à rede.


OuTonalidades 2014 já em fase adiantada de programação!

Outonalidades


Passado o período de inscrição de grupos, que este ano totalizou 226 candidaturas, o “OuTonalidades - circuito português de música ao vivo” convoca a adesão dos Espaços de toda a geografia nacional que queiram acolher os concertos desta 18ª edição, a realizar-se de 20 de Setembro a 20 de Dezembro. A fase de programação já se encontra a decorrer.

De uma enorme variedade de estilos musicais, os grupos inscritos foram avaliados por um distinto leque de Conselheiros, conhecedores do panorama musical português: António Pires (Blitz), Mário Lopes (Público), João Nuno Silva (A Certeza da Música), Luís Rei (Crónicas da Terra) e Fausto Silva (Rádio Universidade de Coimbra). Este processo resultou numa selecção restrita de 99 grupos, entretanto já disponibilizada aos Espaços de música ao vivo que pretendam integrar a 18ª edição, cujo período de adesão decorre agora no portal da d'Orfeu.

Além da esmagadora maioria de grupos de origem nacional, a edição deste ano assinala o fomento do intercâmbio com grupos estrangeiros que se comprometem a organizar e acolher concertos de grupos portugueses nos seus países. O elevado número de inscrições continua a posicionar o OuTonalidades como uma referência e oportunidade única de circulação artística durante o Outono em Portugal.

Todas as novidades do OuTonalidades podem ser acompanhadas nas ligações http://www.dorfeu.pt/outonalidades e emhttp://www.facebook.com/outonalidades.dorfeu/.


LINK PARA REGISTO DE ADESÃO E PROCESSO DE PROGRAMAÇÃO:
http://www.dorfeu.pt/outonalidades

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 12:08 | link do post | comentar

Domingo, 25.05.14

NOS Primavera Sound: horários das atuações já disponíveis

Já são conhecidos os horários das atuações que integram a edição 2014 do Optimus Primavera Sound, agora NOS Primavera Sound.

 

Recorde-se que pelo evento, que regressa ao Parque da Cidade, no Porto, vão passar, entre os dias 5 e 7 de junho, nomes como Caetano Veloso, Rodrigo Amarante, Kendrick Lamar, Warpaint, Pixies, Slowdive, The National, Neutral Milk Hotel, St. Vincent, You Can’t Win, Charlie Brown, entre muitos outros.

 

Note-se ainda que a Casa da Música se associou ao festival com uma pre-party, a decorrer no dia 4 de junho, quarta-feira. A programação conta com as atuações de Mr. Mitsuhirato, DJ e produtor da Discotexas; de DJ Fra, um dos DJs mais respeitados de Barcelona; e de Rui Maia, membro dos X-Wife e mentor do projeto Mirror People.

 

A festa tem início às 23h00 e a entrada é livre.

 

Consulte os horários das atuações do NOS Primavera Sound, aqui.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:07 | link do post | comentar

MEO Sudoeste anuncia programação do Moche Room para 7 e 8 de agosto

Os Orelha Negra estão entre as mais recentes confirmações no cartaz do MEO Sudoeste.

 

Sam The Kid, DJ Cruzfader, Fred Ferreira, Francisco Rebelo e João Gomes vão assumir, a 7 de agosto, a curadoria da “área reservada para o melhor da música de dança” – o Moche Room -, onde vão atuar, além dos próprios, os Dealema, Octa Push, DJ Riot, Dillaz, Xeg e Grognation.

 

O mesmo espaço vai receber, a 8 de agosto, Oliver Ingrosso, John Steven e Dentinho, que se juntam ao anteriormente confirmado Nelson Freitas.

A 18ª edição do MEO Sudoeste regressa à Herdade da Casa Branca, na Zambujeira do Mar, entre os dias 6 e 10 de agosto.

 

Consulte o cartaz provisório do MEO Sudoeste:

 

6 de agosto / Noite de Receção ao Campista:

 

Palco MEO - Dimitri Vegas & Like Mike, Martin Garrix, Jay Hardway, Pedro Cazanova

 

Dia 7 de agosto

 

Palco MEO – Hardwell, Ellie Goulding, John Newman, Tom Odell, Miguel Araújo

 

Moche Room – Curadoria Orelha Negra: Orelha Negra, GROGNation, Dillaz, XEG, Dealema, Octa Push DJ Set, DJ Riot

 

Dia 8 agosto

 

Palco MEO – Sebastian Ingrosso, Gentleman, 5-30, O Rappa, B4

 

Moche Room – Olivier Ingrosso, John Steven, Nelson Freitas, Dentinho

 

Dia 9 de agosto

 

Palco MEO – Alesso, Seu Jorge, Jamie Cullum, Selah Sue, Yuri da Cunha

 

Dia 10 de agosto / Dia D

 

Palco MEO – David Guetta, Example, Benny Benassi, Kura, Karetus, Djeff Afrozila

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:49 | link do post | comentar

Sábado, 24.05.14

Câmara de Barcelos garante Festival Milhões de Festa até 2017

A Câmara de Barcelos aprovou hoje a renovação do protocolo com a empresa promotora do Festival Milhões de Festa para a realização do evento entre 2014 e 2017, que custará aos cofres do município até 72.500 euros anuais.

 

Este ano, o festival vai realizar-se de 24 a 28 de julho, estando prevista para breve a apresentação formal do programa completo.

 

Além da comparticipação financeira, o município assegura também os custos inerentes à logística do evento, entre outras obrigações, e recebe o valor auferido na bilheteira, merchandising, patrocínios e outros.

 

Por sua vez, a empresa Lovers & Lollypops coordena a execução do festival, assume metade dos custos caso o resultado líquido seja negativo, dá de penhor a marca Milhões de Festa como garantia do cumprimento das suas obrigações, recebe as verbas de exploração dos bares e a totalidade do resultado líquido do festival, caso seja positivo.

 

Em 2013, marcaram presença no festival 65 bandas, 12 das quais de Barcelos, que atuaram em quatro palcos, três deles instalados na margem direita do rio Cávado e o outro junto às piscinas exteriores do município.

 

O campismo com segurança 24 horas por dia, as atuações de grupos pelas ruas e parques da cidade e a localização são fatores que, segundo a Câmara, “fazem a singularidade minhota de um festival cada vez mais internacional”.

 

A primeira edição teve lugar em 2010, tendo entretanto o Milhões de Festa, e ainda o município, já sido considerado “por duas vezes, pelo público e pela crítica, como o melhor festival europeu de pequena dimensão”.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:45 | link do post | comentar

6 municípios vizinhos, 7 grandes nomes das músicas do mundo, 16 concertos


Richard Galliano abre, a 6 de Junho, a 6ª edição do Festim!

 

 

Festim aquece motores para a melhor edição de sempre!


O acordeonista Richard Galliano abre o Festim a 6 de Junho, em Águeda.


De 6 de Junho a 25 de Julho, Richard Galliano (França), Yves Lambert (Canadá), Bollywood Masala Orchestra (Índia), Coetus (Espanha), Fanfare Ciocarlia (Roménia), The Skatalites (Jamaica) e Mehdi Nassouli (Marrocos) passam pelos municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja e Oliveira do Bairro, num total de 16 concertos em rede, no incomparável cartaz da 6ª edição do Festim - festival intermunicipal de músicas do mundo.

O Festim tem a honra de abrir a sua 6ª edição com Richard Galliano, num concerto único no Espaço d'Orfeu, em Águeda, no dia 6 de Junho. O acordeonista francês teve o mérito universal de abordar linguagens musicais pouco usuais para o acordeão, nomeadamente o jazz e a música clássica. No Festim, levar-nos-á por uma viagem musical à chanson française, à musette e também ao tango, género que tão intimamente partilhou com Piazzolla.
Ao longo dos seguintes fins-de-semana, num mínimo de dois concertos por grupo, a programação do Festim 2014 distribui-se pelas salas da região, como o Cineteatro Alba (Albergaria-a-Velha), o Centro das Artes e do Espectáculo de Sever do Vouga, o Cine-Teatro de Estarreja e o Quartel das Artes Dr. Alípio Sol (Oliveira do Bairro), bem como espaços ao ar livre: Parque Urbano (Sever do Vouga), Largo 1º de Maio (Águeda), Praça da República (Ovar) e Praia de Esmoriz (Ovar).

Com um singular modelo de programação em rede, numa parceria intermunicipal que envolve os Municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja e Oliveira do Bairro, juntamente com o apoio oficial da Secretaria de Estado da Cultura / Direcção-Geral das Artes, o reconhecimento desta iniciativa da d'Orfeu Associação Cultural consolida-se cada vez mais como uma imagem de marca da região, tanto pela programação ímpar de artistas de projecção internacional, como pela crescente conquista e fidelização de públicos oriundos de diversas zonas do país. Igualmente a nível internacional, o Festim assume a sua marca, sendo o único membro português da rede europeia “European Forum of Worldwide Music Festivals”,

Toda a programação do Festim 2014 encontra-se disponível em http://www.festim.pt/, sítio oficial do festival. De 6 de Junho a 25 de Julho, é tempo de um grande Festim!


http://www.festim.pt/
http://www.facebook.com/dorfeu.festim

6 Junho a 25 Julho 2014  |  6ª edição
ÁGUEDA * ALBERGARIA-A-VELHA * SEVER DO VOUGA
OVAR * ESTARREJA * OLIVEIRA DO BAIRRO

Richard Galliano (França)
Yves Lambert (Québec, Canadá)     
Bollywood Masala Orchestra (Índia)
Coetus (Espanha)
Fanfare Ciocarlia (Roménia)
The Skatalites (Jamaica)
Mehdi Nassouli (Marrocos)


http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



d’Orfeu Associação Cultural
Instituição Cultural de Utilidade Pública  |  Estatuto de Interesse Cultural  | Medalha de Mérito Cultural



publicado por olhar para o mundo às 12:34 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21.05.14

Gisela João e Jorge Fernando entre as novas confirmações do Festival Caixa Alfama

Gisela João e Jorge Fernando estão entre as mais recentes confirmações no cartaz do Festival Caixa Alfama’14.

 

Além destes, foram também agora confirmados no certame, que apresenta 40 fadistas em dez espaços no coração de Alfama, nos dias 19 e 20 de setembro, Anita Guerreiro, Maria da Nazaré, Cláudia Picado e Carmo Moniz Pereira.

 

Estes nomes juntam-se aos anteriormente anunciados Ana Bacalhau, Ana Moura & António Zambujo, Pedro Moutinho, Ricardo Ribeiro, Sara Correia, Urbanos (19 de julho) e Carminho, Katia Guerreiro, Tributo a Fernando Maurício, Urbanas (20 de julho).

 

O bilhete único para o certame, que se divide entre dez espaços no coração de Alfama - Palco Caixa, Museu do Fado (Auditório e Restaurante), Largo das Alcaçarias, Igreja de São Miguel, Sociedade Boa União, Fonte do Poeta, Grupo Sportivo Adicense, Centro Cultural Dr. Magalhães Lima e Igreja de Santo Estevão -, custa €35 e está à venda nos locais habituais. O mesmo deverá ser trocado por pulseira (pulseira essa que dará acesso a todos os espaços do festival, até ao limite de lotação de cada um) nas bilheteiras do festival sediadas no Museu do fado, a partir do dia 18 de setembro.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

Sábado, 17.05.14

30º FESTIVAL DO CRATO | ALOE BLACC E INNER CIRCLE | SÃO AS NOVAS CONFIRMAÇÕES

 

O cartaz da 30ª edição do Festival do Crato, que decorre entre os dias 27 e 30 de Agosto, promete ser um dos mais aliciantes e abrangentes de sempre. Aloe Blacc e Inner Circlesão os nomes que se vêm juntar aos dois já avançados anteriormente: Gisela João eNatiruts.

 

“I Need a Dollar”, “The Man” ou “Wake Me Up” são três dos popularíssimos sucessos que ocantor, compositor, rapper e músico americano Aloe Blacc apresenta como cartão de visita. Se com “I Need a Dollar” Aloe Blacc se tornou mundialmente conhecido, com “The Man” atinge o top 10 da tabela Digital Songs da revista Billboard. Mas é com “Wake Me Up” que o artista vende mais de 2.867.000 cópias nos Estados Unidos da América, e decide usar a sua crescente popularidade para promover mudanças sociais, ao mesmo tempo que continua a introduzir na sua música um otimismo consciente.

