Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

letra

 

Hei-de um dia ser alguém
Disso eu não me esqueço
Ser tentado a falhar
Será que mereço

 

Hoje não sei mas vou descobrir
O que é que eu faço aqui

 

Respeitado por todos eu quero ser
Contemplado com sorte e não perder
Hoje eu não sei porque sou assim
E o que é que eu faço aqui

 

O que me lembro
Nada é

 

Pode ser que um dia volte
Iludido


Pensamentos indirectos
Divagar


Vou parar com esta mágoa
Estou perdido
Pelas ruas mãos nos bolsos
A cantar

 

La la la la la la
O que é que eu faço aqui (x2)

 

(instrumental)

 

Hei-de um dia ser alguém
Não a qualquer preço
Estás cá tu para lembrar
Tudo o que me esqueço

 

Hoje eu não sei mas vou descobrir
O que é que eu faço aqui

 

O que me lembro
Nada é

Pode ser que um dia volte
Iludido
Pensamentos indirectos
Divagar


Vou parar com esta mágoa
Estou perdido
Pelas ruas mãos nos bolsos
A cantar

La la la la la la
O que é que eu faço aqui (x2)

 

(instrumental)

O que é que eu faço aqui!

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.