Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Quarteto de Cordas de Matosinhos e Daniel Moreira são as novas

Programa das salas de concerto europeias seleccionou portugueses para digressão e encomenda de uma obra.

O Quarteto de Cordas de Matosinhos foi seleccionado pela European Concert Hall Organisation (ECHO) para integrar o programa Rising Stars 2014/2015, proporcionando aos seus quatro jovens instrumentistas a oportunidade de actuarem em várias salas de concerto da Europa, noticiou na quarta-feira a Casa da Música. Foi igualmente seleccionado Daniel Moreira, jovem compositor residente da Casa da Música em 2009, que vai compor uma obra para grupo coral que será interpretada nas 20 prestigiadas salas de concerto que integram a ECHO.

 

Todos os anos a ECHO escolhe seis jovens artistas ou agrupamentos para realizarem uma série de concertos em toda as salas da ECHO. A selecção é feita pelos directores artísticos das salas que integram a organização, permitindo o lançamento da carreira musical de vários artistas. O Quarteto de Cordas de Matosinhos e Daniel Moreira foram selecionados pelos directores artísticos da Fundação Casa da Música e da Fundação Calouste Gulbenkian, as duas salas portuguesas que integram a ECHO.

 

O quarteto, que foi fundado em 2007 através de um concurso público promovido pela Câmara Municipal de Matosinhos, é constituído por Vítor Vieira e Juan Maggiorani (violinos), Jorge Alves (viola) e Marco Pereira (violoncelo), já tendo recebido todos seus membros prémios em Portugal e no estrangeiro, individualmente e em música de câmara, segundo o comunicado da Casa da Música. 

 

Natural do Porto, Daniel Moreira ingressou no Conservatório de Música do Porto em 1994, onde concluiu os cursos complementares de Guitarra e de Análise e Técnicas de Composição. É licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto (2001-2006). No âmbito dos estudos em Economia, foi distinguido com o Prémio do Banco de Portugal, em 2006. Concluiu o Mestrado em Composição e Teoria Musical (ESMAE, 2010), com a tese “Um modelo de transformação harmónica hierarquizada, com base no intervalo de quinta perfeita". Em 2007, obteve o terceiro lugar no Concurso Internacional de Composição Gian Battista Viotti, de Vercelli (Itália), pela peçaNoctis Lumina, para viola solo. Em 2008, obteve uma Menção Honrosa na categoria de Música de Câmara do 3º Concurso Internacional de Composição da Póvoa de Varzim.

 

O pianista austríaco Aaron Pilsan, escolhido pela Wiener Konzerthaus e a Musikverein Wien, o Quarteto Ardeo String, nomeado pelas instituições Bozar Brussels e Het Concergebouw Amsterdam, a soprano Omo Bello, escolhida pela Cité de la musique Paris, a dulpa Michael Petrov (violoncelo) e Ashley Fripp (piano), escolhida pelo Barbican Centre London, e o Quarteto Signum Saxphone, apontado pela Kölner Philharmonie, Laeiszhalle Elbphilharmonie Hamburg, Festspielhaus Baden-Baden e a Konzerthaus Dortmund, são as restantes Rising Stars 2014/2015.

 

Presidida por Christoph Lieben-Seutter, a ECHO, criada há 25 anos, é constituída pelos seguintes salas de concertos:Barbican Centre London,BOZAR Brussels, Fundação Calouste Gulbenkian LisbonCasa da Música PortoCité de la musique ParisFestspielhaus Baden-BadenHet Concertgebouw AmsterdamKölner PhilharmonieKonzerthaus Dortmund,Laeiszhalle Elbphilharmonie HamburgL'Auditori BarcelonaMegaron - The Athens Concert HallMusikverein WienPalace of Arts - BudapestPalau de la Música CatalanaPhilharmonie LuxembourgStockholms Konserthus,Théâtre des Champs-Elysées ParisThe Sage GatesheadTown Hall & Symphony Hall BirminghamWiener Konzerthaus

 

A próxima temporadados Rising Stars é apresentada pela primeira vez em Portugal (9-11 Maio de 2014, Porto e Lisboa).

 

Retirado do Público

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.