 

Em Lift Your Spirit, o seu mais recente álbum, Aloe Blacc revela tanto a sua ousadia musical como uma graciosa subtileza, aprofundando uma fusão de folksoul e pop. A sua música revela, no fundo, as sonoridades que o foram marcando ao longo da vida, desde ojazz à folk, da música brasileira à pop, não esquecendo o hip-hop de Public Enemy, The Pharcyde e De La Soul, a soul de Donny Hathaway e Marvin Gaye, e o folk-rock de Joni Mitchell e James Taylor.

 

O grupo jamaicano Inner Circle quase dispensa apresentações se se referir que provavelmente o seu tema mais popular em Portugal se intitula “Sweat (A La La La La Long)”, que fez furor em 1993. Mas são muitos os sucessos desta respeitada banda dereggae criada em 1968.

 

 

A marca especial dos Inner Circle, as batidas jamaicanas orientadas para a pop, e as suas enérgicas atuações permitiram à banda transcender o nicho de reggae tradicional. A prova disso é o facto de a banda ser convidada para tocar nos maiores festivais de música ao lado de estrelas do rock como Elton John, Peter Gabriel, Van Morrison, Sinead O'Conner, The Black Crowes, Jimmy Page, Robert Plant, Carlos Santana e muitos outros.

 

Depois de ganhar um Grammy em 1993, pelo Melhor Álbum Reggae com Bad Boys, em 1994 a banda deu novamente nas vistas com o álbum Reggae Dancer, que foi nomeado para o Grammy de Melhor Álbum Reggae. Esse disco contou com o alegre “Summer Jammin”, que integrou a banda sonora do filme Beverly Hills Cop III, com Eddie Murphy. Paralelamente, o tema “Bad Boys” volta a ser um sucesso quando integra o filme com o mesmo nome, protagonizado por Will Smith e Martin Lawrence.

 

Aloe Blacc, Inner Circle, Gisela João e Natiruts são as apostas reveladas até ao momento para tornar a 30ª edição do Festival do Crato um evento único e dedicado a vários públicos e gostos musicais.

 

 

Cartaz 2014 ( a revelar na íntegra ao longo das próximas semanas)



publicado por olhar para o mundo às 12:03 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15.05.14

Festival de Música para todos na «vila mágica» de Marvão

O Festival Internacional de Música de Marvão, que se realiza em finais de julho naquela vila alto-alentejana, é um certame “de alta qualidade musical destinado a todos, numa vila mágica”, afirmou o seu diretor artístico, Christoph Poppen.

 

Em declarações à Lusa, o maestro e violinista disse que “o festival é um projeto de futuro, cuja programação será tão eclética quanto possível, nunca descurando um elevado nível de exigência artística”.

 

A primeira edição realiza-se de 25 a 27 de julho próximo, e a programação conta “essencialmente com compositores como Mozart, Bach, Mendelssohn, Strauss, Brahms, Verdi e Puccini”, afirmou.

 

O maestro disse à Lusa que tem “uma visão bastante alargada, em termos musicais, para as próximas edições”, nas quais conta programar concertos de música contemporânea, fado, jazz e cante alentejano.

 

Já na edição deste ano - realçou Christoph Poppen - está previsto um concerto de guitarra portuguesa, pelo Ricardo Gordo Trio, que recentemente editou o álbum “Mar Deserto”.

 

Os concertos do Festival acontecerão no castelo medieval e nas igrejas da vila e, do programa - disponível em www.marvaomusic.com/concertos - fazem parte, além do Ricardo Gordo Trio, a Orquestra Gulbenkian, que será dirigida por Christoph Poppen, em dois concertos, a violinista alemã Veronika Eberle, o clarinetista Jörg Widmann e a soprano Juliane Banse.

 

O projeto de guitarra, voz e percussão Felix Maria Woschek & Paulo Santos, o conjunto de flautas paleolíticas Susanne Schietzel-Mittelstral e o sul-coreano Novus String Quartet são outras formações anunciadas para a primeira edição do festival.

 

Christoph Poppen, que tem uma residência em Marvão, considera a vila “ideal para acolher este tipo de eventos, pois a beleza natural irá atrair público, e não só de Portugal, como da Espanha, que fica mesmo do outro lado”. Trata-se de "um local incrível que é o cenário ideal para um festival clássico, que imaginei quando há alguns anos visitei a região, como turista”, contou à Lusa.

 

Segundo o maestro a “magia de Marvão” e uma "programação de elevada qualidade" são a “chave” para atrair público.

 

O violinista defendeu um “trabalho em conjunto” com outras iniciativas idênticas, designadamente o Festival Terras Sem Sombra, organizado pela diocese de Beja, e alvitrou a possibilidade de “uma coordenação geral mais efetiva com todo o Alentejo, a pensar na internacionalização”.

 

Christoph Poppen auspiciou um “grande futuro” para o Festival de Marvão que “não deve depender de questões políticas”, nomeadamente alterações de poder na Câmara, mas advertiu que “não pode acontecer sem apoio internacional”, apesar de considerar “que todos querem apoiar o Festival e que, se é importante o apoio público, há que atrair e contar com o dos privados”.

 

Fonte da organização do Festival disse à Lusa que o orçamento “ronda os 60.000 euros”, tendo destacado o “forte apoio mecenático de duas fundações alemãs”, a Anja Fichte Stiftung e Interkulturelle Friendsstiftung.

 

Christoph Poppen, de 56 anos, recebeu em 2010 o Prémio Saarland de Artes, dirigiu até 2011 a Orquestra Sinfónica da Rádio Alemã e dirige regularmente orquestras sinfónicas de referência, como as de Berlim e de Viena, de Baden-Baden e a da Rádio Holandesa.

 

O maestro e violinista alemão, fundador do Quarteto Cherubini, no final da década de 1970, trabalhou com formações como a Capela Estatal de Desden, a Camerata de Salzburg, a Orchestra dei Pomeriggi Musicali de Milão, a Haydn Orchestra, as Sinfónicas da RTVE, de Singapura, Nacional da Estónia, de Indianapolis e de Frankfurt.

