Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Música no rio
Com estreia em Julho de 2010 e aproveitando o cenário natural da praia fluvial do Parque ecológico do Gameiro, a ideia da Música no rio foi a de apresentar uma programação de elevada qualidade em que pudesse ser apresentado um arco que viajasse pela música clássica, o jazz (ou músicas instrumentais), o fado e a música popular portuguesa. A oferta não pretende captar públicos massivos mas sim uma plateia apreciadora de música que, durante dois fins de semana do mês de Julho, possa ser presenteada com concertos de alta qualidade num cenário de excepção. E com um bilhete de acesso com o preço simbólico de 1 eur.


Assim, na primeira edição, o cartaz contou com a presença da ORQUESTRA SINFONIETTA DE LISBOA (orquestra residente do festival) que interpretou na primeira parte música do compositor EURICO CARRAPATOSO e na segunda, com o convidado BERNARDO SASSETTI, música da autoria deste, do duo MARIA JOÃO E MÁRIO LAGINHA, da fadista MAFALDA ARNAULT e do músico SÉRGIO GODINHO. 
A adesão excedeu todas as expectativas.


Em 2011, passaram por Mora a ORQUESTRA SINFONIETTA DE LISBOA que interpretou as QUATRO ESTAÇÕES de VIVALDI com a solista ANA CRISTINA PEREIRA, o músico RÃO KYAO, o fadista CAMANÉ e o músico JÚLIO PEREIRA. Na edição de 2012 a ORQUESTRA


SINFONIETTA DE LISBOA estreou um concerto de guitarra e orquestra de PEDRO JÓIA, que foi o solista, e também actuaram o grupo COUPLE COFFE, que fez o seu concerto à volta da música de JOSÉ AFONSO, o fadista ANTÓNIO ZAMBUJO e por último o
surpreendente projecto ADUF, dos músicos JOSÉ SALGUEIRO e JOSÉ PEIXOTO.


Em 2013 (4ª edição) a ORQUESTRA SINFONIETTA DE LISBOA e o coroRICERCARE irão interpretar o Requiem de W.A.Mozart no dia 12 de Julho sendo os concertos seguintes assegurados pelo grupo de concertinas Danças Ocultas, música instrumental (dia 13), pelo Quinteto Lisboa, projecto do letrista João Monge e do músico João Gil aos quais se juntam os cantores Maria Berasarte e Hélder Moutinho e os músicos José Peixoto e Fernando Júdice (dia 19) e por último Ana Moura com o seu Desfado encerrará o festival (dia 20).


O Festival tem a programação do músico José Peixoto, produção de Adelina Gomes, organização da Câmara Municipal de Mora e do Fluviário de Mora e conta com o patrocínio da EDP.

Retirado de Antena 1

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email