Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

letra

 

OUVE OS FOGUETES, LUZIA
EU VIM ÀS FESTAS DA SENHORA DA AGONIA
PARA TE ENCONTRAR
LARGA O ESTÁGIO E OS DEVERES
FAZ-TE À SORTE QUE TU QUERES
É HOJE LUZIA QUE TUDO VAI MUDAR

DIZ AO TEU PAI QUE NÃO PERCEBES ESTE MUNDO
A QUE FOSTE CONDENADA
CONTA À TUA MÃE QUE ISTO AGORA É PREGO A FUNDO
TU NÃO PODES ESTAR PARADA
BORA! VAMBORA! VAMBORA! BORA!

VEM COMIGO LUZIA
É O NOSSO TEMPO QUE NOS CHAMA
COM O CERCO QUE AGORA SE ANUNCIA
HÁ-DE VIR UM NOVO DIA
PRA ESCREVERMOS OUTRA TRAMA

OS MOÇOS QUE RIEM NOS BARCOS
NÃO VIERAM PELA SANTA
VÃO DESCALÇOS
TÊM TANTO A ESQUECER
TU E EU QUEREMOS ALGO
QUE HÁ QUEM DIGA ESTICA A CONTA
QUEM SABE, LUZIA
SE É A NÓS QUE A VIDA QUER

E SE AS CORRENTES TODOS SABEM ESTÃO À BEIRA
MESMO À BEIRA DE QUEBRAR
À NOSSA FRENTE JÁ SE VÊEM AS PORTADAS PARA UM MUNDO A COMEÇAR
BORA! VAMBORA! VAMBORA! BORA!

VEM COMIGO LUZIA
É O NOSSO TEMPO QUE NOS CHAMA
COM O CERCO QUE AGORA SE ANUNCIA
HÁ-DE VIR UM NOVO DIA
VEM ESCREVER UMA OUTRA TRAMA

AO ALTO BOMBOS!
AS RUAS CHEIAS DE FLORES
PELOS BECOS VÃO GENTES AMANSANDO SUAS DORES
TODOS RENEGADOS, ATURDIDOS
SEM CERTEZAS
É ESTA A NOSSA HORA
LUZIA VIANEZA

E SE O TEU PAI NÃO ACEITA, DESCONFIA
DO QUE EU TENHO PRA TE DAR
ELE QUE SAIBA QUE EU TRABALHO NOITE E DIA
PELO ROQUE POPULAR
BORA! VAMBORA! VAMBORA! BORA!

VEM COMIGO LUZIA
VEM COMIGO LUZIA
VEM COMIGO LUZIA

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

4 comentários

Comentar post