 

Em 2012 dirigiu, de Mozart, “A Flauta Mágica”, em Frankfurt, e o “Rapto do Serralho”, em Essen, também na Alemanha, assim como várias outras produções operáticas do compositor de Salzburgo, em Innsbruck, na Áustria.

 

Christoph Poppen tem uma discografia extensa, que vai do repertório pré-romântico ao contemporâneo, compreendendo, entre outros, obras de Sofia Gubaidulina, Karl Amadeus Hartmann, Giacinto Scelsi, Mozart e Schubert.

 

Com o Hilliard Ensemble, no disco "Morimur", Poppen contextualiza a segunda Partita para violino Solo de Bach, com a obra coral do compositor, de acordo com a investigação musicológica da época.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 15:35 | link do post | comentar

Terça-feira, 13.05.14

BB Blues Fest

 

BB BLUES FEST 2014 | FÓRUM CULTURAL JOSÉ MANUEL FIGUEIREDO

20 A 28 DE JUNHO

 

 

A III Edição do BB Blues Fest, traz-nos o que de melhor a nova geração do blues produz. 


Com um cartaz reforçado e variado, entre o novo blues americano, inglês, espanhol e naturalmente português: Little G Weevil, Chantel Mcgregor, A Contra Blues, Budda Power Blues, Mingo and the Blues Intruders, The Ramblers, Nobody Bizness, entre outros.

 

São 7 dias de programação, com concertos em auditório, no café-concerto, palco exterior, workshops, exposição, espectáculo infanto-juvenil e meet & great com os principais músicos:

 

20 JUNHO | Gerajazz | Jean Paul Rena

21 JUNHO | Chantel McGregor |  Li’l Twister

25 JUNHO | The Yellow Dog Blues Band

27 JUNHO |  The Ramblers | Budda Power Blues

28 JUNHO | Stonebones and Bad Spaghetti | Nobody’s Bizness | Mingo and The Blues Intruders|

A Contra Blues |Little G Weevil

 

O BB Blues Fest é organizado pela Associação BB Blues Portugal em parceria com a CMM e UFBBVA

 

Bilhetes já à venda em:  www.bbbluesfest.com.pt

(Todos os espectáculos são gratuitos à excepção)

Little G Weevil + A Contra Blues : 10 €

Chantel Mcgregor + Li’l Twister: 6€

Jean Paul Rena : 3€

The Yellow Blues Band : 3€



publicado por olhar para o mundo às 12:50 | link do post | comentar

Domingo, 11.05.14

Pharmakon no Amplifest 2014

Pharmakon estreia-se nos palcos portuenses em outubro, como parte do cartaz do Amplifest.

 

Depois de ter cancelado a sua passagem pela edição do ano passado, por motivos de saúde, Margaret Chardiet passa pelo festival, “para impor o noise de ‘Abandon’”.

 

Pharmakon junta-se, no cartaz do festival, que regressa nos dias 4 e 5 de outubro, aos já confirmados Swans.

 

Mais informações sobre o cartaz, os bilhetes e o festival serão anunciadas em breve.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:46 | link do post | comentar

Quinta-feira, 08.05.14

Municípios e d’Orfeu anunciaram hoje, em Oliveira do Bairro, o cartaz completo da 6ª edição


Programa do Festim 2014 apresentado!

http://www.festim.pt/


6 Junho a 25 Julho 2014 |  6ª edição

Festim

OS 7 NOMES DA 6ª EDIÇÃO
Richard Galliano (França)
Yves Lambert (Québec, Canadá)
Bollywood Masala Orchestra (Índia)
Coetus (Espanha)
Fanfare Ciocarlia (Roménia)
The Skatalites (Jamaica)
Mehdi Nassouli (Marrocos)

O cartaz completo da 6ª edição do Festim - festival intermunicipal de músicas do mundo foi hoje apresentado no Quartel das Artes Dr. Alípio Sol, em Oliveira do Bairro, numa Conferência de Imprensa conjunta com os seis Municípios parceiros. De 6 de Junho a 25 de Julho, a edição deste ano estende-se por um total de 16 concertos em rede e quer surpreender, mais uma vez, o público da região e do país, com a vinda a Portugal de sete grandes nomes da world music. A garantia de excelência e diversidade musical fica, mais uma vez, assegurada por um festival que se distingue pelo seu singular modelo de programação e descentralização cultural.

A apresentação contou com as intervenções de Elsa Pires (CM Oliveira do Bairro), Elsa Corga (CM Águeda), Ana Maria Silva (CM Albergaria-a-Velha), Almeida e Costa (CM Sever do Vouga), Alexandre Rosas (CM Ovar), João Alegria (CM Estarreja) - autarcas dos Municípios parceiros - e do programador do festival, Luís Fernandes (d'Orfeu Associação Cultural). Palco de geografias fascinantes e improváveis descobertas, o Festim oferece os encantos de toda uma região ao público que assistir aos concertos de Richard Galliano (França), Yves Lambert (Québec, Canadá), Bollywood Masala Orchestra (Índia), Coetus (Espanha), Fanfare Ciocarlia (Roménia), The Skatalites (Jamaica) e Mehdi Nassouli (Marrocos).

Único festival português a integrar a rede europeia “European Forum of Worldwide Music Festivals”, o Festim acontece, de novo, a partir de 6 de Junho!

todo o programa está no sítio oficial
http://www.festim.pt/
http://www.facebook.com/dorfeu.festim

programa em versão digital
http://www.festim.pt/site/assets/files/1031/libretofestim2014_issuu.pdf



publicado por olhar para o mundo às 12:34 | link do post | comentar

Terça-feira, 06.05.14

BB BLUES FEST |  III EDIÇÃO 20 A 28 JUNHO | PRIMEIROS NOMES CONFIRMADOS

 

 

BB BLUES FEST 2014 | FÓRUM CULTURAL JOSÉ MANUEL FIGUEIREDO

 

Primeiros nomes confirmados

 

Little G Weevil |  Chantel Mcgregor | A Contra Blues

 

Little G Weevil ( USA)

Vencedor do International Blues Challenge de 2013, como melhor artista solo e guitarrista solo e nomeado para os Blues Music Awards de 2014 como melhor artista acústico

 

Chantel Mcgregor ( UK)

Vencedora nos British Blues Awards de 2013 nas categorias de "Guitarist of the Year" e "Female Vocalist of the Year“. Antes já tinha vencido os prémios de "young Artist of the Year" e "Female Vocalist of the Year" nos British Blues Awards de 2011 e 2012. Este ano está novamente nomeada para “Guitarrist of the Year”

 

A Contra Blues (ESP)

A banda espanhola do momento. Vencedores do European Blues Challenge. Vencedores de vários prémios em Espanha desde 2009.

