Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

s Compotas, Rogério Charraz e Trio Alcatifa atuam no Festival Noites na Nora

Concertos dos portugueses Os Compotas, Rogério Charraz (na foto), A Presença das Formigas e Trio Alcatifa, espetáculos de teatro e o segundo Encontro Internacional de Danza Duende marcam o 14.º Festival Noites na Nora, que começa na sexta-feira em Serpa.


O festival, que celebra a cultura como uma festa, vai decorrer até ao próximo dia 27 para transformar a cidade alentejana, sobretudo o Espaço da Nora, num "caldeirão cultural", disse hoje à agência Lusa Marco Ferreira, da Companhia de Teatro Baal17, de Serpa, a organizadora.

 

Segundo Marco Ferreira, o 14.º festival mantém a aposta em espetáculos de teatro e concertos de bandas, projetos e vozes das "novas tendências" da música portuguesa e, este ano, após uma primeira experiência em 2010, volta a integrar o Encontro Internacional de Danza Duende, cuja segunda edição se realiza entre os próximos dias 22 e 27.

 

Entre os programas do festival e do segundo Encontro Internacional de Danza Duende, o Noites na Nora deste ano vai incluir 14 espetáculos de música, teatro e dança, 30 workshops, nove performances, oito conferências e três residências artísticas.

 

Os concertos de Os Compotas, banda de Portimão, que mistura rock, funk, soul, groove e disco, no sábado, do cantautor Rogério Charraz e do músico argentino Luciano Cuviello, no dia 19, são os primeiros espetáculos de música no Espaço da Nora.

 

Segue-se, dia 20, o "folk nacional progressivo" do projeto A Presença das Formigas, o qual vai apresentar, "em primeira mão", o novo álbum, que está a ser gravado no Musibéria - Centro Internacional de Músicas e Danças do Mundo Ibérico, em Serpa, e tem edição prevista para o próximo mês de setembro, disse Marco Ferreira.

 

O 14.º Noites na Nora termina no dia 27 com o "Bailarico dos Orientes" do Trio Alcatifa, que mistura "ritmos e melodias orientais com pinceladas de bailarico".

 

"O Xô das Velhas", no dia 12, e "Sonhar ao Longe", no dia 16, pela Baal17; "Ester", pelo Grupo de Teatro (En)Cena da Escola Secundária de Serpa, no dia 14M "Vou ou não vou esta noite ao Teatro?", pelo Cendrev - Centro Dramático de Évora, no dia 18; e "Marcos Poéticos", pelo Coletivo Meia Duzia de Oito, a 21, são algumas das peças de teatro previstas.

 

Centrado na formação e baseado no projeto Danza Duende, criado pela bailarina Myriam Szabo, o segundo Encontro Internacional de Danza Duende, sob o tema "Dançar a nossa Vida", vai incluir 30 workshops, como os de aikido, danças ciganas, tango ou tai-chi, ministrados por formadores de Portugal, Espanha, Bélgica e Itália.

 

Além dos ‘workshops’, o encontro, cujas atividades vão decorrer no Espaço Nora, no Musibéria, no pavilhão, no cineteatro, no jardim e nas piscinas municipais de Serpa, vai incluir espetáculos de música e dança, performances, conferências e residências artísticas.

 

Retirado do SApo Música

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email