Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Boss AC e Homens da Luta em Montalegre na última sexta-feira 13 do ano

 

A última sexta-feira 13 do ano vai ser assinalada, em Montalegre, com o espectáculo teatral Forças do Ar, com mais de 50 participantes e, no sábado, com a actuação de Boss AC e Homens da Luta.

 

Números de acrobacia, malabarismo, percussão e música são alguns dos ingredientes do espectáculo Forças do Ar, na sexta-feira à noite, junto ao Castelo da 'capital do misticismo', ao qual dão vida mais de 50 participantes portugueses e espanhóis.

 

A Câmara de Montalegre, organizadora do evento, quis prolongar a festa 'mágica' e, no sábado, sobem ao palco os artistas portugueses Boss AC e Homens da Luta.

 

A terceira e última sexta-feira 13 de 2012 tem um orçamento entre os 90 e 100 mil euros e estima receber 20 a 30 mil visitantes de todo o país e de Espanha, disse hoje à Lusa o presidente da autarquia local, Fernando Rodrigues.

 

Depois das enchentes de Janeiro e Abril, a organização espera nova romaria à vila de Trás-os-Montes porque, disse, o cartaz é «apelativo», é uma festa de rua «única» e o São Pedro vai «ajudar com o tempo».

 

Na 'Noite das Bruxas', a vila é invadida por bruxas, diabos, mafarricos, seres demoníacos e duendes que percorrem ruas, bares, discotecas, restaurantes e hotéis para pregar «sustos de morte» às pessoas.

 

A figura principal da festa vai ser, como vem sendo habitual, o padre António Fontes, conhecido por 'Dom Bruxo', que tem como tarefa a preparação da queimada, licor feito à base de aguardente, limão, maça e açúcar.

 

Antes de servir a queimada - «mistela abençoada» - o 'Dom Bruxo' faz o esconjuro da bebida, recitando a ladainha «mochos, corujas, sapos e bruxas, demónios, trasgos e diabos, espíritos das enevoadas veigas», livrando-a de maus-olhados, feitiços e bruxedos.

 

A preparação da queimada é o ponto alto da noite, mas a diversão e animação contínua, até de madrugada, pelos bares e discotecas da vila.

A organização revela que a 'Noite das Bruxas' terá uma surpresa, depois da presença do padre Fontes, que irá deliciar a plateia.

 

Os restaurantes e hotéis de Montalegre, com lotação esgotada há vários meses, prometem infernizar o jantar dos convivas com refeições diabólicas e seres demoníacas a atormentá-los.

 

Na noite mais mágica do ano de Montalegre nada fica ao acaso. Além das lojas comerciais, restaurantes e hotéis estarem decorados com motivos ligados a esta data de azar, as rotundas da vila também estão vestidas a rigor com capas negras de bruxas.

 

Outra das novidades desta sexta-feira 13 é a venda de uma t-shirt oficial e alusiva ao evento.

 

Fernando Rodrigues acredita que esta sexta-feira 13 vai ser, tal como as anteriores, um «verdadeiro sucesso».

 

Acredite-se ou não no oculto, o objectivo, explicou o edil, é ir ao encontro do imaginário das pessoas que visitam Montalegre.

 

Além de «aposta ganha», Fernando Rodrigues salientou que a 'Noite das Bruxas' colocou a vila no mapa e trouxe-lhe prestígio, pelo que tem de ser «preservada».

 

Montalegre celebra todas as ‘sextas-feiras 13' do ano, festa associada ao mítico, desde 2002.

 

Noticia do Sol

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email