Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

Foi tudo tão bom, nem parecia ser verdade
E a sensação de encontrar a cara metade
E agora tudo acabou, o filme amor pra mim morreu

 

Ela tinha os olhos como pérolas, rubis
Vinha lá de cima do norte do país
Tinha sardas na cara como as fadas
Eram como estrelas entre as suas tranças
Seus olhos castanhos de encanto tamanhos
Era um dos meus pecados mais estranhos
Mesmo quando mente seu olhar diz a verdade
Mas deixou-me sem piedade

 

Ela tinha uns lindos olhos negros
Eram como corvos entre os seus cabelos
Caracóis soltos, borboletas na barriga
Sempre que encontrava aquela rapariga
Ela não gostava de joalheria
Comprei-lhe um colar, vendeu no mesmo dia
Quando começou era tudo tão perfeito
Agora tenho o coração desfeito

 

Foi tudo tão bom, nem parecia ser verdade
E a sensação de encontrar a cara metade
E agora tudo acabou, o filme amor pra mim morreu

 

Ela tinha uns olhos de menina tão docinhos
Os pés de rainha tinha montes de carinho
Tinha muita manha, dava na castanha
Bazava, voltava passado uma semana
Não valia nada mas eu gostava dela
Nem sei como me apaixonei por está cadela
Descia 'pra ribeira subia com a bebedeira
Mas essa noite foi a derradeira

 

"e agora tudo acabou"

 

Ela tinha os olhos cor de mel
Seios doces como marmelos e sua pele
Dourada, macia como pura sede
Uma louca na cama, uma lady na mesa
Empenhei um tirante meu
Para leva-la a um concerto que havia no coliseu
Mas, ela não gostou e bazou sem ver o show
Eu acho que tudo acabou

 

Ainda me lembro do começo
Era tão, tão bom!

 

Foi tudo tão bom, nem parecia ser verdade
E a sensação de encontrar a cara metade
E agora tudo acabou, o filme amor pra mim morreu

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.