Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   Quantos homens cresceram com o que fazemos? Reza a lenda 4400! Nova gaia, respeito pela nossa gente, Nova escola, velha escola, melhor escola de sempre, sente! Quantos homens cresceram com o que fazemos? Reza a lenda 4400! Nova gaia, respeito pela nossa gente, Nova escola, velha escola, melhor escola de sempre! Minha presença é marcante, neste zoo sou elefante Parabéns, ganhou um prémio: Milésimo visitante! Manos têm bolas, mas são de malabarismo, Escrevo à cara (...)
  Letra   Quantos anos passaram? Quantos manos partiram? Quantas relações findaram? Quantas portas se Abriram? Quantas noites em branco? Quantos dias sem encanto? Quantas vezes fui franco depositando Emoções no teu banco? Quantas vezes sorriste triste, solitário e cabisbaixo? A 220 em pleno despiste capotando encosta abaixo Neste mundo eu não me encaixo Pensavas para ti próprio Metade de mim inspira amor a outra metade só atrai ódio! É óbvio que um homem erra ele não (...)
    Letra   [STK] Tagarelas, cobardolas! Só balelas, só artolas! Gaia, Chelas,Tu controlas! TU NÃO SABES! [Mundo] [2X] Aquilo que tu procuras encontras aqui Do 2º até ao 7º da zona I Esse ódio voluntário que vês por aí Não garante o meu salário, esse eu mereci [Mundo] Este mundo é como um dilúvio de lava sobre o vesúvio Derrame causa distúrbio, narra-me do teu estúdio Ferrenho como o serrão, tu limpa o ranho meu chorão Mais um ganho no ganha pão, sou um (...)
  Letra   Porque é que já não há festas como antigamente, Gajos a arriscar a pele pelo movimento Porque a grande maioria, sempre viveu sentado É mais fácil ficar em casa à espera de ser contratado Caros conformados a minha missão terminou Uma década de noites, pra mim o tasco já fechou Por enquanto! Manos têm que ser autónomos E colocar o problema em causa a eles próprios Se fazes parte da cultura, desempenha o teu papel Dá o teu contributo e mantém-te fiel Não (...)
  Letra   Já vejo um raio de luz, o sol acorda cedo e a cidade conduz cada um ao seu emprego e eu continuo aqui só no meu mundo     "A todo o criador, solitário que produz horas a fio fechado sem ver a luz na cave na garagem ou nos anexos, vocês são a inspiração para todos estes versos desde 93 entre rimas e batidas repetições de amostras cortadas ou mais compridas rodeado de velhos vinis, cd's sem caixa fui viajando sempre de faixa a trás de faixa na procura do (...)
    Letra   E o mundo segundo, meu padrinho primeiro  Pai electricista, mãe empregada de limpeza  O amor não me faltava, comida abundava na mesa  Mas nunca tive consolas, telemóveis, computadores,  E só quando me tornei maior de idade uma televisão a cores  Mas quando entrei na escola, já lia e escrevia  Já tinha a perfeita noção do quanto a mais o pai bebia  Seria a doença da mãe que interiormente o afectava  Ou da sua dura infância que vezes sem conta retratava  (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email