Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Mísia, Carlos do Carmo e Gisela João são os artistas convidados do 4º Festival de Fado de Madrid, que entre 18 e 21 de junho leva a música portuguesa ao público espanhol com concertos, debates e exposições.   Depois do êxito das edições anteriores, o certame pretende, este ano, consolidar-se como um dos eventos do calendário madrileno, reunindo o público espanhol não só para três concertos mas para debates sobre o papel cultural do fado, incluindo, este ano, no cinema.   (...)
  Após elaborar uma “short-list” de 6 álbuns publicados em 2013 (o galardão destina-se a premiar álbuns editados no ano anterior ao da atribuição), no âmbito do espírito e objetivos do PJA, o Júri – constituído por: António Moreira, Vereador da Cultura da Câmara Municipal da Amadora, Olga Prats, pianista, Sérgio Azevedo, músico e Vanda Santos, Chefe da Divisão de Intervenção Cultural – decidiu, por unanimidade, conceder o Prémio José Afonso 2014 a “Gisela (...)
    Letra   Menina dos olhos tristes o que tanto a faz chorar o soldadinho não volta do outro lado do mar do outro lado do mar   Pequeno soldadinho grande tenho saudades tuas desses teu olhos brilhantes sedentos de aventuras da tua elegância britânica num pijama anil da tua candura titânica mas quase infantil mesmo se os ossos tivessem envelhecido mesmo se os olhos tivessem escurecido já te fui conhecer entre a morte e a tua mãe quem te trouxe foi a música (...)
      letra   Foi numa ruela escura que encontrei A tal casa do fado da Mariquinhas Que de Alfredo Marceneiro Veio ao nosso cancioneiro Como sendo uma casa de meninas. E com o tempo passado Foi na voz da Dona Amália Que a casa foi da desgraça à ginjinhas ; E que mesmo com um fado renovado Já não tinha nem sardinhas. Depois veio a Hermínia Silva que cantou O regresso da saudosa Mariquinhas. Mas foi sol de pouca dura Que mesmo sem ditadura, Hoje em dia até as vacas são (...)
  Linda Martini Banda actua dia 13 de Fevereiro no Lux, em Lisboa Gisela João é a convidada especial   Os Linda Martini actuam no Lux, dia 13 de Fevereiro, no âmbito das noites ‘Black Balloon’, com curadoria de Pedro Ramos. Uma noite especial que marca o regresso a Lisboa depois da apresentação do novo disco ‘Turbo Lento’, em Outubro de 2013, no Meo (...)
  Letra   Na solidão a esperar-te Meu amor fora da lei Mordi meus lábios sem beijos Tive ciúmes, chorei Despedi-me do teu corpo E por orgulho fugi Andei dum corpo a outro corpo Só p'ra me esquecer de ti Embriaguei-me, cantei E busquei estrelas na lama Naufraguei meu coração Nas ondas loucas da cama Ai abraços frios de raiva Ai beijos de nojo e fome Ai nomes que murmurei Com a febre do teu nome De madrugada sem sono Sem sem luz, nem amor, nem lei Mordi os brancos lençóis Tiv (...)
  Letra   Voltaste, ainda bem que voltaste As saudades que eu sentia não podes avaliar Voltaste, e á minha vida vazia Voltou aquela alegria que só tu lhe podes dar     Voltaste, ainda bem que voltaste Embora saiba que vou sofrer o que já sofri Cansei, cansei de chorar sozinha Antes mentiras contigo do que verdades sem ti     Voltaste, que coisa mais singular, Eu quase não sei cantar se tu não estás a meu lado Voltaste, já não me queixo não grito És o verso (...)
  Letra   Vieste do fim do mundo num barco vagabundo Vieste como quem tinha que vir para contar histórias e verdades vontades e carinhos promessas e mentiras de quem  de porto em porto amar se faz. Vieste de repente de olhar tão meigo e quente bebeste a celebrar  a volta tua tomaste'me em teus braços em marinheiros laços  tocaste no meu corpo uma canção  que em vil magia me fez tua. Subiste para o quarto de andar tão mole e farto de beijos e de rum  a noite ardeu cobri (...)
  Gisela João regressa aos palcos do Porto e Lisboa em janeiro do próximo ano.   A fadista revelação da cena musical portuguesa atua na Casa da Música, no Porto, a 22 de janeiro, subindo ao palco do CCB, em Lisboa, no dia 25. “Gisela João irá entrar em 2014 a mostrar, ao vivo, por que é que fez de 2013 um ano crucial para a história do Fado. Duas noites que (...)
    Letra   Letra: Domingos Gonçalves Música: Casimiro Ramos* Reneguei tuas promessas E juras de amor ardente Até com certo rancor Disse-te assim, não sou dessas Que se embalam cegamente Em juramentos de amor Meu Deus, como a boca mente Pois se te amo loucamente Eu digo seja a quem fôr Sou tua...Como o luar é da lua  Como as pedras são da rua,E p'ra ser tua nasci  Sou tua...Tão tua que me convenço  Que já nem a mim pertenço,Que sou um pouco de ti  Sou (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email