Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra
Das-me a vontade
Das-me o ouvido
De arrancar musicas ao ar
Na tempestade
Madeira e vidro
Saberao como no quebrar
As chamas trinco
O sexto sentido
Saber tudo entrelacar
E' por tudo o que em nos corre
Que se vive e que se morre
Meu sangue sinto
Que terra desce
E no teu corpo o sei lugar
Dentro do instinto
Tudo o que cresce
E' forma boa de se amar
E' por tudo o que em nos corre
Que se vive e que se morre
Eu toco, eu fujo, eu volto, eu passo
Giro nos meus seis sentidos
Eu deso terra e subo ao espaco
Agarrado aos seis sentidos

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email