Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

Ninguém consegue 
Por muito forte que seja 
Alcançar o que deseja 
Seja qual for a ambição 
Se não tiver 
Dando forma ao seu valor 
Uma promessa d'amor 
Que alimenta uma ilusão 


Uma mulher 
É como uma guitarra 
Não é qualquer 
Que a abraça e faz vibrar 
Mas quem souber 
Da forma como a agarra 
Prende-lhe a alma 
Nas mãos que a sabem tocar 
Por tal razão 
Se engana facilmente 
Um coração 
Que queria ser feliz 
Guitarra triste 
Que busca um confidente 
Nas mãos de quem não sente 
O pranto que ela diz 


Não há ninguém 
Que não peça à própria vida 
A felicidade merecida 
De quem um dia nasceu 
E de tal forma 
A vida sabe mentir 
Que a gente chega a sentir 
O Bem que ela não nos deu 


Uma mulher 
É como uma guitarra 
Não é qualquer 
Que a abraça e faz vibrar 
Mas quem souber 
Da forma como a agarra 
Prende-lhe a alma 
Nas mãos que a sabem tocar 
Por tal razão 
Se engana facilmente 
Um coração 
Que queria ser feliz 
Guitarra triste 
Que busca um confidente 
Nas mãos de quem não sente 
O pranto que ela diz

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email