Quinta-feira, 9 de Maio de 2013

http://www.dorfeu.pt/i 
ÁGUEDA, 18 e 19 Maio 2013
 


Festival i


Hora a hora, o programa
non-stop do Festival i

DESDOBRÁVEL VERSÃO DIGITAL
http://issuu.com/dorfeu/docs/i2013

O Festival i tem a sua 5ª edição marcada para 18 e 19 de Maio, em pleno centro da cidade de Águeda. As artes performativas voltam a conquistar o público infantil e familiar nesta iniciativa d'Orfeu, cada vez mais enraízada na agenda cultural da região. A programação apresenta muita da criação artística nacional, com uma oferta cultural diversificada e para todos os gostos: música, teatro, dança, poesia e animação. O Festival i junta plateias de gerações na grande festa das artes em família!

SÁBADO 18 MAIO

14h30, Auditório Ana Paula Silva
Borbolino (d'Orfeu)
Um grilo que vai cantarolando e saltitando directamente das páginas do livro homónimo, da autoria de Odete Ferreira, para o Festival i. Um espectáculo de marionetas interpretado por Ricardo Falcão, que demonstra a amizade entre um grilo e uma criança e em como podemos ser diferentes, mas criar laços infinitos e íntimos.

15h15, Auditório do CEFAS
A Cores (Peripécia Teatro)
Porque as histórias também podem ser divertidamente coloridas, vamos agarrar em tintas de muitas cores para pincelar a fantasia de manchas, gotas e desenhos. Actores com fatos de pintores vão colorir o imaginário infantil, enquanto sons e canções ressoam entre frascos e latas de tinta. Um arco-íris em contos de (en)cantar!

16h30, Espaço d'Orfeu - tenda escura
Sonhar ao Longe (BAAL 17)
Adaptação do livro homónimo de Jorge Serafim, que conta a história de duas criaturas que procuram o cantinho ideal no Mundo, onde possam ser felizes e passar o resto das suas vidas. Mas talvez não estejam preparados e as peripécias são mais que muitas, sendo o gesto a principal fonte de comunicação.

17h15, Espaço d’Orfeu - pátio
Animatus Band (ARCEL)
Seja pelas ruas da cidade ou no nosso quintal, a animação está garantida por este colectivo de amigos que, com tantos instrumentos, nos vai pôr a mexer com músicas que todos conhecemos. Uma banda que promete animar, sem parar, o Festival i!

17h15, Espaço d'Orfeu - pátio
A Seguir És Tu (EPA)
O ambiente familiar do Festival i não fica completo sem animações pelo Espaço d’Orfeu, com pinturas faciais e modelagem de balões. Entre um espectáculo e outro, os alunos de Animação Sociocultural da Escola Profissional de Aveiro vão mimar a criançada com o seu talento.

17h30, Espaço d'Orfeu - latada
Conta-me Histórias (Salto no Escuro)
E se, de repente, todos os livros que são maltratados decidissem transformar-se em objectos e esconder as suas histórias? Como é que os iríamos conseguir ler? Nos objectos mais inesperados podemos encontrar as histórias mais fantásticas. Está tudo ao alcance da nossa imaginação!

17h30, Espaço d'Orfeu - tanque
Ateliê de Didgeridoo (Rodrigo Viterbo)
Já alguma vez imaginaram que é possível fazer música, como os aborígenes, com um tubo enorme de madeira? Neste ateliê vamos descobrir e experimentar os sons do Didgeridoo, um instrumento fascinante vindo da Austrália. Uma experiência de sopro!

18h30, Espaço d'Orfeu - tenda grande
Canta o Galo Gordo (Inês Pupo e Gonçalo Pratas)
As nossas primeiras experiências de infância podem ser marcantes para toda a vida: andar de bicicleta, aprender a nadar, o primeiro livro que lemos ou um dentinho que cai... No i, para fechar a tardada de sábado em festa, vamos cantar esses momentos ao som da música divertida de Canta o Galo Gordo.


DOMINGO 19 MAIO

11h15, Espaço d'Orfeu - tenda escura
O Gigante (Teatro do Montemuro)
Três personagens muito diferentes encontram-se no mesmo lugar: um avô sempre mal-disposto que tem de educar o seu neto traquina, à procura ainda da sua identidade, e uma jovem em busca de refúgio e de recomeço. Mas os afectos não conhecem diferenças e o respeito pelos outros e pela vida são a essência desta história.

14h30, Auditório Ana Paula Silva
A Poesia é Uma Pulga (André Gago)
A Poesia não é só para gente séria e grande. É divertida e para todas as idades! Saltitando de poema em poema, as palavras rapidamente se transformam em brinquedos, com diferentes formas e significados, levando-nos à descoberta de inúmeros poetas lusófonos e estrangeiros.

15h30, Auditório do CEFAS
Há Dias Assim (Teatro das Beiras)
Armindo quer viajar, mas Rita só pensa em trabalhar. O avô dedica carinhosamente os seus dias à neta e tenta convencê-la a viajarem juntos. Mas a neta dedica todo o seu tempo ao trabalho, com medo de perder o emprego. Um dia chega a casa e apercebe-se do que realmente perdeu: o seu avô decidiu viajar. Que fará Rita?

16h30, Adro da Igreja
Mala Fanfarra (d'Orfeu)
O que é uma fanfarra? E será que desapareceram ou ainda as podemos ouvir? É o que vamos descobrir numa mala mágica, cheia de instrumentos e histórias fantásticas. A mais recente criação d'Orfeu promete despertar o imaginário musical, para divertimento de miúdos e graúdos.

17h15, Espaço d'Orfeu - tanque
Ateliê de Didgeridoo (Rodrigo Viterbo)
Já alguma vez imaginaram que é possível fazer música, como os aborígenes, com um tubo enorme de madeira? Neste ateliê vamos descobrir e experimentar os sons do Didgeridoo, um instrumento fascinante vindo da Austrália. Uma experiência de sopro!

17h15, Espaço d'Orfeu - pátio
A Seguir És Tu (EPA)
O ambiente familiar do Festival i não fica completo sem animações pelo Espaço d’Orfeu, com pinturas faciais e modelagem de balões. Entre um espectáculo e outro, os alunos de Animação Sociocultural da Escola Profissional de Aveiro vão mimar a criançada com o seu talento.

17h15, Espaço d'Orfeu - latada
Amor Flor (Encerrado para Obras)
Benjamim é um jardineiro sonhador que cuida de todas as flores do grande jardim público da sua terra, até ao dia em que compram um sistema de rega automático e ele é despedido. Desorientado, sem saber o que fazer, a sua esperança está numa planta mágica, uma orquídea selvagem muito especial...

18h15, Espaço d'Orfeu - tenda grande
Baile das Histórias (PédeXumbo)
Neste baile, a palavra é cantada e dançada numa grande festa colectiva, capaz de fazer rodopiar os pés mais incrédulos. Entre danças de roda, histórias, lengalengas e cantilenas de ontem e de hoje, todas as gerações dão as mãos na grande roda do bailarico, onde cada um é convidado a escolher uma personagem. O baile vai começar!

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC


d’Orfeu Associação Cultural
Instituição Cultural de Utilidade Pública  |  Estatuto de Superior Interesse Cultural



publicado por olhar para o mundo às 12:30 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds