Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2013

Festival Sete Sóis Sete Luas apresentado como «exemplo de boa prática cultural» no Parlamento Europeu

O Festival Sete Sóis e Sete Luas que decorre há mais de 20 anos em 11 países será apresentado como “exemplo de uma boa prática cultural” num encontro na quarta-feira com eurodeputados, em Bruxelas.


Em declarações à Lusa, Marco Abbondanza, diretor artístico do Festival, afirmou que a iniciativa de serem ouvidos em Bruxelas foi do eurodeputado Gianni Vattimo, e referiu que “já em 2009 o Festival foi ouvido pelo Parlamento Europeu, por iniciativa de Katerina Batzeli”.

“O Festival, funcionando em rede, fazendo parcerias, é exemplo de uma boa prática cultural”, disse Abbondanza.

 

Em 2012, o Festival recebeu 150.000 euros da União Europeia para dinamizar projetos musicais em 15 cidades europeias, mas o Sete Sóis Sete Luas ultrapassa as fronteiras europeias e apresenta-se também em Marrocos, Brasil e Cabo Verde.

 

“Somos um Festival do Sul”, disse o diretor, que sublinhou “a importância da dinâmica que [o certame] desenvolve nas cidades do Sul da Europa, com grande potencial cultural, especialmente no atual contexto económico-social”.

 

Marco Abbondanza afirmou-se preocupado com o próximo programa-quadro da União Europeia para o setor cultural, que “ao juntar diferentes programas de apoio pode trazer cortes”. “Para nós, e apesar de termos participado numa reunião em outubro passado em Bruxelas, ainda não se conhece uma verdadeira orientação do programa e estamos preocupados com possíveis cortes e uma redução na atenção da União [Europeia] na defesa do património material e imaterial europeu”, disse Marco Abbondanza.

 

Entre os elementos que integram esta delegação do Sete Sóis Sete Luas a Bruxelas está o presidente da Câmara de Ponte de Sor, a autarquia sede do Festival em Portugal, desde 1996.

 

Em declarações à Lusa, o autarca de Ponte de Sor, João Taveira Pinto, sublinhou a importância do Festival “pela possibilidade de apresentar os grupos e a cultura do concelho além fronteiras e a de dar ao público do concelho a possibilidade de ver espetáculos de outros países, nomeadamente da bacia do [mar] Mediterrâneo”. “Nós apresentamos grupos de Israel a custos mais baixos do que nos pedem grupos portugueses”, disse o autarca.

 

Taveira Pinto salientou “os custos controlados, em termos orçamentais, que o Festival permite”, além da “grande dinâmica que imprime ao concelho, trazendo gente de todo o distrito de Portalegre e parte do de Santarém”. O Festival Sete Sóis Sete Luas é responsável "por grande parte da animação cultural de Ponte de Sor de julho a setembro, anualmente”.

 

O Festival integra mais de 30 municípios de 11 países. Além de Portugal, integram a rede autarquias de Espanha, França, Itália, Croácia, Roménia, Grécia, Cabo Verde, Brasil e Israel. Constituem a rede portuguesa do Festival, Ponte de Sor, Castro Verde, Oeiras, Odemira, Alfândega da Fé, Reguengos de Monsaraz e Madalena na ilha do Pico.

 

"Como a música pode valer mais que as palavras", fecham a apresentação no Parlamento Europeu "dois estilos musicais declarados pela UNESCO como património imaterial da humanidade, interpretados pelos Tenores de Neoneli da Sardenha no 'Canto a Tenore' e o cantor andaluz Juan Pinilla pelo 'Flamenco'”.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:10 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
"Estou cheio de arrependimento, cheio de dorese tu...
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds