Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Cristina Branco regressa com um disco de personagens femininas

Os últimos dias de fevereiro serão tempo de "Alegria", de Cristina Branco. O novo álbum da cantora, quase todo composto por originais (com exceção de três temas - de Sérgio Godinho, Chico Buarque e Joni Mitchell), dá voz a várias personagens femininas, avança a editora.

"Alegria" tem pontos de contato com os trabalhos anteriores de Cristina Branco, sobretudo na autoria das letras e das músicas, mas obedece a um novo conceito. O disco assenta nas personagens Aurora, Cândida, Carolina, Deolinda, Miriam ou Louise, mulheres emblemáticas, lutadoras, românticas, vítimas, marginais ou sonhadoras que nascem das palavras de Manuela de Freitas, Miguel Farias, Pedro Silva Martins ou Jorge Palma e dos sons criados por estes dois últimos autores e ainda os de Mário Laginha, João Paulo Esteves da Silva e Ricardo Dias.

A produção de "Alegria" é de Ricardo Dias, contando ainda com a participação de músicos que têm acompanhado Cristina Branco em palcos de todo o mundo:  Bernardo Couto (guitarra portuguesa), Bernardo Moreira (contrabaixo) e Carlos Manuel Proença (guitarra), para além do próprio Ricardo Dias (piano e acordeão) e os convidados Mário Delgado (guitarra elétrica) e João Moreira (trompete).

 

Retirado de Sapo Música

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.