Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

O Festival Sete Sóis Sete Luas volta a Castro Verde, nos dias 14, 15 e 16 de Setembro, para celebrar 20 anos de actividade

 

«Este ano o Festival Sete Sóis Sete Luas (www.7sois.eu) volta com muita energia aCastro Verde, nos dias 14, 15 e 16 de Setembro, para celebrar os seus 20 anos de actividade.

 

Para o público alentejano o certame reservou uma programação artística repleta de eventos imperdíveis entre exposições artísticas internacionais, as melhores músicas do Mediterrâneo e um teatro de rua cheio de surpresas.»

 

Exposições e residências artísticas

 

«Tudo vai iniciar na sexta-feira 14 de Setembro com um mergulho bem fundo nas artes plásticas da Rede SSSL: vários artistas vindos da Grécia, Marrocos, Itália participarão numa residência artística durante os dias do festival para envolver a população nos seus voos fantásticos.

 

Não é por acaso que falamos de voos, porque um deles, Francesco Cubeddu da Sardenha (Itália), realizará voos com a asa-delta para tirar fotos panorâmicas da vila simples e genuína de Castro Verde; Ignatiadis da Grécia voará através da objetiva da sua câmara fotográfica;Bouzoubaa (Marrocos) e Marco Pili (Itália) graças ao seus pincéis e as suas cores.

 

Este mergulho nas artes continuará até o fim do mês: Kostantinos Ignatiadis da Grécia,Mohammed Bouzoubaa de Marrocos e Moss da França realizarão exposições de esculturas, telas e fotografias nas ruas do centro histórico.

 

Os três artistas têm em comum a curiosidade e o amor pelo ser humano, pelos seus desejos, sofrimentos e alegrias, que cada um deles representa duma forma diferente e original. As mostras serão inauguradas às 18h00 e contarão com a presença de Bouzoubaa eIgnatiadis

 

O cartaz musical e teatral

 

No que diz respeito à música, a sexta-feira 14 de Setembro será animada, a partir das 21h30, pelos sons da 7Luas.Orkestra.20, produção original que vai celebrar os 20 anos do Festival SSSL e que conta com a participação de 6 prestigiados artistas provenientes das mais diversas culturas musicais enraizadas nos Países da Rede Sete Sóis Sete Luas.

 

De Israel o percussionista Shlomo Deshet; de Portugal o virtuoso da sanfona e do bandolim, Luís Peixoto; do País Basco Agus Barandiaran, virtuoso do acordeão diatónico; da Sicília Mário Incudine, também director musical do projecto, e Pino Ricosta, no baixo; de Valência a cantora Mara Aranda. O repertório da 7Luas.Orkestra.20° harmoniza músicas tradicionais, composições originais e novos arranjos já editados, dos diversos países.

 

No sábado, dia 15 de Setembro, música e teatro dão os braços e dançam pelas ruas de Castro Verde: às 21h30, a fusão de sons mediterrâneos, cheia de aromas urbanos e crítica social, ficará ao cargo da Banda del Pepo, de Múrcia (Espanha). Com o novo trabalho “Tanto por hacer”, o grupo convida todos a um mundo de cores e sabores mediterrâneos, ligando o folclore do sul da Espanha e do flamenco com os ritmos do norte da África.

 

O destaque da noite será, às 23h00, a companhia de teatro de rua de Barcellona, L’avalot, que fará reviver, nas ruas de Castro Verde, os dinossauros e surpreenderá todo o público com um grande incêndio num edifício do centro histórico. Mas não se assustem: é tudo mentira!

 

A companhia realizou o seu primeiro espectáculo em 1985 e a partir daquele momento sempre teve grande êxito, conseguindo envolver milhares de espectadores nas suas performances. As produções artísticas de L’Avalot são de grande formato, com pirotecnia e grandes máquinas. A companhia, na tarde de domingo 16, às 19.00 horas, apresenta o seu novo espectáculo 'Tikiterium' destinado a todo tipo de público.

 

O Festival encerra esta edição propondo a sua nova criação artística original em estreia mundial, a Orient.7Sóis.Orkestra, que subirá ao palco do Anfiteatro Municipal no domingo, dia 16 de Setembro, às 19h30.

 

A orquestra, que acaba de realizar a residência artística no Centrum SSSL de Ponte de Sôr, surge do trabalho conjunto de 6 grandes artistas provenientes das diversas margens do Mediterrâneo com especial destaque para as culturas musicais do Oriente do Mare Nostrum.

 

Com direcção musical do grande artista português Rão Kyao participam músicos vindos da Croácia (Marko Kalcic), da Grécia (Kelly Thoma), da Algéria (Salim Allal), da Espanha (Miguel Angel Ramos) e da Roménia.

 

Os músicos encontram-se, partilham tradições culturais e criam temas musicais inéditos que testemunham a possibilidade de compreensão e colaboração entre diferentes mundos e conseguem transmitir as vibrações emocionantes e as alegrias do Mediterrâneo.»

 

Programa

 

De 14 a 16 de Setembro, no Anfiteatro Municipal de Castro Verde

 

Entrada Livre 

 

Dia 14 de Setembro

 

18h00 - Inauguração das exposições de fotografia de Ignatiadis (Grécia), de esculturas deMoss (França) e de pintura de Bouzubaa (Marrocos) na Rua D. Afonso

 

21h30 - 7Luas.Orkestra.20 (Mediterraneo)

 

Dia 15 de Setembro

 

21h30 - Banda del Pepo (Múrcia, Espanha)

 

23h00 - L’avalot (Catalunha, Espanha)

 

Dia 16 de Setembro

 

19h00 - L’avalot (Catalunha, Espanha)

 

19h30 - Orient.7Sóis.Orkestra (Mediterrâneo e Oriente)

 

Todos os dias: residências artísticas abertas ao público de 4 artistas internacionais:Ignatiadis (Grécia), Bouzoubaa (Marrocos), Cubeddu e Pili (Itália)

 

Fonte e informações:

http://www.2011.7sois.org/

http://www.facebook.com/pages/Festival-Sete-S%C3%B3is-Sete-Luas/179452002735

 

Retirado do Registrus

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email