Quinta-feira, 25 de Abril de 2013

O Coro de Intervenção do Porto

As canções de intervenção tornaram-se numa marca das manifestações mais recentes em Portugal. No Porto, há um coro que se tem feito ouvir em vários protestos mas que quer cantar por outras causas.


O Coro de Intervenção do Porto existe desde setembro de 2012 e é orientado pela maestrina e cantora lírica Ana Maria Pinto. Se o nome não lhe é estranho, foi a senhora que cantou sozinha a canção “Firmeza”, de Fernando Lopes-Graça, nas comemorações do 5 de Outubro do ano passado. Agora, em coro, quer “despertar as consciências adormecidas”.

 

Numa terça-feira à noite, chegamos ao Grupo Musical de Miragaia e já ouvimos vozes do fundo das escadas íngremes. Ana Maria Pinto recebe-nos com um “olá” cantado de forma lírica. No palco, a sua voz limpa sobressai. Os integrantes do Coro rodeiam-na numa meia-lua e ensaiam para a próxima atuação.

 

É certo que é só um ensaio, porque nas atuações os palcos são outros. O último foi na Estação de São Bento, no Porto, dia 6 de abril, onde cantaram pela situação do país, atuação essa que ganhou mais significado por acontecer no mês da Revolução dos Cravos.

 

 

À medida que vão cantando os versos, a maestrina vai dando as orientações vocais aos presentes. “'Resiste' é a palavra importante de hoje. Resisto e não pago os impostos”, diz Ana, puxando pelo conjunto. “Ao que não amas resiste”, continuam em uníssono.

 

Do “Hino ao Homem”, de Fernando Lopes-Graça, passam para “Os Vampiros”, de José Afonso. O Coro não está a conseguir engrenar nos versos. “Vamos pensar numa caricatura”, diz a maestrina. Aí, seja qual for a caricatura em que pensaram, as vozes erguem-se bem alto, entre versos emotivos e gestos a acompanhar. “Eles comem tudo e não deixam nada”.

 

O Coro surgiu da vontade de Ana, que lançou um apelo no Facebook em setembro do ano passado. Responderam cerca de 30 pessoas, as que atualmente constituem o grupo. De várias idades e profissões, a maestrina acredita que todos procuram no projeto um objetivo comum: “a urgência de querer dizer algo, de ouvir e se fazer ouvir”.

 

Cantar por causas


O Coro já fez algumas intervenções, a mais mediática na manifestação de 2 de março. “A música é contagiante. Nesse dia, vimos a emoção das pessoas que estavam no passeio, depois elas sentiram-se também parte e seguiram o coro a cantar com eles, formou-se ali uma onda belíssima”, completa.

 

Uma experiência que pode voltar a repetir-se nesta quinta-feira, 25 de abril, às 14h30, no Largo Soares dos Reis, em Gaia, o local escolhido para mais uma atuação do Coro, com a promessa de “construir o futuro, cumprindo Abril”. No dia 26, sexta, o Coro canta na Avenida dos Aliados, às 18h, pela defesa na Feira do Livro do Porto.

 

O reportório conta com Zeca Afonso, Lopes-Graça, José Mário Branco e duas canções internacionais, uma espanhola e outra italiana. “Não é só Portugal que está a atravessar este mau momento, é a Europa em geral”, justifica.

 

A carreira de cantora lírica faz com que Ana se ausente muitas vezes dos ensaios mas refere que o objetivo é que o grupo seja independente. “O ideal é que o grupo seja independente, e não que seja eu a comandar o grupo”, completa.

 

Em maio, o Coro vai deslocar-se à região do Tua onde pretende chamar atenção para o abandono da linha ferroviária. “Quando vamos fazer uma ação estamos a acender uma luzinha, chamar a atenção para uma coisa que é genuína e verdadeira e que está a ser completamente arrasada”, diz Ana. Esta ação no Tua, a 11 de maio, é mais uma prova de que o Coro de Intervenção do Porto não pretende apenas ser mais uma voz nas manifestações, mas sim apelar às causas nas quais acredita.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:02 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds