Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   You locked up your heart You wake up with tears and stars in your eyes You gave it all to someone that Cannot love you back Your days are packed With wishes and hopes for the love that you've got You waste it all to someone that Cannot love you back Someone that cannot love Love, ain't this enough You push yourself down You try to take confort in words But words They cannot love Don't waste them like that Cus they'll bruise you more You secretly made Castles of sand (...)
  Letra   Olha bem, lembra quando e quem Éramos dois mas fomos tantos Sempre a arrancar da vida o espanto Depois do Sol se pôr Fugias do primeiro andar Faróis em estradas invisíveis Ainda tão novos e impossíveis Todo o nada feito em escada Fomos alto e sempre a mil Na vertigem desse Estranho mundo teu Mas na queda, tudo quebra Tudo vai para longe daqui A vida leva quase tudo Fica só uma canção no mundo E é para ti Olha bem, lembro quando e quem Do teu (...)
   DAVID FONSECA  A "maçã" de David Fonseca faz 1 anoNovo single — "Só Uma Canção no Mundo" David Fonseca tem a partir de hoje um novo single - “Só uma canção no mundo” – retirado do seu último trabalho de originais “Futuro Eu”.   Um ano após a edição do seu primeiro álbum em português, David Fonseca publica aquele que (...)
  Letra   Hoje o tempo vai estar assim Boca em cravos e olhos de alecrim Ondas cobrem o mar Mas não conseguem calar O quanto tento só para te descobrir Desço as escadas em vão Vejo as caras em contra-mão Escrevi uma carta Mas já não sei para quem Passo pelos dias de cor Durmo com o despertador Encontro marcado Mas não sei se vens O sonho até os olhos podem ver Corro até não ter Nem mais um pé no chão Para correr Diz-me onde estás Que eu sei do que sou capaz Guardo (...)
  Letra   Ela gosta de mim assim (2x) Há terra à vista Hey maquinista prego a fundo Que o inverno não é a minha estação Mesmo o outono dá tanto sono Alarme só na primavera E nunca durmo no verão Acordo tarde e perco a hora Mundo lá fora Dizem que eu sou um caso estranho A ovelha mais negra do rebanho E ela gosta de mim assim Ela é perfeita para mim Ela gosta de mim assim Do principio ao fim Sou ave rara Sou fruta cara Fugi dessa gaiola Não sou de cativeiro E assim eu fiz Fui , fui ser feliz
  David Fonseca   Espetáculos especiais para o aniversário da Associação CAIS no Porto e Lisboa   12 de maio na Casa da Música | 13 de maio no Estúdio Time Out   "HIT PARADE" é o espetáculo que David Fonseca apresentará no âmbito do 22.º aniversário da Associação CAIS e integrado no "Festival + Música + Ajuda" nos próximos dias (...)
  David Fonseca   Regressa aos concertos este fim-de-semana 18 março: C.C. Olga Cadaval, Sintra | 19 março: Teatro Municipal, Guarda   Com o final de semana à porta, David Fonseca prossegue a apresentação de "Futuro Eu", o seu mais recente disco, passando, já amanhã, pelo Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, e no dia seguinte, a 19, pelo Teatro Municipal da Guarda.  Iniciada no final de Outubro de 2015, a tour de suporte de "Futuro Eu" conta agora com mais dois concertos (...)
DAVID FONSECA Conquista Barcelona e Madrid "Chama-me Que Eu Vou" nomeado para o Prémio Autores 2016, da SPA David Fonseca regressou a Espanha na passada semana para dois concertos em que apresentou pela primeira vez em palco, o seu mais recente álbum "Futuro Eu". Impressionantemente cheias, Music Hall, em Barcelona, e o Teatro Barceló, em Madrid, renderam-se a David Fonseca e "à sua voz potente e à sua energia inesgotável" como é descrito, por exemplo, no blog nosolofado.com (...)
DAVID FONSECA Estreia vídeo de "Deixa Ser", com Márcia David Fonseca estreou ontem ao final da tarde nas suas plataformas sociais o vídeo da canção "Deixa Ser" incluída no seu mais recente disco, "Futuro Eu". O tema, recordamos, conta com participação da cantautora Márcia e tem sido um dos temas que mais atenção tem merecido por parte dos fãs. "Há mistérios na composição de uma canção que nunca conseguirei desvendar. Quando escrevi "Deixa Ser", foi como se a (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email