 

 

A III Edição do BB Blues Fest, traz-nos o que de melhor a nova geração do blues produz. 


Com um cartaz reforçado e variado, entre o novo blues americano, inglês, espanhol e naturalmente português.

 

São 7 dias de programação, com concertos em auditório, no café-concerto, concertos exteriores, workshops, exposição, espectáculo infanto-juvenil e meet & great com os principais músicos.

 

O BB Blues Fest é organizado pela Associação BB Blues Portugal em parceria com a CMM e UFBBVA.

 

 

Cartaz completo a anunciar em breve!

 

www.bbbluesfest.com.pt

 



publicado por olhar para o mundo às 12:51 | link do post | comentar

Sexta-feira, 02.05.14

Frankie Chavez

 

Frankie Chavez e Capicua estão entre as mais recentes confirmações no cartaz do Super Bock Super Rock.

Ambos têm atuação agendada para o Palco Antena 3, que irá receber também as performances dos Ciclo Preparatório, Batida, NBC e Keep Razors Sharp.

 

Frankie Chavez e os Ciclo Preparatório atuam a 17 de julho. No dia seguinte, o espaço recebe Capicua,  nome maior do hip hop nacional feito no feminino, e os Keep Razors Sharp, constituídos por Afonso (Sean Riley & The Slowriders), Rai (The Poppers), Bráulio e Bibi (Riding Pânico, Pernas de Alicate). Pelo último dia do festival passam, por sua vez, Batida, projeto de Pedro Coquenão, e NBC.

 

A edição 2014 do SBSR regressa à Herdade do Cabeço da Flauta, em Sesimbra, entre os dias 17 e 19 de julho.

 

Confere os nomes já confirmados para o Super Bock Super Rock 2014:

 

Dia 17
Massive Attack
Disclosure (Live)
Tame Impala
Metronomy
Jake Bugg
Panda Bear
Erlend Øye
Vintage Trouble
The Cat Empire
Frankie Chavez
Ciclo Preparatório

Dia 18
Eddie Vedder
The Legendary Tigerman
Cat Power
Woodkid
Cults
Capicua
Keep Razors Sharp

Dia 19
Kasabian
Foals
The Kills
Albert Hammond Jr.
C2C
Dead Combo
SKATERS
Batida
NBC

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:22 | link do post | comentar

Sexta-feira, 18.04.14

Além de sábado e domingo non-stop, 6ª edição vai começar na sexta à noite. O Festival i, de novo, nos palcos e ruas de Águeda!

 

Além de sábado e domingo non-stop, 6ª edição vai começar na sexta à noite.
O Festival i, de novo, nos
palcos e ruas de Águeda!

 

 

Cresce a olhos vistos o Festival i, que tem a sua 6ª edição marcada para 16, 17 e 18 de Maio, na cidade-berço Águeda. As artes para público infantil e familiar, num programa non-stop, terão diversos palcos, para todos os gostos e idades, em torno da música, teatro, dança, poesia e animação, entre sexta à noite e o final da tarde de domingo. Uma grande festa das artes em família!

A novidade da 6ª edição do Festival será a abertura do festival na sexta-feira à noite, dia 16 de Maio, com uma grande surpresa para a cidade. Depois, no sábado e no domingo, o habitual non-stop das 10h30 às 19h30, num roteiro que inclui Espaço d’Orfeu, Auditório do CEFAS, Biblioteca Municipal Manuel Alegre, Auditório Ana Paula Silva, Parque Alta Vila e as ruas da cidade. Como habitualmente, durante a semana, os alunos das escolas do concelho terão também oportunidade prévia de assistir a alguns espectáculos desta edição, dirigidos especificamente para as turmas escolares.

Em plena infância, o próprio festival nascido em 2009 confunde-se com a criançada da sua geração. A Primavera faz-se mais alegre e divertida com o Festival i a animar um fim-de-semana non-stop artístico para público infantil e familiar. O programa detalhado pode ser brevemente consultado na página http://www.dorfeu.pt/i e nas redes sociais da d'Orfeu, estando confirmada a presença de várias companhias de Portugal e Espanha, para uma imensa diversidade de espectáculos, animações e ateliês, em apenas três dias, reunindo muita da criação artística nacional de teatro, música e dança para a infância.

O i é uma iniciativa da d’Orfeu em co-produção com o Município de Águeda e o apoio oficial da Secretaria de Estado da Cultura / Direcção-Geral das Artes. O desafio está lançado: A 16, 17 e 18 de Maio, todos a Águeda, todos ao i!



http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 21:43 | link do post | comentar

Quinta-feira, 17.04.14

www.bbbluesfest.com.pt

 

BLUES NIGHT BY BBBF | 03 DE MAIO

 

Warm-up com PUGSLEY BUZZARD E OS TERRAPLANE

 

 Fórum cultural Jose Manuel Figueiredo 

Baixa da Banheira

 

 

Noite de apresentação da III Edição do BB Blues Fest. Revelação do cartaz final e todas as novidades da edição deste ano que decorrerá nos dias 20 a 28 de Junho. Para este warm-up está prometida uma grande noite de Blues.

PUGSLEY BUZZARD

 

O multifacetado pianista Australiano PUGSLEY BUZZARD abre a noite no auditório e promete surpreender tudo e todos. Vencedor de um e World Music Award na categoria Blues/Jazz, os seus espectáculos são excitantes e electrizantes. Com uma poderosa e hipnotizante voz, faz soar o seu piano por ambientes de vaudeville, dark hoodoo blues, rollicking boogie, piano romps, classic R& B, Jazz, Barrelhouse, Boogie e New Orleans funk.

TERRAPLANE
Para terminar a noite em ambiente acústico, Jonny Moscão e João Luz apresentam o seu projecto Terraplane, no espaço Café Concerto.


Bilhetes: 6 euros 

 

BB BLUES FEST | 20 A 28 DE JUNHO

 

O BB Blues Fest é organizado pela Associação BB Blues Portugal em parceria com a CMM e UFBBVA.

