Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

MIKKEL SOLNADO: DA PUBLICIDADE PARA O PRIMEIRO DISCO

Nasceu na Dinamarca e é filho de um dos maiores comediantes portugueses de sempre. Mikkel Solnado, filho de Raúl, lança agora o seu primeiro álbum a solo, mas foi através da criação de música para publicidade que começou a dar nas vistas enquanto intérprete e compositor.

«A publicidade é uma das únicas maneiras de ganhar dinheiro a sério como músico. E esse dinheiro serve para alimentar a outra carreira que eu tenho de artista», explicou Mikkel Solnado em entrevista ao IOL Música.

A infância e a adolescência foram passadas em Portugal e aos 20 anos Mikkel regressou a Copenhaga, onde criou uma banda que funcionou também como empresa criadora de jingles. Em 2010 o músico deixou a produtora e começou a escrever canções para si mesmo.

Filho de Raúl Solnado começou por ficar conhecido por criar música para anúncios e estreia-se agora com um álbum a solo«De repente tinha montes de tempo para trabalhar neste disco. Foi aí que começou a viagem: na casa antiga da minha mãe, num quartozinho, montei lá um estúdio com um piano e uma guitarra, uns microfones e um computador, e comecei a trabalhar», recordou o músico.

O processo de gravação do disco foi quase sempre solitário, mas Mikkel Solnado também recebeu algumas contribuições à distância de outros músicos para uma série de canções que acabaram por surgir de vários cantos do mundo.

«Houve umas baterias que um amigo meu gravou na Dinamarca. Eu mandava os ficheiros para ele, ele gravava no estúdio dele e mandava-me [a gravação da bateria]. E depois eu tinha um amigo guitarrista nos Estados Unidos que também gravou», contou Mikkel.

«Nessa altura, também conheci uma rapariga portuguesa e comecei a vir muito para Portugal. Então há algumas canções que foram feitas na sala de estar da casa dos pais dela, por exemplo. Há uma canção que foi feita na casa de verão do meu pai. Portanto, foi [um disco] feito em muitos sítios.»

O resultado final dá pelo nome de «It's Only Love, Give It Away», um álbum com canções inspiradas na própria vida do músico luso-dinamarquês.

«É um disco de canções de amor, é muito inspirado na minha esposa. Mas também é inspirado na morte do meu pai, na minha mudança da Dinamarca para Portugal. Portanto, não é [um disco] só de amor, mas a maioria das canções são sobre o amor», disse.

O disco é apresentado ao vivo esta quinta-feira com um concerto no Hard Rock Cafe, em Lisboa. Está lançada assim a carreira discográfica de Mikkel Solnado, que ainda continua a aliar o mundo da publicidade ao mundo da música.

«Fazer música de anúncios torna-se uma coisa fácil, é como se diz "um trabalho de mão esquerda". E não se perde muito "sangue" nisso. Agora, [para] fazer um disco muito pessoal perde-se imenso "sangue" e como artista queres que aquilo esteja perfeito. Levou-me imenso tempo, mas foi libertador porque sempre foi o meu sonho divulgar um disco e finalmente tenho um CD com as canções que eu fiz.»

 

Retirado do Push 

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.