Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

 

 

Letra

 

O amor separar-nos-á
o amor separar-nos-á
o amor separar-nos-á
o amor separar-nos-á

Há um rio Tejo
Entre aquilo o que eu quero
e o que tu queres dar 
Há um rio Tejo
Entre o sexo e o nexo
e o amor.

Estares assim calada,
é o mesmo que dizeres que o sol
só serve para queimar
só serve para queimar


O rio é Tejo é Azul
O teu nome escrito é Azul
O teu labio no meu é azul(x2)

E o que sangrou,
caíu ao chão.
O nosso amor,
morreu no chão
Mas o lugar
fica azul.

Há um rio Tejo
Entre aquilo que eu quero
e que tu queres dar
Há um rio Tejo
Entre o sexo,
e o nexo-amor.

Estares assim calada,
é o mesmo que dizeres que o sol
só serve para queimar
só serve para queimar (pra me queimar)
Pra me queimar
Pra me queimar
Pra me queimar
Pra me queimar!Pra me queimar!Pra me queimar!Pra me queimar!Pra me queimar!

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email