Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

letra

 

Trago alecrim, trago ser-amado 
Cheira mais jasmim 
O resto que trago 
Trago umas mezinhas 
Para o coração 
Foi tantas ervinhas 
Que apanhei no chão! 

Sou filha das ervas 
Nelas me criei 
Comendo-as azedas 
Todas que encontrei 
Atrás das formigas 
Horas que passei 
Sou filha das ervas 
E pouco mais sei! 

Rosa desfolhada 
Quem te desfolhou? 
Foi a madrugada 
Que por mim passou 
Foi a madrugada 
Que passou vaidosa 
Deixou desfolhada 
A bonita rosa! 

Ramos de salgueiro 
Terra abrindo em flor 
Amor verdadeiro 
É o meu amor 
Papoila que grita 
No trigo doirado 
Menina bonita 
Rainha do prado!

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email