 

www.bbbluesfest.com.pt



publicado por olhar para o mundo às 10:20 | link do post | comentar

Domingo, 06.04.14

Rui Veloso no Rock in Rio-Lisboa com Lenine e Angelique Kidjo

Rui Veloso vai atuar no Palco Mundo com Angelique Kidjo e Lenine como convidados, no mesmo dia em que os Rolling Stones são cabeça de cartaz.

 

Nesta noite de festa do 10º aniversário do Rock in Rio-Lisboa, o Palco Mundo recebe uma atuação inédita em que Portugal, Brasil e África se unem através da música. Este concerto junta o Pai do Rock Português, Rui Veloso, o ritmo de Angelique e a modernidade da voz de Lenine.

 

Rui Veloso já atuou várias vezes no Rock in Rio, desde a 1ª edição em Lisboa, na qual tocou a solo e em dueto com Gilberto Gil, onde intrepertaram o tema “Imagine”. Rui também esteve presente nas edições de 2006 e 2012 do Rock in Rio-Lisboa. Nesta última, atuou com Erasmo Carlo no Palco Sunset. O artista português atuou também no Palco Sunset do Rock in Rio no Rio de Janeiro ao lado de Ed Motta, em 2011.

 

Depois de celebrar 30 anos de carreira na edição do Rock in Rio no Rio de Janeiro em 2013, o brasileiro Lenine, vem estrear-se na Cidade do Rock Lisboeta nesta edição dos 10 anos do Rock in Rio-Lisboa. O cantor, compositor, produtor e escritor brasileiro, já atuou por diversas vezes em Portugal, tendo conquistado o público português com a sua abordagem inovadora e criativa, que mistura sonoridades que vão do pop ao rock, samba e eletrónica. Com dez CD’s lançados, além de dois projetos especiais e inúmeras participações em álbuns de outros artistas, Lenine é considerado um dos maiores talentos da Música Popular Brasileira.

 

A cantora, compositora, actriz, dançarina e produtora, Angelique Kidjo, também sobe pela primeira vez ao Palco Mundo do Rock in Rio-Lisboa, depois de ter atuado no Palco Sunset no Rio de Janeiro em 2013. O seu novo álbum, “Eve”, foi muito bem recebido pela crítica internacional. O jornal The New York Times recentemente elogiou o talento, a originalidade e a forte ligação às raízes africanas que estão sempre presentes, nomeadamente, neste último trabalho, que “celebra o potencial e a força das mulheres no contexto africano”. Ao longo da sua carreira já editou dez álbuns e tem duetos com grandes nomes como Peter Gabriel, Joss Stone e John Legend. Em 2008, a artista ganhou o Grammy para "Melhor Álbum de World Music Contemporâneo".

 

 

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:55 | link do post | comentar

Sexta-feira, 04.04.14

Festival no Porto quer ser «radar» do que há de novo na música portuguesa

O primeiro Jameson Beatzmarket vai decorrer entre 18 e 20 de abril no Armazém do Chá, no Porto, e pretende ser, segundo a organização, um “radar” da nova música portuguesa, contando com nomes como Weatherman (na foto) e Little Friend.

 

Em declarações à Lusa, o organizador Rui de Brito explicou que a intenção é que o festival aconteça inicialmente duas vezes por ano, mas que se expanda a quatro edições anuais, uma por cada estação.

 

O evento vai realizar-se no Porto, havendo já contactos para a sua realização em Lisboa, ainda que Rui de Brito reconheça que é difícil encontrar locais semelhantes ao Armazém do Chá, “casas grandes com vários espaços”.

 

O festival vai ter três palcos (Jameson, Clubbing e Loft) e tem já confirmados Quelle Dead Gazelle, JUBA, The Weatherman, GHETTHOVEN, Lululemon, Sturqen, O Manipulador, Little Friend e The Lazy Faithful.

 

Para além do ‘networking’ pretendido entre os participantes no evento, vão estar presentes os jornalistas Kevin Perry e Mark Beaumont, ligados a publicações britânicas como o NME ou o The Guardian.

 

“Hoje, a forma mais eficaz de apoiar a exportação dos nossos artistas é o convite a profissionais estrangeiros para os descobrirem ‘in loco’. Oferecemos as melhores condições técnicas e asseguramos o público habitual, para que esses artistas se possam apresentar aos profissionais numa atuação com plenas condições”, refere o comunicado do evento.

 

O bilhete para a totalidade do festival custa 15 euros, enquanto um só dia custará seis euros.

 

Retirado de Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 22:52 | link do post | comentar

Municípios vizinhos unem-se, ano após ano, em torno das músicas do mundo.
Festim apresenta as primeiras confirmações da 6ª edição!

Festim
Responsáveis dos 6 Municípios parceiros estiveram reunidos em Águeda a preparar o Festim 2014.

The Skatalites (Jamaica) e Bollywood Masala Orchestra (Índia) são apenas dois dos grandes nomes que virão a Portugal para a 6ª edição do Festim - festival intermunicipal de músicas do mundo, que decorrerá de 6 de Junho a 25 de Julho de 2014 em seis municípios vizinhos: Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja e Oliveira do Bairro.

O Festim avança para a sua 6ª edição, consolidando o grande palco intermunicipal que a região de Aveiro oferece às músicas do mundo, numa iniciativa da d'Orfeu Associação Cultural em rede partilhada com os 6 Municípios parceiros. Serão 8 fins-de-semana com 7 grandes nomes em palco, vindos de diversas partes do mundo.

Pelo sexto ano consecutivo, desde que foi encarado como aposta intermunicipal estratégica e uma marca de promoção do território, o Festim tem-se destacado tanto pela programação ímpar de artistas de projecção internacional, num singular modelo de rede partilhada entre municípios, como pela crescente conquista e fidelização de públicos diversos, numa autêntica celebração da diversidade cultural.

Toda a programação estará brevemente disponível em http://www.festim.pt, sítio oficial do festival. O desfile dos nomes confirmados pode ser, desde já, acompanhado na página de facebook do Festim.



