Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

letra

 

Não é que seja mais bela
Do que as outras raparigas
Mas é ela, ai é ela
A que não vem à janela, a que não vai em cantigas

 

É passarinho sem bando
E o meu peito suspira
Se eu dou a voz de comando
As outras vão bailando e ela não entra no vira

 

A Rosa da minha rua arrosa-me a expressão
Será que um dia eu ponho ou não
Um pouco de rosa na sua?

 

A Rosa da minha rua arrasa-me a canção
Será que um dia eu roubo ou não
Um pouco do ritmo da sua?

 

Por ser da rua a Rosa não se deixa apanhar
É de raça caprichosa
As outras vão na prosa e ela nem me ouve cantar

 

Mas a vida continua
Que eu tenho cá pra mim
Que assim que mude a Lua
A Rosa da minha rua vai ser rosa no meu jardim

 

A Rosa da minha rua arrosa-me a expressão
Será que um dia eu ponho ou não
Um pouco de rosa na sua?

 

A Rosa da minha rua arrasa-me a expressão
Será que um dia eu ponho ou não
Algum sorriso na sua?

 

Será que um dia eu ponho ou não
Um pouco de rosa na sua?

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

1 comentário

Comentar post