Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Não tenho eira nem beira 

nem acções em carteira 

nem viajo em primeira 

Não tenho papá nem papão 

não tenho travão.

Não tenho peso ideal 

nem quartinho de casal 

não tenho mulher a dias 

nem amor a mordomias. 

Não tenho conta-poupança 

não tenho herança 

nem doutor de confiança.

Mas há coisas que são minhas 

não se compram nem se vendem

Tenho voz às vezes canto 

tenho fome às vezes janto 

tenho vida, às vezes minha

Tenho ovários tenho rins 

e mais saquinhos afins 

e mais garganta e pescoço 

e mais 

muitos poros muito osso

Mas há coisas que são minhas 

não se compram nem se vendem 

nem do dinheiro dependem.



* Regina Guimarães

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email