6 Junho a 25 Julho 2013  |  6ª edição
ÁGUEDA * ALBERGARIA-A-VELHA * SEVER DO VOUGA
OVAR * ESTARREJA *  OLIVEIRA DO BAIRRO
http://www.festim.pt/

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 10:51 | link do post | comentar

Terça-feira, 01.04.14

Rock in Rio revela artistas portugueses que vão fazer homenagem a António Variações

Linda Martini, Gisela João, Rui Pregal da Cunha e os Deolinda sobem ao Palco Mundo para homenagear António Variações no dia 31 de maio.

No ano em que se comemoram 10 anos do Rock in Rio-Lisboa e 70 anos do nascimento de Variações, o evento não quis deixar de assinalar a data, convidando alguns dos protagonistas de atual cena musical a deixar o seu agradecimento ao cantor que quebrou barreiras e deixou uma marca incontestável, que perdura até aos dias de hoje.

 

“Este é um momento que vai trazer muita emoção ao Palco Mundo. António Variações foi um artista completo, que deixou obra verdadeiramente intemporal e que tem um forte impacto na nova geração. Para todos os que estão envolvidos nesta homenagem, é uma honra dar destaque à obra de Variações”, refere Zé Ricardo, diretor artístico do Rock in Rio. 

 

Durante a homenagem todos os artistas vão subir ao palco a solo, mas depois irão misturar-se, criando encontros únicos, que terão como ligação a música de Variações.

 

A direção artística deste momento está a cargo do cantor e compositor Zé Ricardo e tem curadoria do jornalista Nuno Galopim. A elaboração do espetáculo está a ser acompanhada de perto pela família do cantor.

 

Retirado de Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 19:21 | link do post | comentar

Terça-feira, 25.03.14

Terras sem sombra 

 

 

“UM REQUIEM ALEMÃO”, DE BRAHMS, MARCA O INÍCIO DO NOVO FESTIVAL TERRAS SEM SOMBRA

 

n A abertura da décima temporada do Festival Terras Sem Sombra – festival de música sacra do Baixo Alentejo – será assinalada com Ein Deutsches Requiem (“Um Requiem Alemão”) de Johannes Brahms [1833-1897], com interpretação a cargo da soprano Raquel Alão e do barítono Luís Rodrigues, acompanhados pelo Coro do Teatro Nacional de São Carlos e pelos pianistas João Paulo Santos e Kodo Yamagoshi, sob batuta do maestro Giovanni Andreoli. O concerto, de entrada livre, tomará lugar na igreja de Santo Ildefonso, matriz de Almodôvar, no dia 29 de Março, pelas 21h30.

 

A sensibilidade romântica conduziu a uma redescoberta dos valores espirituais que desenvolveria, por seu turno, um novo entendimento do humanismo como “pedra de toque” para a compreensão das relações entre o indivíduo, a sociedade, a natureza e o próprio Deus. Uma aposta em valores como a autenticidade, a intimidade, a fraternidade, sinais de outra empatia artística com as vivências de uma época – o século XIX – marcada pelo progresso, mas também por profundos sentimentos de perda da liberdade, de afastamento das raízes, de injustiças sociais… Tudo isto está presente em Ein Deutsches Requiem, uma das mais famosas obras de Johannes Brahms (1833-1897), que anuncia, em tom comovente, inspirado por um sentido dramático da beleza, mas cheio de expectativa, os “tempos modernos” do século XX.

 

Foi este singularíssimo momento da música europeia o escolhido por Paolo Pinamonti, director artístico do Terras sem Sombra, para o concerto de abertura da 10.ª edição do Festival – o festival de música sacra do Baixo Alentejo –, iniciativa do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja que, realizada em parceria com as câmaras municipais e as “forças vivas” da região, vem dando assinalável impulso à sua vida artística e cultural, permitindo, ao mesmo tempo, o conhecimento de alguns dos principais monumentos, paisagens e santuários da vida selvagem do Sul do país.

 

O espectáculo terá como cenário privilegiado a igreja de Santo Ildefonso, matriz de Almodôvar, no dia 29 de Março, pelas 21h30. Serão intérpretes dois grandes cantores portugueses, a soprano coloratura Raquel Alão e o barítono Luís Rodrigues, acompanhados pelo Coro do Teatro Nacional de São Carlos (que comemora 70 anos em 2014) e pelos pianistas João Paulo Santos e Kodo Yamagoshi, sob a direcção do maestro Giovanni Andreoli. A entrada, como sucede em todos os concertos do Festival Terras sem Sombra, é livre. A igreja matriz abrirá as portas pelas 21h00; recomenda-se essa hora para a entrada, pois não há lugares reservados e este festival caracteriza-se por encher completamente os seus espaços.

 

Um Requiem pelos vivos

 

Composto entre 1865 e 1868 e estreado, a 18 de Fevereiro de 1869, em Leipzig, Um Requiem Alemão foi a primeira composição por Johannes Brahms para grande orquestra, coro e solistas. Apesar do nome, não se destina à liturgia, visando a criação de uma obra majestosa, que servisse de meditação sobre a morte, baseada em fragmentos da Bíblia, na versão de Lutero. Ao escrevê-la numa síntese que une o legado cristão à espiritualidade contemporânea e “laica”, Brahms terá querido homenagear a memória de outro músico genial com quem manteve intensos laços de amizade, Robert Schumann, que perdeu a razão em 1854 e veio a falecer, em 1856, num asilo psiquiátrico.

 

Esta peça, segundo explica Bernardo Mariano, “assume a subjectividade da proposta e dissipa qualquer pretensão normativa; remete, obviamente, para a língua em que é cantado, mas igualmente para a especificidade alemã e luterana”. A palavra Requiem, que significa “repouso”, “descanso”, mostra que o compositor pretendeu aplicá-la mais aos que ficam do que aos que partiram. No fundo, trata-se de “Um Requiem pelos Vivos”. Algo que constitui um mote apropriado aos desafios que a sociedade de hoje enfrenta, dividida entre o desespero e a esperança, mas que encontra no regresso às origens um poderoso estímulo vital.

