Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

letra

 

Refreia-me o tom com que vais dizer:
Que é tão vulgar este meu vicio
Que é só gastar, que é desperdicio
Que há coisas melhores pra fazer

Já sei que pensas que é só estupidez
Mas há maneiras e maneiras
Porque a linguagem tem fronteiras
Limites que às vezes não vez

Diz-me só se te faz feliz:
Dizer-me as coisas como mais ninguém diz...
Um dia eu vou deixar de te ouvir
Repito, um dia eu vou deixar de te ouvir...

Modera a tensão que te vem na voz
Dessa maneira ficas feia
E se ele há coisa que eu não queira
É que amanhã acordemos sós

Fala-me ao ouvido sem malvadez
Tira o sarcasmo da expressão
Falemos juntos no colchão
Depois fazemos tudo outra vez

Diz-me só se te faz feliz:
Dizer-me as coisas como mais ninguém diz...
Um dia eu vou deixar de te ouvir
Repito, um dia eu vou deixar de te ouvir..
.



Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email