Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Under The Pipe já têm material gravado para um novo CD

 

 

 

Ao todo são  sete temas com cerca de 37 minutos de música pronto a ser editado, esperando a oportunidade.

 

Uma amostra do trabalho pode ser visto no Official Facebook do projecto ou assistir ao vídeo amador com o tema “Long way to die!” no myspace. 

Deixamos em seguida uma resumida biografia da banda:
Under The Pipe é um projecto de Portugal inserido no Post Rock, desde Dezembro de 2010 com Valério Paula como criador. 


Musico desde 1992, já participou em vários géneros dentro da música, tocando Thrash Metal -1994 / 1999,   Black Metal - 2001 / 2005, Grunge -2005 / 2010. Já trabalhou com grandes artistas e musicos como: Ana Malhoa, Tear (Desire), Sam Forest (Nine Black Alps), Paulo Vieira (The Firstborn), Hugo e Pardal (Swithchtense) entre outros.
 
Guitarrista de rock desde 2005 até os dias actuais. Já esteve em contacto com grandes e pequenas editoras como Dark Profanation (UK / PT), Nemesis Musica (Portugal), Vergasta Records (Brasil) e Believe Digital (France), trabalhou com Yannick Jame da Lx Music Publish, o ex- director da Polygram da França  (Fonzie, Clã), também com Denis Ladegaillerie da empresa Believe Digital / Virgin Music que tem em seu catalogo Madonna, Mariah Carey entre outros.
 
Valério foi o criador dos Skewer (banda de grunge). Agora concentra-se em Under The Pipe em composições que expressam um pouquinho o que lhe vai na alma. 


Em Setembro 2011 os Under The Pipe assinam acordo com a Awal Records do Reino Unido na distribuição do EP "Fix You, You are not Alone"

 

Retirado de HardMúsica

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.