Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Gala Internacional dos Pequenos Cantores da Figueira da Foz renasce em agosto

A Gala Internacional dos Pequenos Cantores da Figueira da Foz vai renascer por iniciativa da Câmara Municipal, que promove, a 11 de agosto, a 25.ª edição do festival, anunciou hoje a autarquia.


O regresso da Gala, - cuja primeira edição foi em 1979, tendo-se realizado até 2002 - está também associado a uma promessa eleitoral do atual executivo socialista.

 

"Evidentemente é o cumprimento de uma promessa eleitoral. Mas só avançámos depois de termos estabelecido no CAE (Centro de Artes e Espectáculos) a Escola de Música e Canto Coral, que são parceiros na organização", disse hoje à agência Lusa António Tavares, vereador com o pelouro da Cultura.

O autarca adiantou que a organização tem já asseguradas participações da Madeira e Açores, "que realizam festivais regionais e os vencedores vêm à Gala [no CAE] da Figueira da Foz", estando a desenvolver contactos a nível internacional para captar participantes de outros países, além de Portugal.

"Mandámos informação para todas as embaixadas e consulados e também para associações de emigrantes", frisou.

 

A Gala Internacional dos Pequenos Cantores da Figueira da Foz, nasceu em setembro de 1979 - com base numa ideia do então jornalista da RTP, Sansão Coelho, que, juntamente com Teresa Cruz, foi o primeiro apresentador do festival - então promovida pela Câmara Municipal, Região de Turismo do Centro e Sociedade Figueira-Praia e realizada no Casino.

 

Em comunicado divulgado hoje, a autarquia sublinha que a Gala, aquando da sua criação, foi uma "iniciativa pioneira no género" e que cumpriu, entre outros, objetivos ligados aos Direitos da Criança e à "criação e divulgação de temas musicais próprios para crianças e por elas interpretados".

 

Em 24 edições, o evento - transmitido em direto pela RTP durante 14 anos consecutivos e cuja transmissão direta está novamente assegurada, diz a autarquia - recebeu mais de 375 participações de pequenos cantores, cerca de metade estrangeiros, oriundos de 40 países.

 

Em 1979, ano da primeira edição, Israel foi o país vencedor, representado pela pequena Marina, com a canção "Papá Popeye", tendo arrecadado a Traineira de Prata, troféu então destinado ao primeiro lugar.

 

A vencedora nacional foi Maria Armanda e o tema "Eu Vi Um Sapo", interpretado pelo Coro Infantil de Santo Amaro de Oeiras, venceu o prémio de melhor letra.

 

Retirado do Sapo Música

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email