 

A sua escolha revela o intuito traçado por Paolo Pinamonti para o lançamento de uma temporada preparada com todo o cuidado. “Este é um ano de comemorações e, como tal, o concerto inaugural representa, antes de mais, uma celebração da vida”, explica Sara Fonseca, coordenadora do Terras sem Sombra. Em 2014 celebra-se o 200.º aniversário da morte de D. Fr. Manuel do Cenáculo, o primeiro bispo de Beja, figura de referência do Iluminismo, que imprimiu notável avanço à cultura portuguesa do seu tempo. Uma estreita associação entre a salvaguarda da herança religiosa, a valorização dos produtos locais e a conservação da natureza tem sido o fio condutor do trabalho do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja, que comemora, em 2014, trinta anos de trabalho, sob a direcção de José António Falcão.

 

A ribeira do Vascão, alvo do voluntariado de artistas, público e comunidade local

 

Do ADN do Festival faz parte, desde 2011, a realização de acções práticas, no terreno, em favor da salvaguarda da biodiversidade, envolvendo, como voluntários, músicos, espectadores e membros de cada comunidade visitada pelo Terras sem Sombra. Isto tem produzido resultados muito interessantes para a causa da protecção da natureza, o que faz todo o sentido numa região com altos índices de preservação ambiental, reconhecidos a nível internacional. Não se trata de meros passeios por belas paisagens: os intervenientes arregaçam as mangas e colaboram com o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, autarquias e instituições locais em tarefas concretas.

 

A 30 de Março, artistas e outros voluntários vão ter a oportunidade de conhecer de perto o mundo extraordinário dos invertebrados e de compreender a sua importância nos ecossistemas, através de uma jornada ao longo Ribeira do Vascão, afluente do rio Guadiana que constitui verdadeiro laboratório vivo da biodiversidade. Celebrando ainda a recente classificação deste curso de água como Zona Húmida de Importância Internacional (Convenção de Ramsar), realizar-se-á um percurso para observação de libélulas e libelinhas, grupo que contribuiu para a integração da ribeira na Rede Natura 2000. O percurso será guiado por especialistas e reflecte o trabalho em curso no local, apoiado com êxito pelo Festival.



publicado por olhar para o mundo às 12:03 | link do post | comentar

Sexta-feira, 21.03.14

Maior festival nacional de música extrema volta a Barroselas

A 17.ª edição do SWR Barroselas Metalfest vai decorrer entre 23 e 26 de abril na vila do distrito de Viana do Castelo, contando o cartaz deste ano com nomes como Gorguts, Discharge e In Solitude.

 

O festival arranca a 23 de abril com um “dia zero” de entrada livre, seguindo-se o primeiro dia em pleno do SWR Barroselas Metalfest, onde atuam grupos como os nacionais Ermo e In Tha Umbra, para além de muitos outros, tais como os romenos Negura Bunget, os norte-americanos Misery Index e os canadianos Gorguts, estes últimos que trazem a Portugal o recente “Colored Sands”.

 

Em palcos por onde já passaram Ratos de Porão e Kreator, os dias 25 e 26 de abril vão receber ainda bandas como Bölzer, Anaal Nathrakh, Black Witchery e Grave Miasma. A edição deste ano do festival vai voltar a contar com um palco dinamizado pela Lovers & Lollypops, com entrada gratuita.

 

“Quatro mil habitantes, um café a cada duas esquinas, um supermercado e um complexo desportivo torná-la-iam semelhante a tantas outras espalhadas por este país fora, não fosse todos os anos acorrerem ao local milhares de peregrinos, quase todos vestidos de preto, para o maior festival de música extrema da Península Ibérica”, recorda a organização do evento fundado pelos irmãos Ricardo e Tiago Veiga, nascidos em Barroselas.

 

Os bilhetes para o festival custam 65 euros até 15 de abril.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:29 | link do post | comentar

Festival Musa Cascais: conheça as primeiras confirmações

Kabaka Pyramid e Jah9 estreiam-se nos palcos nacionais com uma atuação no festival Musa Cascais, que regressa à praia de Carcavelos nos dias 4 e 5 de julho.

 

Kabaka Pyramid é um artista de múltiplos talentos e pertence à nova geração da cena reggae jamaicana, que pratica Roots Consciente. Jah9, conhecida por ser a pioneira do estilo Jazz on Dub, é cantora, compositora e ativista. Uma mulher de energia cativante, que reúne a poesia consciente e contemporânea, apresentando em palco um estilo sofisticado e uma proposta única e refrescante.

 

Produzido pela associação sem fins lucrativos Criativa e assente numa base de voluntariado, o Musa Cascais ganhou, no ano passado, o prémio para Festival Mais Sustentável, no Portugal Festival Awards. “É intenção do festival promover uma sociedade mais consciente dos desafios globais, aliando música e criatividade numa experiência de cidadania global”, pode ler-se em comunicado.

 

Entretanto, a 22 de março, pelas 10h00, terá lugar no Parque Natural Sintra-Cascais o primeiro evento da experiência Musa Cascais, onde os participantes são convidados a plantar uma árvore, numa iniciativa que visa a compensação das emissões de carbono que serão geradas pelo festival.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 10:32 | link do post | comentar

Sexta-feira, 14.03.14

Xutos & Pontapés confirmados no MEO Marés Vivas

 

Os Xutos & Pontapés são a mais recente confirmação no cartaz do Meo Marés Vivas.

A banda de Tim, Zé Pedro, Kalu, João Cabeleira e Gui sobe, a 17 de julho, ao Palco MEO do festival, onde vai revisitar os clássicos de 35 anos de carreira e apresentar os temas do seu novo álbum, “Puro”.

 

No mesmo dia atuam os anteriormente confirmados The Prodigy.

 

Além destes, já têm presença garantida no evento de Vila Nova de Gaia Skrillex, Portishead, James Arthur e Joss Stone.

 

O MEO Marés Vivas regressa à Praia do Cabedelo entre os dias 17 e 19 de julho. Os bilhetes, já à venda nos locais habituais, custam entre €30 (ingresso diário) e €60 (passe três dias). O passe VIP tem o valor de €150.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:10 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Carlão, Capicua e Frankie...

Bons Sons - O Palco Eira ...

Lewis Fautzi, Backbone e ...

art of technologies, tech...

FLOWER POWER FEST CELEBRA...

"O Gesto Orelhudo" desven...

OUT.FEST Programa complet...

O Gesto Orelhudo, a ediçã...

Azurara Beach Party: a Ma...

11ª EDIÇÃO DO OUT.FEST – ...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds