Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Os Madredeus, no novo formato – guitarra clássica, sintetizadores, violinos, violoncelo e voz – , sob a liderança de Pedro Ayres Magalhães, tocam na quinta-feira no Centro Cultural de Belém, no périplo celebrativo dos 25 anos de carreira. Os atuais Madredeus reúnem Pedro Ayres Magalhães (guitarra clássica), fundador da banda, Carlos Maria Trindade (sintetizadores), que a integra desde 1994, e os recentes “companheiros de jornada” Beatriz Nunes (voz), os violinistas Jorge (...)
  Letra   Maio maduro Maio, quem te pintou?  Quem te quebrou o encanto, nunca te amou.  Raiava o sol já no Sul.  E uma falua vinha lá de Istambul.   Sempre depois da sesta chamando as flores.  Era o dia da festa Maio de amores.  Era o dia de cantar.  E uma falua andava ao longe a varar.   Maio com meu amigo quem dera já.  Sempre no mês do trigo se cantará.  Qu'importa a fúria do mar.  Que a voz não te esmoreça vamos lutar.   Numa rua comprida El-rei pastor.  V (...)
Compilação apresentada em duas versões distintas, um CD com 18 canções e um CD duplo com 30 canções. Antologia foi o nome dado ao trabalho que reúne temas desde 1987 a 2005. Com este lançamento, a EMI Music Portugal pretende homenagear o percurso de uma banda que marcou a história na música Portuguesa e a levou a território internacional.   Esta compilação reúne momentos essenciais da banda, recordando os álbuns: “Os dias da Madredeus” (1987) ; “Existir” (...)
No ano em que celebram o 25º aniversário os Madredeus regressam com novo álbum, «Essência», e nova formação, tendo também previstas uma série de iniciativas.   «Essência», editado no início de abril, reúne 13 canções, «selecionadas de um cancioneiro de quase duas centenas que o grupo construiu ao longo de um quarto de século recheado de sucessos», agora dotadas de novos arranjos.   «As 13 músicas eleitas percorrem os registos ‘Os Dias da Madredeus’ (1987), (...)
  Letra   Sim, foi assim que a minha mao surgiu de entre o silencio obscuro e com cuidado, guardou lugar a flor da primavera e a tudo Manha de abril e um gesto puro coincidiu com a multidao que tudo esperava e descobriu que a razao de um povo inteiro leva tempo a construir Ficamos nos so a pensar se o gesto fora bem seguro Ficamos nos a hesitar por entre as brumas do futuro A outra accao prudente que termo dava a solidao da gente que desesperava na calada e fria noite de uma terra (...)
Letra   Ao cair da tarde Penso sempre mais E a luz que me invade São as cores naturais Cada figura que passa por mim nem me perturba e eu fico assim Longe me leva este silêncio e o sentir que se altera são as cores do sol E eu fico encantada e eu sinto-me a arder quando o dia se apaga fica tanto por ver
  Letra   Nessa estrada que vai à montanha Há uma casa pequena Onde um dia eu hei-de ir morar Encanta e vale a pena Ver a montanha serena contra o azul profundo do mar É lá, É lá que eu vou sentir o vento E posso provar a tempo todos os frutos de cada estação Nessa estrada que vai à montanha, Lá na casa branca, Já deixei o meu coração - Ai é, Ai é, - Pois é, eu também quero ir nessa estrada, qual é? - Ai é, Ai é, - Pois é, eu também quero ir aí!
Os Madredeus preparam-se para regressar à ribalta neste ano de 2012 com “Essência”, novo álbum que estará à venda nas bancas a partir de dia 02 de Abril. Constituído por um elenco de músicos muito distinto do original em que o destaque vai para a nova vocalista Beatriz Nunes, a banda portuguesa celebra os seus 25 anos de existência com uma tour mundial de divulgação deste novo trabalho.   “Essência” será dado a conhecer ao público nacional em dois concertos de (...)
  Sétima Legião e Madredeus regressam aos palcos a assinalar os seus 30 e 25 anos de carreira. Volta também a haver Clubbing, e Jane Birkin canta Gainsbourg na Primavera, no Porto   O regresso aos palcos de duas bandas que marcaram a música portuguesa nas últimas três décadas: os Sétima Legião e os Madredeus; concertos com Aloe Blacc e John Cale, a marcar o retomar das noites Clubbing em novos moldes; e a passagem pelo Porto da digressão Jane Birkin canta Gainsbourg são os (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email