Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Letra
Eu vi no teu olhar
Soube que era o fim
Fingi não me importar

Sorri ao ouvir-te falar
Palavras que por dentro
Me estavam a matar

E como eu ainda não te esqueci
Chuva cai em mim
Porque só assim
Eu vou poder chorar 
Sem ninguém notar
Chuva cai em mim
Porque só assim
Eu vou poder sofrer
Sem ninguém saber
Chuva cai em mim

Deixei que ficasses a pensar
Que eu ia ser capaz
De esquecer e perdoar
Fechei, a porta atras de ti
Disse: vai eu fico bem
É claro que menti
E como eu ainda não te esqueci
Chuva cai em mim
Porque só assim
Eu vou poder chorar
Sem ninguém notar
Chuva cai em mim
Porque só assim
Eu vou poder sofrer
Sem ninguém saber

Chuva cai em mim
Porque só assim
Eu vou poder chorar
Sem ninguém notar

Chuva cai em mim
Porque só assim
Eu vou poder sofrer
Sem ninguém saber

Chuva cai em mim
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.