Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Tenho a sensação ultimamente
De coisas sem uma razão de ser
Ainda assim passou-me pela mente
De a perder!

Sais de casa com as suas pressas
Eu não sei onde mas vais perfumada
E se eu quero saber quando regressas
Tu não sabes, dizes nada

E agora eu ando tão cismado
Mas quero ser provado errado
Que o que eu desconfio
Meus olhos vão mostrar
Pois começam a chorar
Porque o adeus pode chegar

Eu vejo o meu reflexo ultimamente
E sinto que me vou despedaçar
Eu tento inibir tudo o que me pende
A suspeitar

Até na outra noite tu dormias
E sussurraste o nome de alguém
E o meu amor por ti onde é que o vias
Dizes que se mantém

E agora eu ando tão cismado
Mas quero ser provado errado
Que o que eu desconfio
Meus olhos vão mostrar
Pois começam a chorar
Porque o adeus pode chegar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

5 comentários

Comentar post