Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Festival de Sintra dedicado à “Geração do Futuro”

“A Geração do Futuro, Celebrando Verdi, Wagner e Britten” o lema do Festival de Música de Sintra que decorre naquela vila até 12 de Julho, tem contado com inúmeros recitais de jovens detentores já de um palmares consideravel de exibições nos mais diversos palcos internacionais.

 

Luisa Tender e Alexander Drozdov são dois desses jovens artistas que actuarão a 05 e 06 de Julho respectivamente.

 

Luisa Tender actuará pelas 21:30 de 05 de Julho, no Palácio Nacional de Sintra interpetando obras de Wagner, Verdi e Liszt.

Nascida no Porto em 1977, Luísa Tender iniciou o estudo de piano aos quatro anos de idade. Foi aluna de Anne Marie Mennet no Conservatório de Música do Porto e de Pedro Burmester na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo, cujo curso de Piano concluiu com a classificação máxima em 1997.

Tem-se apresentado a solo e em música de câmara em Portugal, como por exemplo, nos Festivais Internacionais de Sintra, Estoril, Póvoa de Varzim, Palácio da Bolsa - Porto, Santa Maria da Feira; no Museu Calouste Gulbenkian e no Grande Auditório da Culturgest, Espanha, Reino Unido, Holanda, Itália, Chipre e Brasil. 


Foi durante dois anos lectivos professora convidada de Piano e Música de Câmara na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Porto. 


Actualmente, exerce funções de Professora Adjunta na Escola Superior das Artes Aplicadas de Castelo Branco.

 

Alexander Drozdov irá actuar a 06 de Julho, também pelas 21:30, mas no Palácio Nacional de Queluz.

Alexander Drozdov nasceu em Moscovo e recebeu a sua educação musical na Rússia, nos Estados Unidos da América e na Europa. 


Desde cedo o seu talento musical foi notado, o que levou à sua admissão na Escola de Música Gnessin para Crianças Dotadas.

 

Prosseguiu os estudos na Academia de Música Gnessin de Moscovo, na classe de Vladimir Tropp e em 2002 obteve o diploma de solista, de música de câmara e de pianista acompanhador. 


Posteriormente continuou os estudos nos Estados Unidos da América, no Conservatório de Música UMKC na classe de Robert Weirich. 


A partir de 2003 frequentou o Conservatório de Amsterdão, onde recebeu a orientação de Willem Brons e Jan Wijn, e onde obteve em 2008 o diploma superior com distinção.

A carreira artística de Alexander Drozdov não tem cessado de se desenvolver, desde a sua aparição inaugural na Holanda com Yvonne van den Hurk na produção teatral "Chopin?", apresentada em mais de 50 palcos de concertos nesse país, com obras pianísticas de Chopin.


Retirado do HardMúsica

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email