Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Num pulsar de gravidade
tiro o que tocar
mão que deixa de amparar
nem deixa a luz fugir
estando perto, quem cai, tem sorte se escapar
do buraco, que segura tudo em volta, no que tocar
em que nada se escapa, tudo passa, tudo gira, dando voltas do avesso

ser um mapa que perdeu os pontos cardeais
não há bússola
que faz com que não perca o chão

estando perto, quem cai, tem sorte se escapar

do buraco, que segura tudo em volta, no que tocar
em que nada se escapa, tudo passa tudo gira, dando voltas
drenado de cor, e de espaço, fica o pó, que me veste
sem que nada aconteça, tudo pára, pouco fica, dando voltas do avesso

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email