Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

letra

 

Pai nosso que estais no céu 
santificado seja o teu nome 
deus perdoa-me
eu sei que tenho feito muita merda 
todo o homem erra 
na terra da miséria e da inveja
o mundo não tem sido bom para mim
nem o pão que o diabo amassou eu comi
tenho ando triste e encurvado
maioria dos dias anestesiado 
mas nada me fará te renunciar
eu te seguirei até me chamares
os meu inimigos tornaram-se fortes e muitos
conspirando e esperando o meu descuido
dá-me forças pa eu não vacilar
quando a minha hora chegar
dá-me o pão de cada dia 
ao meu bébé a minha baby e a kriminals família
eu perdoei quem me devia
e espero que um dia o meu Pai me perdoe a minha dívida
tire-me toda a tirania (snif....)
e livre-me de cair em tentação
devolve-me a minha absolvição
dá paz aos meus g`s que estão na prisão
e se o salário do meu pecado for a morte
pai guarda pa o meu filho outra sorte
entrega o meu corpo nas mãos dos homens 
e que eles  julguem e me matem mas não me comprem
ouve o teu filho Pai Pai Pai Pai 
nada te peço mais 
nada te peço mais
eu nada te peço mais
eu peço-te isto em nome de Cristo 
ajuda-me Pai eu tou aflito
porque teu é o reino 
e toda a glória de jerusalem para sempre
Amém 

Não te aproximes do primeiro kappa
a minha luz cega-te sucker  
eu não te conheço nem te devo nada
a minha alma foi selada foi guardada
e levada nas mãos de JEOVÁ
não há limites na minha raiva 
destroi e fode fackes faixa a faixa
até que a babilónia caia
e mundo saiba quem é que governa nacões
eu tenho sonhos e visões 
da guerra no céu no mar na terra
eu vi a bomba de hip a queimar a biosfera
o cataclismo kappa criou uma cratera
no coração do império rappera
o mundo espera a salvação em forma de rapper
para os filhos do homem com a marca da fera
eu sei que a fera procura o meu fim
ouve os anjos a cantarem pra mim
halloween halloween halloween halloween  

baby larga-me 
não vês o mal que fazes a minha alma
Jesus ama-me
mas se tu não me amas engana-me
masturbação
eu consigo engravidar a solidão
os meus ovários mirram
baby para nós não há salvação
vou voltar e morrer contigo
eu não conheço mais nenhum caminho
eu vou voltar e morrer contigo
ajuda-me Pai eu tou aflito
ooh.. ajuda-me Pai eu tou aflito

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.