Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Três anos depois do seu último disco “Pulsação”e um ano depois da homenagem a Ary dos Santos em a Rua da Saudade, Susana Félix regressa com “PROCURA-SE”!

Procura-se, o novo disco de Susana Félix

 

"Fazer um disco novo é fazer "o novo" e não "de novo" é encarar de novo o silêncio e a folha em branco!... Estamos todos a acabar um ciclo e a começar outro... E eu senti a necessidade de viver essa nova procura no meu trabalho. É por isso que este é um disco tão diferente dos anteriores; é o inicio de um novo ciclo...”


Três anos depois do seu último disco “Pulsação”; um ano depois da homenagem a Ary dos Santos em a Rua da Saudade, Susana Félix regressa com “PROCURA-SE”!


O novo disco, afasta-se das sonoridades mais acústicas dos últimos trabalhos e mostra uma Susana Félix mais electrónica:
“ É a procura de alguma simplicidade, os discos anteriores eram discos que iam ao encontro de um som de alguma forma grandioso. Este não! A minha procura, passou por voltar a brincar com a música, a encarar e a reinventar-me de uma forma mais leve, mais divertida. As minhas letras continuam a falar de assuntos muito sérios, mas de alguma forma o facto de ter conseguido, 13 anos depois do primeiro álbum, fazer o meu disco mais POP de sempre, é algo que me orgulha e motiva bastante!”
Produzido por Renato Jr. e Nuno Rafael, “PROCURA-SE”, é uma viagem por esse Universo de Susana Félix (autora e compositora), que tão bem descreve os quotidianos, tão bem simplifica aquilo que é de todos e que todos gostaríamos de dizer.
“PROCURA-SE”, tem a riqueza das palavras e dos novos sons e a cumplicidade de nomes como Steve Jansen (ex-Japan), João Cabrita, Jorge Drexler (vencedor de um Óscar para melhor canção original) que faz um dueto com Susana em "A Idade do Céu” e Carlos Tê que assina a letra de “Meia palavra”. O album inclui ainda duas versões, uma de Marcelo Camelo (Los Hermanos) e outra dos Xutos e Pontapés.
Procure!
Há muito mais para descobrir neste novo disco de Susana Félix.

 

Via Inside

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.