Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Tenho vontade de seguir uma outra via, 
mas eu desisto 
Tenho vontade de mudar a minha vida, 
mas não arrisco 

E deixe-me andar, e deixe-me andar 
Aqui vai sentada 
Braços cruzados pernas trançadas 
E deixe-me estar que essa vontade 
Um dia há de passar 

Tenho vontade de dizer aquilo que penso, 
mas tenho medo 
Tenho vontade de exigir o que eu mereço, 
Mas nem me atrevo 

E deixe-me andar, e deixe-me andar 
Aqui vai sentada 
Braços cruzados pernas trançadas 
E deixe-me estar que essa vontade 
Um dia há de passar, há de passar 
Aqui vai sentada 
Braços cruzados pernas trançadas 
E deixe-me estar que essa vontade 
Um dia há de passar 

Tenho vontade que me levem mais a sério, 
Mas não consigo 
Tenho vontade de berra o impropério 
Mas (?) isto 

E deixe-me andar, e deixe-me andar 
Aqui vai sentada 
Braços cruzados pernas trançadas 
E deixe-me estar que essa vontade 
Um dia há de passar, há de passar 
Aqui vai sentada 
Braços cruzados pernas trançadas 
E deixe-me estar que essa vontade 
Um dia há de passar, há de passar 
Há de passar, Há de passar 
Há de passar e esta vontade agora 
Já passou

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email