Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

deita as cartas sobre a mesa e vai
dono da tua incerteza sai
p’ra longe, ao longe vai

pousa na tua almofada a tua dor
sabes que a minha vontade tem sabor
amargo, ao largo vai

tentar saber
se o ser tem razão de ser
então vai, tentar guardar
o que a vida faz p’ra não morrer

só um sonho repetido nos mareia
não confundas o casulo com a teia
transforma, dá forma vai

dono por direito da tua loucura
essa essência de veneno que te cura
mais forte, mais longe vais

tentar saber
se o ser tem razão de ser
então vai, tentar guardar
o que a vida faz p’ra não morrer

murmúrios são uivos vai...

tentar saber
se o ser tem razão de ser
então vai, tentar guardar
o que a vida faz p’ra não morrer

não murmures mais...

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email